Início » Brasil » Pizzolato deixa presídio na Itália e segue para o Brasil
CONDENADO DO MENSALÃO

Pizzolato deixa presídio na Itália e segue para o Brasil

Ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, condenado no processo do mensalão, deve chegar a São Paulo próxima sexta-feira

Pizzolato deixa presídio na Itália e segue para o Brasil
Condenado pelo Supremo Tribunal Federal, Pizzolato teria recebido R$ 326 mil de Marcos Valério (Foto: José Cruz/ Agência Brasil)

Henrique Pizzolato, ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, saiu da penitenciária de Sant’Anna de Módena, no norte da Itália, nesta quinta-feira, 22, e será conduzido pela polícia italiana até o aeroporto de Milão, onde irá embarcar em um voo para o Brasil.

Ele deve chegar ao aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, na próxima sexta-feira, 23, na parte da manhã. Condenado a 12 anos e 7 meses de prisão no processo do mensalão, sua extradição foi aprovada pela Justiça e, no dia 22 do mês passado, confirmada em definitivo pelo Conselho de Estado italiano.

Três policiais e uma médica da Polícia Federal foram escolhidos para buscar o ex-diretor no aeroporto. Desde que foi preso, Pizzolato tem reclamado de problemas de saúde e chegou a dizer que preferiria morrer a cumprir pena em um presídio no Brasil.

Condenado pelo Supremo Tribunal Federal, Pizzolato teria recebido R$ 326 mil de Marcos Valério Fernandes de Souza, o operador do mensalão, para antecipar a liberação de verbas publicitárias para uma das empresas de Marcos Valério.

Fontes:
O Globo-Pizzolato deixa presídio na Itália e segue para aeroporto

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *