Início » Brasil » Planalto diz que Bolsonaro não quis criticar Carnaval
VÍDEO NO TWITTER

Planalto diz que Bolsonaro não quis criticar Carnaval

Em nota, Planalto ressalta que intenção foi 'caracterizar uma distorção clara do espírito momesco'

Planalto diz que Bolsonaro não quis criticar Carnaval
Polêmico vídeo foi publicado por Bolsonaro na última terça-feira, 5 (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Em nota divulgada na noite desta quarta-feira, 6, a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República afirmou que o presidente Jair Bolsonaro “não teve a intenção de criticar o carnaval de forma genérica” ao divulgar um vídeo na sua conta do Twitter.

O texto diz ainda que Bolsonaro pretendia “caracterizar uma distorção clara do espírito momesco, que simboliza a descontração, a ironia, a crítica saudável e a criatividade da nossa maior e mais democrática festa popular”.

O polêmico vídeo, que foi publicado pelo presidente Jair Bolsonaro na última terça-feira, 5, mostra um homem urinando em outro durante a passagem de um bloco de carnaval.

Na legenda da postagem, Bolsonaro escreveu: “Não me sinto confortável em mostrar, mas temos que expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades. É isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro”.

Na mesma nota, o Palácio do Planalto ressaltou ainda que “no vídeo, postado pelo presidente da República em sua conta pessoal de uma rede social, há cenas que escandalizaram, não só o próprio presidente, bem como grande parte da sociedade. É um crime, tipificado na legislação brasileira, que violenta os valores familiares e as tradições culturais do carnaval”.

Fontes:
EBC - Presidência diz que Bolsonaro não teve intenção de criticar Carnaval

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Almanakut Brasil disse:

    O Planalto tem que entender de vez, que o povo que paga a conta da ladroagem, da mamata e carrega o Brasil nas costas não está interessado em explicações do Governo para a turma de Sodoma e para locais que votaram em Organização Criminosa e continua aguardando a esmola.

    São três meses de governo, mas as coisas precisam caminhar para as correções das falhas que vem desde antes do Regime Militar, o brando, que não fez a assepsia corretamente.

    Se são os PEÇONHENTOS e os vermelhos que nos levarão ao caos, à guerra civil e a verdadeira intervenção militar, acompanhada da tão esperada FAXINA GERAL, que comecem logo para que o Brasil chegue aos finalmentes.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *