Início » Brasil » PMDB-MG ameaça apoiar a candidatura de Aécio Neves
debandada pró-Aécio

PMDB-MG ameaça apoiar a candidatura de Aécio Neves

Pemedebistas mineiros reclamam que o governo não trata o estado como merece e ameaçam abandonar a campanha de Dilma Rousseff

PMDB-MG ameaça apoiar a candidatura de Aécio Neves
Membros do PMDB de Minas receiam a disputa contra o tucano Aécio Neves (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Dois dias após o PSDB anunciar a escolha de Aécio Neves como concorrente de Dilma Rousseff nas eleições de 2014, uma notícia causou mal estar entre o governo e o PMDB: o diretório do partido em Minas Gerais ameaçou retirar o apoio à candidatura de Dilma e aderir à campanha tucana em 2014.

A tensão fez o vice-presidente (e presidente licenciado do PMDB), Michel Temer convocar uma reunião às pressas para esta quarta-feira, 5, no Palácio do Jaburu com os representantes do diretório mineiro e do PMDB na Esplanada.

Leia também: PSDB lança Aécio à presidência em 2014

Os peemedebistas mineiros se queixam que o governo não trata o estado de acordo com sua representação política. Os representantes mineiros cobram um ministério representativo, como o dos Transportes, por exemplo. “Há uma inquietação da bancada com o tratamento desigual. Tem deputado que é da base em Minas e da base aqui que é mais bem tratado pelo governo federal do que quem é como nós, oposição lá e base aqui. E agora está se aproximando a eleição” disse o deputado Antonio Andrade, presidente do diretório mineiro que estava presente no encontro com Temer.

O principal receio do PMDB é enfrentar uma reeleição difícil por não apoiar Aécio, que possui uma boa reputação entre os tucanos mineiros e o eleitorado do estado. “Existe a possibilidade sim de apoiarmos Aécio. Talvez a única maneira de recuperar o prestígio de Minas e colocar Minas novamente no centro da história é mirar um mineiro para retomar o poder” disse o deputado Saraiva Felipe, alegando que o estado de Minas foi banido da Esplanada.

A ameaça peemedebista afeta os planos de Michel Temer, que pretende ser novamente o vice de Dilma em 2014. Além disso, o PT não tem interesse em um PMDB rachado, principalmente quando existe a possibilidade de ter como candidato adversário um membro da base aliada como o Eduardo Campos, governador de Pernambuco pelo PSB.

Fontes:
Valor-PMDB-MG ameaça debandada pró-Aécio

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Mauricio Fernandez disse:

    COM ISSO, LULA QUE ANDAVA MUITO SÉRIO COMEÇARÁ A SORRIR. PARECE QUE SEU PLANO VAI DAR CERTO. VÃO PENSANDO EM PT X PSDB PARA VER NO QUE VAI DAR!!!!!!!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *