Início » Brasil » PMDB pede outro ministério
Coluna Esplanada

PMDB pede outro ministério

Na surdina, o PMDB quer o Ministério dos Transportes

PMDB pede outro ministério
Esplanada dos Ministérios (Fonte: Reprodução/Veja)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Siga o colunista no Twitter @leandromazzini

Leandro Mazzini é jornalista e escritor

A bancada do PMDB de Minas incluiu na pauta de acordo com o PT o pedido de um ministério, na virada do ano, para que fechasse apoio ao candidato Patrus Ananias à Prefeitura de Belo Horizonte. O deputado Leonardo Quintão era o nome do PMDB, mas foi preterido em prol do acordo. ‘Houve uma sinalização do partido de que a bancada está abandonada, precisa de um representante (na Esplanada)’, revela Quintão. ‘É uma demanda do partido inteiro, que já teve sete importantes ministérios no governo Lula’, complementa.

Sonho

Na surdina, o PMDB quer o Ministério dos Transportes. O último ministro mineiro do PMDB foi Hélio Costa (Comunicações). Afastado da política, é conselheiro da Oi.

BH-Alvorada

O PMDB lembrou o potencial de Quintão, que foi ao segundo turno contra Marcio de Lacerda em 2008. A cúpula fez o pedido de ministério chegar à presidente Dilma.

Cota pessoal

Os peemedebistas mineiros lembram que o estado é o segundo maior colégio eleitoral do País, mas subrrepresentado. O único mineiro, Fernando Pimentel, é da cota de Dilma.

O e-mail da Infraero

A situação desesperadora de funcionários da Infraero com medo de demissão pelos novos donos de três aeroportos fez o presidente da estatal, Gustavo do Vale, enviar um e-mail para todas as categorias. Negou que haja ‘jogadas’ da cúpula contra servidores e reforçou ‘que não existe qualquer decisão tomada’ sobre novas concessões.

Ainda estatal

Vale destaca ainda que não há interesse do governo em privatização, e ‘que todos os estudos existentes no momento (…) são no sentido do fortalecimento da Infraero como empresa pública’.

Pegou mal & vai mal

Não sobrou só para o funcionário que postou o vídeo comparando Serra (PSDB) a Hitler no site da campanha. Toda a estratégia de comunicação de Haddad (PT) está em revisão. A cobrança é que ele precisa decolar na TV.

É logo ali

Uma das sedes da Copa, Manaus quer atrair os vizinhos colombianos para o seu estádio. A Amazonastur e a Embratur promoveram a cidade em Bogotá.

Enfim

Anda tão difícil agendar encontro com a presidente Dilma que só na quarta-feira o ministro dos Portos, Leônidas Cristino, teve a primeira audiência do ano.

2020

O COI já analisa as candidatas dos Jogos de 2020. A Itália candidatou Roma, em lugar de Veneza, mas ambas sofrem resistências para obras. A primeira, pelo excesso de parques arqueológicos. A segunda, porque sobra água.

Foguete

A Ucrânia cumpriu o acordo e mandou os equipamentos para completar o foguete Cyclone 4. Foram 27 carretas com material transportado em fila do Porto de Itaguaí (RJ) para a Base de Alcântara (MA).

Paz no campo

A pressão dos fumicultores surtiu efeito. O vice-presidente Michel Temer recebeu os produtores de tabaco do Sul e vai interceder junto ao BC na tentativa de rever a resolução que restringe o crédito para a turma.

Naco do PIB

O setor reclama que não foi consultado pelo governo. A cadeia produtiva do tabaco soma 2,5 milhões de trabalhadores, 187 mil famílias em 704 cidades da Região Sul. Movimenta R$ 10 bilhões por ano.

Cadê?

A UNE, que recebeu milhões do PT nos últimos anos, não apareceu ainda na porta do STF, onde se julga o Mensalão envolvendo deputados da base governista.

Medalhas históricas

O que se diz em Londres é que os irmãos Falcão, na final do Boxe em suas categorias, chegaram lá com muito treino, talento e socos em pedras. Merecidamente.

Ponto Final

Do jeito que o Brasil vai, só na base da porrada mesmo para ganharmos um Ouro.

Com Marcos Seabra

www.colunaesplanada.com.br
contato@colunaesplanada.com.br

* É proibida a reprodução total ou parcial da coluna sem a prévia autorização do editor da Esplanada

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. José Antonio Alves disse:

    No ritmo em que a presidANTA atendeu seu ministro Leônidas Cristino, levando 08 meses para despachar com o próprio, ela levará aproximadamente 25 (vinte e cinco) anos para despachar com os outros 37 ministros que estão na fila!!!! Ainda bem, que até lá, a maioria já morreu.

  2. Luis disse:

    Isso que o PMDB, faz de trocar apoio por Ministerio ou cargos não é a mesma coisa de comprar votos?.

  3. Renato Vasconcellos disse:

    Por falar em Hitler, se os senhores pesquisarem no Google os discursos de Hitler e Mussolini verá que êles se parecem muito mais com os discursos do atual do govêrno do PT que do Serra ou de qualquer outro partido. Centralização do poder, contrôle da imprensa, nacionaliismo, solcialismo etc, etc..
    Fascismo é antes de tudo o monopólio do poder e da verdade.

  4. Ma. das Dores Souza disse:

    Por falar em ritmo de velocidade, o Brasil não pode continuar dormindo, se não acordar vai ter que comprar mais aviões. E povo? há! vai ficar olhando os avióes no ar,esperando uma nova audiência.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *