Início » Brasil » PMDB vai lançar candidato próprio às eleições de 2018
projeto presidencial

PMDB vai lançar candidato próprio às eleições de 2018

Medida quebra a tradição da legenda de apenas se unir a grandes alianças partidárias. Michel Temer, Eduardo Cunha e Eduardo Paes estão entre os nomes mais cotados

PMDB vai lançar candidato próprio às eleições de 2018
Segundo o senador Valdir Raupp , vice-presidente da legenda, a decisão feita com antecedência permitirá ao partido 'preparar o candidato' (Foto: Abr)

O PMDB lançará um candidato próprio na disputa presidencial de 2018. A informação foi dada ao site Congresso em Foco, pelo deputado Leonardo Picciani, líder do PMDB na Câmara.

A medida será anunciada no próximo congresso do PMDB, previsto para agosto deste ano, e quebrará uma tradição de 24 anos da legenda de apenas apoiar grandes alianças partidárias. A última vez que o PMDB teve um projeto próprio para a presidência foi em 1994, com a candidatura de Orestes Quércia.

“Esse é um ponto pacífico dentro do partido, de unidade interna. O PMDB precisa, até por razões de manter o partido unido, grande, ter um projeto próprio depois de 24 anos. Acho que agora está maduro este momento”, disse Picciani.

O nome do candidato a ser lançado será discutido no congresso do partido. Entre os mais cotados estão o vice-presidente Michel Temer, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

Segundo o senador Valdir Raupp , vice-presidente da legenda, a decisão feita com antecedência permitirá ao partido “preparar o candidato”. “Tenho falado sempre que o PMDB, e talvez seja essa a intenção desse congresso ainda neste ano, tem de lançar um nome dois, três anos antes, para poder preparar. Para poder percorrer o Brasil, conversar ao menos com os diretórios estaduais, com partidos de coligações futuras. Se deixar para a última hora, como sempre aconteceu, vai acabar não tendo candidato. Quem tem três, quatro, não tem nenhum”, disse Raupp.

Fontes:
Congresso em Foco-PMDB prepara candidato próprio à sucessão de Dilma

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *