Início » Brasil » Polícia do Rio diz que ataque a Martha Rocha não foi crime político
TENTATIVA DE LATROCÍNIO

Polícia do Rio diz que ataque a Martha Rocha não foi crime político

Delegado responsável pelo caso disse que tem certeza de que ataque foi tentativa de latrocínio

Polícia do Rio diz que ataque a Martha Rocha não foi crime político
Carro que Martha Rocha dirigia foi atingido por vários tiros no bairro da Penha (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Foi, sim, tentativa de latrocínio. Foi o que afirmou à Agência Brasil o delegado titular da Delegacia de Homicídio (DH) da cidade do Rio de Janeiro, Giniton Lages, sobre o ataque ao carro da deputada estadual Martha Rocha (PDT-RJ).

“Este delineamento é importante neste momento, pois dependíamos desta certeza para a continuidade dos trabalhos investigativos e a aplicação dos protocolos corretos”, disse o delegado.

No último domingo, 13, o carro que Martha Rocha dirigia foi atingido por vários tiros no bairro da Penha, no Rio. Dentro do carro estava ainda a mãe da deputada, de 89 anos de idade. Martha Rocha disse que foi ameaçada de morte por milicianos.

Segundo Giniton Lages, as imagens de câmeras de segurança atestam, porém, uma tentativa de latrocínio: “as imagens divulgadas não deixam nenhuma dúvida da dinâmica delitiva e, em especial, o momento exato em que o veículo da vítima foi escolhido pelos autores”.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *