Início » Brasil » Polícia Federal investiga ligação entre Youssef e tesoureiro do PT
Operação Lava Jato

Polícia Federal investiga ligação entre Youssef e tesoureiro do PT

O objetivo é apontar se investimentos de fundos de pensão em empresas do doleiro foram negociados por Neto, que nega ter participado

Polícia Federal investiga ligação entre Youssef e tesoureiro do PT
João Vaccari Neto, tesoureiro do PT, pode estar envolvido em esquema de lavagem de dinheiro comandado por Youssef (Reprodução/Folha de S. Paulo)

Uma nova investigação foi aberta dentro da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, para apurar esquema de fraude com fundos de pensão de estatais ligando Youssef a João Vaccari Neto, tesoureiro do PT desde 2010. O objetivo é apontar se investimentos dos fundos em empresas do doleiro foram negociados por Neto, que nega ter participado.

Leia mais: MPF quer a absolvição de Youssef sobre acusação de lavagem de dinheiro do tráfico de drogas

Os fundos Petros, de empregados da Petrobras, e Postalis, dos Correios, perderam praticamente R$ 73 milhões em investimentos. Parte do dinheiro foi para uma consultoria do doleiro, usada para repassar propina a políticos do PT e apoiadores do governo Dilma no Congresso.

O tesoureiro teria ajudado operadores de Youssef a fazer contato com o Petros em 2012, quando estava captando recursos para o Trendbank, que administra fundos de investimentos. A ligação entre ambos foi feita entre Enivaldo Quadrado, que foi condenado pelo STF por distribuir dinheiro do mensalão no governo Lula e que depois trabalhou como diretor de uma das empresas fantasmas de Youssef, usadas para lavagem de dinheiro em um esquema bilionário.

Boa parte do captado pelo Trendbank foi investida em papéis das empresas fantasmas do doleiro, que ofereciam como garantia contratos de prestação de serviços para construtoras (receitas futuras), o que era uma fraude, de acordo com a polícia.

Duas destas empresas foram Rock Star Marketing e JSM Engenharia e Terraplanagem, que receberam cerca de R$ 100 milhões do Trendbank, e repassaram pelo menos R$ 1,5 milhão para MO Consultoria, ligada a Youssef, em 2010, como propina.

A consultoria era usada para distribuir dinheiro de empreiteiras e fornecedores da Petrobras a políticos. Um dos destinatários da propina seria o tesoureiro do PT, segundo o ex-diretor Paulo Roberto Costa.

Fontes:
PF apura elo de tesoureiro petista com doleiro preso

4 Opiniões

  1. Fábio Rossano Gugik disse:

    É ´interessante, o PT, como sempre faz a cag…, (como sempre), e a POLÍCIA FEDERAL tem que trabalhar!
    O pior, é que a mando do PT, que está provisoriamente aí no poder se fazendo de esquerda maquiada, para bobo ver, Aí a Policia Federal, prende na sua honrosa missão, e o PT solta, como aconteceu com:
    José Dirceu, José Genoino, entre tantos outros mensaleiros….
    Este filme, nós já vimos……
    No fim, a gente discute, fala comenta, e eles continuam aí…
    Deitados eternamente em berço explendido!
    E o governo faz de conta que não sabe, que não vê!
    Isso chama-se corrupção!
    Mas, logo logo isso vai acabar, é só ver o resultado nas urnas:
    BASTA DILMA!
    FORA VOCÊ DILMA E LEVE JUNTO SEU PT !
    Este Cãncer que corrói o BRASIL!
    VAZA, FORA DILMA JÁ!

  2. Luiz Ramos disse:

    E alguém, levemente inteligente, duvida de que o PT esteja envolvido em todas as falcatruas que aparecem neste País? Por obséquio, leiam o livro “O Chefe”, de Ivo Patarra. O PT é uma organização criminosa de alta periculosidade !!!

  3. Vicente disse:

    Eu gostaria de saber a verdade sobre a ligação do Chefe!

  4. Vitafer disse:

    Deus do céu, que Brasil podre!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *