Início » Brasil » Polícia vai investigar grupo que transmite HIV de propósito
AIDS

Polícia vai investigar grupo que transmite HIV de propósito

Conhecido como 'clube do carimbo', os participantes infectam seus parceiros sem consentimento e ainda compartilham dicas de como contaminar outras pessoas

Polícia vai investigar grupo que transmite HIV de propósito
A pena para quem transmite o vírus sem consentimento do parceiro é de até quatro anos de prisão (Reprodução/Internet)

Depois da polêmica sobre um grupo de homens soropositivos que têm usado táticas para infectar parceiros sexuais propositalmente, a Polícia Civil vai abrir um inquérito, além de fazer investigações online de grupos que formam o chamado “clube do carimbo”. Segundo o artigo 130 do Código Penal, a pena para quem transmite o vírus sem consentimento do parceiro é de até quatro anos de prisão.

Leia mais: Pesquisadores desenvolvem molécula capaz de bloquear o vírus da Aids

O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Alexandre de Moraes, mobilizou a área de inteligência em internet da polícia para tentar identificar donos dos blogs que compartilham dicas de como contaminar outras pessoas sem consentimento com até imagens e vídeos de passo a passo. O pedido foi feito pelo secretário da Justiça e da Defesa e Cidadania de São Paulo, Aloísio de Toledo César.

Segundo reportagem do jornal Estado de S. Paulo, Toledo, em conversa com Moraes, pediu rigor nas investigações do que classifica como um “ato horrorizante”. “Entendo que a homossexualidade é uma opção pessoal que deve ser respeitada, mas não se pode admitir, em hipótese nenhuma, que pessoas de baixo nível moral se esforcem para trasmitir o HIV a outras”.

De acordo com Toledo, Alexandre de Moraes orientou as equipes do Departamento de Inteligência da Polícia Civil (Dipol) para agirem disfarçadamente na identificação dos grupos. Desta forma, serão analisados salas de bate-papo, blogs, páginas na internet e até clubes e saunas de sexo.

Fontes:
Estado de S. Paulo- Polícia investigará homens que transmitem HIV de propósito

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *