Início » Brasil » Política » Ações contra ex-ministros de FHC são arquivadas
STF

Ações contra ex-ministros de FHC são arquivadas

Os ex-ministros Pedro Malan (Fazenda), José Serra (Planejamento) e Pedro Parente (Casa Civil) eram acusados de improbidade administrativa no processo em que o Banco Central prestou assistência financeira de R$ 2,975 bilhões ao banco Econômico para evitar sua falência. A medida havia sido tomada através do Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Fortalecimento do Sistema Financeiro Nacional (Proer).

As ações contra os ex-ministros foram arquivadas por determinação do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, que argumentou que como os acusados eram ministros de Estado, deveriam responder apenas por crime de responsabilidade.

Fontes:
Valor Online - Presidente do STF arquiva ações contra ex-ministros

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. BRINALDO LORETO DA SILVA disse:

    Esta notícia que acabo de ler é um escândalo. Este ministro (Gilmar Mendes) agiu como militante do PSDB e não como magistrado. É para isso que ele está lá?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *