Início » Brasil » Política » Aeronautas e aeroviários anunciam greve a partir do dia 22
Aviação

Aeronautas e aeroviários anunciam greve a partir do dia 22

Categorias exigem aumento salarial; aéreas falam em 'ano ruim'

Aeronautas e aeroviários anunciam greve a partir do dia 22
Fila de embarque no aeroporto de Garulhos (Fonte: Reprodução/Folhapress)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Os passageiros podem ter que enfrentar greve nos aeroportos nas vésperas do Natal. Nesta terça-feira, 13, aeronautas (tripulantes de voo) e aeroviários (funcionários do setor que trabalham em solo) anunciaram que vão entrar em greve a partir do próximo dia 22.

Leia também: Dez coisas que as empresas aéreas não te dizem
Leia também: Aeroportos do Brasil terão internet gratuita, mas…

O objetivo é obter um reajuste salarial de 10% e de 14% sobre o piso das categorias. A Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac) diz que as empresas aéreas propõem 3% de aumento salarial e 6% de reajuste sobre o piso.

O reajuste oferecido, entretanto, é menor do que a inflação acumulada em 12 meses medida pelo INPC (6,17%). Celso Klafke, presidente da Fentac, disse que está aberto a negociações, ressaltando que o sindicato não pode “aceitar um reajuste menor do que a inflação, porque isso significaria que os trabalhadores ganhariam menos em 2012 do que recebem hoje. Também não abrimos mão do aumento real dos salários. As empresas aumentaram as passagens em cerca de 56%”.

‘Ano ruim’

A possibilidade de greve nas vésperas do Natal também foi real em 2009 e 2010, mas as empresas aéreas melhoraram suas propostas e as categorias suspenderam a paralisação.

A assessoria de imprensa do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea) disse que não recebeu qualquer informação sobre a greve e que nesta semana haverá mais negociação com os trabalhadores — a última teria ocorrido no dia 30 de novembro. Ainda de acordo com o Snea, a proposta de reajuste menor do que a inflação se deve ao “ano ruim” das empresas aéreas, e que nos últimos seis anos os trabalhadores tiveram ganho real de 6%.

Fontes:
Uol - Aeronautas e aeroviários anunciam greve nacional para as vésperas do Natal

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *