Início » Brasil » Política » Após cassação, defesa de governador da Paraíba tenta preservar mandato
Política

Após cassação, defesa de governador da Paraíba tenta preservar mandato

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou, por unanimidade, nesta quinta-feira, a cassação dos mandatos do governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), e de seu vice José Lacerda Neto (DEM). Acusados de abuso de poder econômico nas eleições de 2006, eles tentarão preservar os mandatos a partir da entrada de ações no Supremo Tribunal Federal (STF) pelos seus advogados de defesa.

Lima e Neto são suspeitos do chamado Caso Fac, que trata de suposto uso político de programas assistenciais. Foram distribuídos 35 mil cheques para eleitores de baixa renda durante ano eleitoral de 2006, apontam as investigações.

As ações teriam acontecido por meio de um convênio firmado entre a Fac e o Fundo de Combate à Pobreza. De acordo com o vice-procurador-geral, Francisco Xavier Pinheiro Filho, houve 'desvirtuamento' total da campanha de programas sociais, uma vez que foram gastos mais de R$ 3,5 milhões nos projetos.

A Procuradoria Regional Eleitoral (PGR) da Paraíba, em janeiro, informou ter encerrado as investigações sobre o possível uso político de programas assistenciais no Estado.

Fontes:
Folha Online - Defesa de governador da Paraíba vai recorrer da cassação de mandato

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *