Início » Brasil » Política » Atenas fica sem transportes públicos
Greve

Atenas fica sem transportes públicos

Serviços de trens, metrôs e ônibus estão paralisados; taxistas também aderiram ao movimento

Atenas fica sem transportes públicos
Trens: operações interrompidas nesta quinta (Fonte: Reprodução/Reuters)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A capital da Grécia, Atenas, amanheceu sem transportes públicos nesta quinta-feira, 22, devido a uma greve de 24h convocada pelos sindicatos dos transportes públicos contra as medidas de austeridade acordadas entre o governo do país, a Europa e o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Leia também: Grécia anuncia novas medidas de austeridade para conter crise
Leia também: A dura lição econômica dos livros escolares gregos

Entre as medidas requisitadas pelo FMI e pela Europa como condição para a ajuda à Grécia estão a fusão de diversas empresas do setor de transportes e a demissão ou aposentadoria antecipada de muitos trabalhadores.

Até voos são cancelados

Ônibus estacionados em suas garagens nesta quinta (Fonte: Reprodução/Reuters)

Os serviços de trens, metrôs e ônibus estão paralisados desde as 5h desta quinta, afetando moradores e turistas. Os taxistas também aderiram ao movimento, uma vez que também serão atingidos pelo pacote do governo, que prevê a liberalização da profissão, com a abertura das licenças.

Além disso, dezenas de chegadas e partidas do aeroporto de Atenas foram canceladas ou remarcadas por causa de uma greve de três horas dos controladores aéreos na capital grega contra os cortes salariais da categoria.

Fontes:
G1 - Greve contra medidas do governo paralisa transporte público em Atenas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *