Início » Brasil » Política » Banda larga popular não terá download de filmes
Internet a R$ 35

Banda larga popular não terá download de filmes

Plano de R$ 35 terá limite mensal de 300 megabytes para downloads para internet fixa

Banda larga popular não terá download de filmes
Até 2014 a banda larga popular terá que estar disponível em todo o território nacional (Fonte: Reprodução/Wikimedia Commons)

O governo anunciou nesta quinta-feira, 30, que dentro de três meses as operadoras de telefonia do país começarão a disponibilizar pacotes de banda larga com velocidade de 1 Mbps a R$ 35.

A internet rápida a R$ 35 é resultado de um acordo entre o governo e as empresas Telefonica, Oi, CTBC e Sercomtel no âmbito do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). As empresas não poderão condicionar a contratação da internet popular à compra do serviço de telefonia.

Cobertura total até 2014?

O plano de R$ 35, entretanto, terá limite mensal de 300 megabytes para downloads para internet fixa (150 megabytes para internet móvel), o que significa que o usuário não conseguirá baixar um filme de longa metragem, por exemplo. Para isso, o consumidor terá que pagar a mais.

Pelo acordo, as empresas terão que cumprir metas anuais de cobertura até 2014, quando a banda larga popular terá que estar disponível em todo o território nacional. O não cumprimento desta obrigação pode implicar em multas para as companhias.

Fontes:
G1 - Banda larga a R$ 35 terá limite de download de 300 MB por mês

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Carlos U. Pozzobon disse:

    O plano está aquém da necessidade mínima para acompanhar o desenvolvimento tecnológico. Atualmente, as operadoras de TV a cabo já oferecem 20 mb/s por R$58 mensais. Francamente, não se trata de um plano nacional de banda-larga: trata-se de um plano de banda estreita.
    Não li a documentação, mas qualquer plano tem que estabelecer as metas para os upgrades futuros. Sem isso, não se estabelece metas estratégicas para a nação, apenas atende-se interesses localizados.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *