Início » Brasil » Política » Celso Amorim deve assumir Defesa na segunda-feira
Brasil

Celso Amorim deve assumir Defesa na segunda-feira

Dilma e Nélson Jobim tratam assunto como 'página virada'

Celso Amorim deve assumir Defesa na segunda-feira
Celso Amorim (dir.) substituirá Nélson Jobim (esq.) no Ministério da Defesa

A posse de Celso Amorim como novo Ministro da Defesa deve acontecer na segunda-feira, 8 de agosto. A presidente Dilma Rousseff determinou que os militares devem ficar em silêncio e evitar manifestações quanto à mudança. Segundo o general Augusto Heleno, a troca na pasta  “não tem impacto nem trauma, porque troca de comando é rotina para nós”.

“Eu reconheço o trabalho que Nélson Jobim deu ao país. Infelizmente, nós esgotamos uma etapa e, por isso, passamos e viramos a página”, disse Dilma em entrevista a rádios locais. Jobim assumiu um discurso semelhante e se disse “aliviado” depois de deixar a Defesa. “É página virada”, disse o ex-ministro, que deve reativar seu escritório de advocacia na capital. “Se Jobim quiser vir, o partido é dele”, diz o presidente do PSDB, Sérgio Guerra, o ex-ministro das Relações Exteriores não aparenta ter perfil ou vocação para atuar à frente da pasta.

“Para mim, não me parece uma pessoa voltada para isso ou vocacionada para essa  tarefa. Além disso, ele tem uma posição sobre a política externa que  não me parece ser a do atual governo federal”, afirmou Guerra, que não escondeu sua admiração por Jobim. “Ele tem um grau de competência, de firmeza e uma qualidade que não é típica na equipe ministerial da presidente Dilma Roussef. É evidente que ele seria muito bem vindo ao PSDB. O partido tem respeito e admiração por ele”.

Falando como novo ministro, em palestra na UEPB (Universidade Estadual da Paraíba), em João Pessoa (PB), o ex-chanceler Celso Amorim disse que terá que ser “mais cuidadoso com as palavras” no Ministério da Defesa. “Eu já não posso falar como um ex-ministro das Relações Exteriores. Terei que ser mais cuidadoso com as palavras para não me comprometer”, disse Amorim no evento.

 

Fontes:
Folha.com - "Dilma agora procura conter rejeição de militares a Amorim"
Folha.com - "Jobim diz estar 'aliviado' após deixar governo"
Estadão.com.br - "Escolha de Amorim foi 'completamente inadequada', diz Sérgio Guerra"

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Marluizo Pires Cruz disse:

    Ministério da Defesa é uma instituição do Estado. Defesa do Estado é instituido pelos cidadões em respeito a sua Nação. Porquanto hierarquia é o respeito à Nação independente de interesses pessoais e de partidos. Estaremos atentos para Defender os interesses da Nação.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *