Início » Brasil » Política » Coaching, o que é isso afinal?
Conceito

Coaching, o que é isso afinal?

Cresce à nossa volta o número de pessoas que falam maravilhas dessa palavrinha inglesa. Por Claudio Carneiro

Coaching, o que é isso afinal?
Formas de integração do coaching (Reprodução/Internet)

Cresce à nossa volta o número de pessoas que falam maravilhas dessa palavrinha inglesa de fácil pronúncia mas difícil de explicar. No esporte, o coach é o treinador – aquele sujeito que cria as estratégias da equipe – ou de um único atleta – para chegar à vitória. A melhor jogadora de futebol do mundo, a brasileira Marta, chama seu técnico de coach. No mundo do trabalho, o coaching é o processo que apoia determinada pessoa na busca de um resultado – um bom resultado, diga-se.

Conversando com seu coach, o cliente – ou coachee – investe tempo e dinheiro para pensar onde está e onde gostaria de estar em determinada área de sua vida – seja pessoal ou profissional. É como traçar uma meta e contar com alguém para atingi-la. Não cabe ao coach interpretar ou julgar uma pessoa, mas é preciso que ele faça perguntas – as perguntas certas para que seu coachee atinja determinado objetivo.

Como se fosse uma empresa, o cliente define sua missão, valores e visão.Estabelecidos os limites, é hora de reunir as ferramentas para atingir as metas estabelecidas, digamos, para o próximo ano, por exemplo. Além dos objetivos profissionais, o “coachee” deve observar sua Roda da Vida e perceber se está dando atenção à família e à própria saúde.

Nossa! Esse papo-cabeça deve demorar uma vida”! Engano. Um processo de coaching dura, em média, de dois a três meses. Nesse período, pode ser que família e saúde recebam pesos iguais. Mas nada impede que se dedique a somente uma delas e, depois, à outra. O importante é que, em cada sessão, o cliente vai adquirir novos recursos – como habilidades, capacidades e confiança – e definir tarefas que deverão ser executadas até a sessão seguinte, cumprindo metas.

Custos e benefícios

Um caso clássico: Aos 30 anos, uma publicitária, independente financeiramente, se casa e deixa o mercado de trabalho. Alguns anos depois,com duas filhas, ela se sente insatisfeita. Utilizando uma das ferramentas de coaching, ela conclui que sente falta da vida profissional. Ela opta,então, por abrir um negócio. Para isso foi preciso fazer um planejamento contemplando várias etapas e metas, que foram sendo cumpridas até,efetivamente, voltar ao mercado.

A ideia é que, ao longo de um processo, a pessoa evolua – sentindo-se mais capaz e motivada para realizar tarefas que a aproximam ainda mais da sua meta. “Essas conversas não podem ser por e-mail, por exemplo. Pesquisas apontam 50% de uma mensagem é transmitida via linguagem corporal e a voz é responsável por quase 40%. Assim, a leitura dos sinais não verbais é fundamental no trabalho de coaching, para perceber mudanças que muitas vezes são inconscientes. São alterações de estado, que vão dando pistas sobre a pessoa. Sei que existem coaches que atendem por skype. Com a câmera e o áudio, os sinais não se perdem e dá bons resultados”, revela a Opinião e Notícia a profissional Sandra del Soldato, coach certificada pela International Association of Coaching-Institutes.

Nestes contatos são estabelecidas, basicamente, as metas a serem atingidas até o próximo encontro. É importante que o cliente analise quais são suas forças e fraquezas e também suas oportunidades e ameaças – tal como as empresas fazem sua tabela Swot – sigla que corresponde a estas quatro qualidades na língua inglesa. “O coach não interpreta e não interfere no modelo de mundo do seu cliente. Como o processo se baseia em estabelecer metas e acompanhar o cumprimento delas, teremos de identificar – se não forem cumpridas – que tipo de crenças limitantes impedem que ela seja realizada. Para isso, é importante conhecer o cliente – seus valores e crenças. É preciso também ter muito respeito pelo coachee e seu momento. Não adianta nada criar uma meta que não vai ser cumprida”, destaca Sandra.

Ainda segundo ela, um coach que já esteja estabelecido pode cobrar de R$500,00 a R$ 800,00 pela sessão. Um coach junior pode cobrar R$ 150,00.”Quando uma pessoa busca o coaching ela já deu o primeiro passo para a mudança. Ela está disposta a encarar o processo. Talvez não saiba que, em alguns momentos, vai se deparar com dificuldades, mas, para isso, ela tem o coach ali do lado. Para começar a fazer coaching a pessoa tem que estar disposta a mudar”.

Ao contrário de uma terapia, em que a pessoa vai mergulhar em questionamentos internos e muitas vezes avaliar o passado, no coaching não se detém nas razões que o levaram ao estado atual. O que importa é saber que o estado atual não é onde se quer estar. “A pessoa que acabou de se separar e está triste, por exemplo, talvez não esteja no melhor momento para iniciar o processo porque vai querer mergulhar nas razões da separação, etc. Talvez nesse caso seja melhor procurar uma terapia. Mas quando ela estiver bem,pensando no futuro, aí sim o coaching é indicado” conclui.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

13 Opiniões

  1. Beta disse:

    Nem sempre temos na vida pessoal o planejamento e foco que usamos na vida corporativa. Coaching deve ser uma boa ferramenta para quem está na busca de concretizar seus sonhos – ou metas!

  2. Regina Caldas disse:

    Coach: substituição da capacidade individual de exercitar a criatividade e buscar dentro de si os melhores caminhos para obter sucesso em sua vida pessoal e seus empreendimentos. É por ai que ficamos cada vez mais dependentes uns dos outros.

  3. Paola disse:

    Concordo com a Regina…está aí mais uma coisa que terceirizamos em nossas vidas. A culpa, com certeza será a falta de tempo ou, simplesmente, preguiça de parar para pensar, planejar e ir em frente com a própia vida.

  4. Marcelo Paixão disse:

    Muito pelo contrario Regina e Paola! O coaching serve justamente para ajudar as pessoas a andarem sozinhas quando não conseguem! Tanto que ele é uma area de Desenvolvimento Pessoal! Um Coach não visa ficar com os segredos do sucesso, ele visa ajudar as pessoas a encontrarem estes segredos e NUNCA mais esquecerem de como podem construir seu proprio caminho! Infelizmente não sabemos de tudo na vida e SIM algumas pessoas podem nos ajudar com isso. É por este motivo que o coaching quando feito com um profissional capacitado e habilitado gera sucesso. Uma boa metafora do coaching é: O coaching não entrega o peixe a uma pessoa, ele ensina a pescar! Prucurem se informar, tenho certeza que suas opiniões mudarão!

  5. Rogerio Faria disse:

    Mais um modismo anglo saxônico. Isto parece mais auto-ajuda, uma nova religião ou mais um jeito de tirar dinheiro dos incautos. O capitalismo e suas novas ferramentas de exploração. Coaching é mais um jeito sutil de tornar-mos máquinas servíveis a este modelo de exploração que está aí. O negócio e seguir o bom (e sempre atualizado)ensinamento do vovô, que ganhou dinheiro em sua época sem estas baboseiras. “Trabalhar com afinco, honestitade e seriedade, objetivando as metas profissionais e pessoais”. E só, simples não???

  6. Ana Erthal disse:

    De fato, Sandra – parabéns pelo trabalho ! – quando a pessoa procura o coaching é porque já deu o primeiro passo para a mudança. Esse primeiro passo desencadeia toda a série de mudanças que a pessoa quer fazer e que serão naturamente conduzidas dai em diante. Mas tem muita gente que fica pensando, reclamando e se lamentando antes de dar o primeiro passo, e, por esse motivo, não faz nenhuma mudança…

  7. Renata Resende disse:

    cada pessoa tem a liberdade de escolher como buscar mehorias para a própria vida… tem gente que vai ao analista, tem gente que lê livro de autoajuda, ou que busca um grupo de apoio… coaching é mais uma opção.

  8. Sérgio A. Träsel disse:

    Quanta bobagem, quanto papo furado, é mais uma lorota para “inglés ver” e ganhar dinheiro dos trouxas!!!

    E o “coach” o que faz com a sua vida, contrata também um “coach” para traçar o seu futuro de sucesso?? Necessita ele também de “coaching??

    Infelizmente, com raras exceções, todos nós perdemos a noção de realidade, do senso do ridículo!!

  9. luiz disse:

    nossa gostei muito da matéria
    nem tudo tem a sua opinião correta mas
    cada um tem o seu. eu prefiro não
    opinar essa opinião dessa matéria ta.
    mas vc esta de prbns pelo trabalho que vc faz no seu blog .
    um abraço.

  10. Jonas Basaglia disse:

    Bom dia Pessoal, sou Coach de uma empresa do ramo finaceiro e auxilio os colaboradores da área comercial a alcançarem seus objetivos. Antes de me tornar Coach, trabalhei na área comercial, administrativa e de Auditoria ao longo de 8 anos. Falo com propriedade que um bom coach colabora para que o coachee identifique possibilidades para o seu desenvolvimento. Deixo 03 perguntas as pessoas que comentaram abaixo que o coach é uma forma de tirar dinheiro de trouxas ou incautos. O que os fazem feliz? Vocês sabem quais são os seus objetivos? Como você vai fazer para alcança-lo? Se vocês responderam as 03 perguntas positivamente e tem planejamento, estratégia e execução para alcança-los. Deixe as pessoas que ainda não o sabem aprenderem.
    Parabens pela matéria.

  11. Renato Costa disse:

    Perfeita explicação sobre esta profissão
    parabéns Claudio Carneiro!

    Renato Costa
    http://www.foruminternacionalcoaching.com.br

  12. Karina disse:

    As pessoas que criticam o coaching, com certeza nunca o fizeram. Da mesma forma que uma consultoria pode ajudar diretamente uma empresa, o Coaching, apoiado em técnicas comprovadas cientificamente e utilizadas por grande Faculdades reconhecidas mundialmente, como a Havard por exemplo, não e baseado em modismo, mas em ferramentas comprovadas e testadas. Não é positivismo ou terapia. É um trabalho sério.

    Sou empresária e passei pelo processo com a empresa To Coaching (http://www.topcoaching.com.br/) e não tenho nada a reclamar. Pelo contrário, o processo me ajudou muito a desenvolver meu plano de meta para a empresa. Algo que tinha muita dificuldade de fazer. Também me ajudou muito na parte pessoal, auto estima, melhorar meu foco, como também tenho conseguido alcançar meus objetivos de forma muito mais fácil após passar pelo processo. Indico 100% que passem pelo processo e parabéns por este site

  13. Fernando Queirós disse:

    Sou palestrante de performance empresarial, porém não tenho muita empatia por esse negócio de coach. Tem uma colega que vive enchendo o face dela de propagandas da atividade de coaching dela. Uma delas eu ri demais. Ela tirou uma foto perto de uma land Rover Evoque e postou. Quer realizar seus sonhos, crescer e ter sucesso? Me procure que te explico como chegar lá! Detalhe, ela não tem nem um gol pra andar kkk essas fórmulas prontas me cheiram a uma coisa que nem vou falar aqui. Vamos trabalhar, estudar, dar duro,isso sim dá resultados e não gritinhos com mão em soco pro ar, frases manjadas e prontas. Motivação vem de dentro!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *