Início » Brasil » Política » Como fazer parte da disputa
Eleições 2010

Como fazer parte da disputa

Segundo a legislação brasileira, não se pode ter candidatura avulsa. Ou seja, a decisão sobre a disputa depende do partido.

Como fazer parte da disputa
Definidos os pretendentes, os tribunais eleitorais recebem os pedidos de candidaturas

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Qualquer cidadão que preencha alguns requisitos pode se candidatar a um cargo eletivo. Mas, antes de pensar em disputar os votos dos 133.249.485 eleitores, é preciso conhecer bem esses critérios. É necessário ser brasileiro, estar em pleno exercício dos direitos políticos, estar em dia com o alistamento eleitoral e ter idade compatível com o cargo a que se pretende. Além disso, é considerado inelegível quem é analfabeto e militar da ativa. Parentes de titulares em cargos do executivo também não podem concorrer a nenhuma vaga neste poder. No entanto, há um fator essencial para que qualquer cidadão se candidate: a vontade do partido. Sem que o partido forneça uma legenda, ninguém pode ser candidato.

Segundo a legislação brasileira, não se pode ter candidatura avulsa. Ou seja, a decisão sobre a disputa depende do partido. É nas convenções partidárias, que ocorreram de 10 a 30 de junho, que as legendas decidem quem vai se candidatar. Depois de definidos os pretendentes, os tribunais eleitorais recebem os requerimentos de candidaturas até uma certa data. Desta vez, isso ocorreu até o dia 7 de julho. Já à Justiça cabe julgar o deferimento dos pedidos de registro, o que ocorreu até 16 de agosto.

Idade compatível

A idade é um quesito importante para quem quer disputar um cargo na política. Para se candidatar a presidente, vice-presidente e senador, o exigido é ter, no mínimo, 35 anos. Para governador e vice-governador, deve-se ter pelo menos 30 anos. Deputados federais, deputados estaduais, prefeitos e vice-prefeitos devem ter o mínimo de 21 anos. Para vereador, é preciso ter pelo menos 18 anos.

Quem ocupa cargos de ministro e secretário estadual deve renunciar para concorrer a cargo eletivo. Já os titulares do Fisco, Ministério Público e polícias precisam apenas se licenciar para poder disputar eleições.

Caro leitor,

Na sua opinião, qual a maior motivação de um cidadão ao decidir candidatar-se a um cargo eletivo?

Leia mais:

Compreenda as funções do Congresso Nacional

Puxadores de votos são ‘faca de dois legumes’

Fontes:
Yahoo - Como se candidatar a um cargo eletivo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. cezar josé disse:

    muitos vão pela fonte de renda, outros dizem que é para combater a corrupção, entretanto quando chegam lá não aguentam ver dinheiro e se corrompem, buscando almejar tudo pelo dinheiro. Como dizia Rui Barbosa chegará o tempo em que o homem terá vergonha de dizer que é honesto. Será que este dia nos já não estamos vivendo-o.

  2. andre(santos/sp) disse:

    os militares podem concorrer sim
    se tiver mais de 10 anos de serviços ele sera reformado e se menos devera abandonar a força a que é lotado.

    e quanto aos partidos escolherem mudou o que ?

    antigamento os colegios eleitorais escolhiam hoje sao os partidos é diatadura pior do que antes
    eu quero votar em quem eu quizer nao em quem eles querem que eu vote…
    continua igualzinho a antes.

  3. Shirley disse:

    Bom dia!

    Gostaria de saber se servidor publico municipal pode se cantidatar para algum cargo?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *