Início » Brasil » Política » Consórcios abandonam transposição do São Francisco
Obras paralisadas

Consórcios abandonam transposição do São Francisco

Obras estão parcialmente paralisadas há cerca de um ano

Consórcios abandonam transposição do São Francisco
Abandono em vários trechos da obra (Fonte: Reprodução/TV Folha)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo denuncia nesta sexta-feira, 30, o abandono de vários trechos das obras de transposição do rio São Francisco, um polêmico projeto do governo federal iniciado em 2007, impulsionado pelo ex-presidente Lula.

De acordo com o jornal, alojamentos depredados ao lado de um canal tomado pelo mato e corroído pela erosão compõem o cenário de abandono. As obras estão parcialmente paralisadas há cerca de um ano.

Demissões e prejuízo

A reportagem da Folha percorreu cerca de 100 km do eixo leste do projeto. Ainda segundo o jornal, o Exército está trabalhando no local, mas os consórcios privados abandonaram as obras. Eles querem a revisão de seus contratos.

Milhares de trabalhadores foram demitidos. A paralisação também causou prejuízo aos comerciantes das agrovilas. Lavradores contratados como operários nas obras tiveram que voltar para o campo.

O projeto de transposição do rio São Francisco, orçado em R$ 6,8 bilhões, tem como objetivo levar água do rio a 12 milhões de pessoas de 390 municípios até 2025.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Obras de transposição do São Francisco estão abandonadas há cerca de um ano

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

9 Opiniões

  1. João Cirino Gomes disse:

    Alguém já notou, que qualquer obra no Brasil acaba
    sendo 90% mais cara que o orçamento inicial,e mesmo assim terminam fora do prazo, e as vezes são esquecidas inacabadas?

    E quem não notou obras, que eram rascunhos grotescos, e que nem haviam saído do papel, mas foram inauguradas para angariar votos?

    Mas as VERBAS, estas desaparecem pelo ralo, ninguém é punido, ou devolve um centavo dos desvios aos cofres públicos!

    Por estas e outras devemos lutar pelo fim da imunidade parlamentar e pelo fim do fórum privilegiado!

    Pois a lei de imunidade só esta servindo para acobertar corruptos, e o fórum privilegiado só esta servindo para facilitar as vendas de sentenças!

    Por este motivo as cadeias continuam abarrotadas de pobres, como se, somente os pobre fossem os bandidos!

    Abaixo-assinado Fim da imunidade e impunidade! Ou voto Nulo, em quem promete, só visando vantagens!

    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron

    Se estiver de acordo, assine e ajude a divulgar, pois uma andorinha sozinha não faz verão!

  2. Isadora Lima disse:

    AVANÇA BRASIL!!!

  3. Áureo Ramos de Souza disse:

    A transnordestina nunca acabou e muito dinheiro foi gasto, uma rodovia que corta a floresta amzônica nunca acabou e muito dinheiro foi gasto e a transporsição do São Francisco São Obras Faraônicas é só para gastar dinheiro e enche as construtoras de dinheiro e dividir com os políticos corruptos de nosso país.
    É muita coisa que se ver nesta 6ª economia mundial, imagine se chegarmos ao menos a 2ª É MUITO DINHEIRO PARA SE ROUBAR.
    MEU POVO DO MEU BRASIL BRASILEIRO VAMOS TER CONSCIÊNCIA E VAMOS VOTAR CORRETO OU NUULLOO.
    FIM DA IMPUNIDADE E FORUM PREVILEGIADO P…….
    Áureo – Recife – PE.

  4. Evandro Correia disse:

    Um projeto faraônico, absurdo, o rio São Francisco perde vazão há décadas, trechos que eram navegáveis deixaram de o ser. É absurdo tirar água dele. Essa transposição é o sonho maluco de Lula, equivalente ao trem-bala de Dilma.

  5. Carlos U. Pozzobon disse:

    O lamentável abandono daquilo que seria a redenção da seca no nordeste, cuja responsabilidade é de um ex-presidente justamente nordestino, que como administrador revelou-se com a competência de um bode perdido pelo cangaço. Como sempre disse: a pobreza é um sistema chamado subcapitalismo, que é muito bem fabricado, engenhado e planejado para não permitir que o povo progrida.

  6. friburguense disse:

    A roubalheira entre engenheiros de construturas e os funcionários patifes guindados aos cargos do executivo deixarão após a bandalha geral como “herança maldita” os esqueletos das imaginações faraônicas do “messias do agreste” acoitado pelos Ministros dos presentinhos, mimos e comendas para o capeta de 9 dedos…

  7. Joao da mata disse:

    Só quem nunca passou cêde e fome pode ser contra um projeto que tem como finalidade transpor 3%, ( 27. metros cúbicos por srgundo ) do volume de água do velho chico. o restante vai para o mar!Estas pequena quantia de ´´agua terá como finalidade irrigação e consumo humano.
    O melhor, quem não tem noção de recursos hidrícos inssite em palpitar numa obra de grande importancia para o homem do sertão ceco que quando chove:ás chuvas são inrregulares.

  8. jose carlos vieira disse:

    vejamos que as pessoas nenos desfavorecidas dos diversos logares onde irão ser beneficiados não pode ficar só com a promessa politicas. Se essa empresa não terminar o combinado contrate outra,os eleitores desas regiões não pode ficar só na promessa de melhorias de água nas suas propriedades. POR FAVOR GOVERNANTES APLIQUE O DINHEIRO DOS IMPOSTOS P/ A MELHORIAS DOS MENOS FAVORECIDOS,JESUS QUE ÉLUMINE NAS HORAS DEFICEIS DE SUAS DECISÕES.

  9. João Alcântara de Meireles disse:

    “Crônica de uma morte anunciada”

    O Presidente Lula externou sua admiração pelo Presidente Médici! O General Presidente é o seu paradigma no que diz respeito a desenvolvimento. Incoerente, seria não deixar algumas obras mastodônticas, faraônicas, de eficácia questionável, palco de suspeição de desvio de recursos, como a oposição atribuía a algumas do período militar. O desvio do Rio São Francisco-em que pese restrições de quadros técnicos qualificados, a oposição de governadores nordestinos, a ação messiânica de Dom Cappio – foi aprovado por obra e graça do Deputado Ciro Gomes, com seu “tour de force” recheado de retórica populista eleitoreira, fazendo jus aos mimos auferidos do Governo de plantão. Muito recurso já se perdeu, e mais prejuízos serão apurados. Ganhará certamente com a suspensão da obra, o Velho Chico.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *