Início » Brasil » Política » CPMF deve sair de pauta, diz ministro
Impostos

CPMF deve sair de pauta, diz ministro

Segundo Paulo Bernardo, a arrecadação cresceu durante o governo Lula porque a economia estava aquecida

CPMF deve sair de pauta, diz ministro
Ministro do Planejamento, Paulo Bernardo (Fonte: eBand)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, afirmou que a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) deve sair da pauta das discussões.

“A Dilma já disse que não vai mandar proposta para o Congresso e se ninguém falar mais nesse assunto, acho que acabou o assunto”, afirmou o ministro durante entrevista ao programa de rádio Bom Dia Ministro nesta quinta-feira, 11.

De acordo com o ministro, a arrecadação cresceu durante o governo Lula porque a economia estava aquecida. “O presidente Lula não criou impostos. Perdemos a CPMF, inclusive, cerca de R$ 40 bilhões anuais, e procuramos fazer adequações ao orçamento.”

Para continuar os investimentos, o governo terá de criar novos impostos, afirmou Paulo Bernardo.

Leia mais:

Dilma e a reforma tributária

A insepulta, seus pais e herdeiros

Fontes:
Yahoo! Notícias - CPMF deve sair da pauta de discussões, diz Bernardo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Nelson João Teixeira disse:

    Para continuar os investimentos, primeiro o governo tem que fazer cortes de funcionários do governo. E não querer gerar mais impostos para sacrificar mais a população brasileira. Ministro Paulo Bernardo. O povo esta de olho em todos os politicos; Já não somos uma massa popular que aceita tudo.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *