Início » Brasil » Política » CPMF: novo nome, mesmo imposto
Grita Brasil

CPMF: novo nome, mesmo imposto

Cláudio Schamis critica decisão de Dilma sobre possível volta da CPMF com novo nome, o aniversário do polêmico político Paulo Maluf e o poder sem explicação de José Dirceu na cúpula do PT

Dilma ainda teima em tentar medir o tamanho da corrupção do Brasil com os dedos (Reprodução/internet)

Sou demagogo, mas quem não é?
Se ser demagogo é achar que é possível resolver parte do problema da Saúde sem a criação da nova-velha CPFM, então assumo. Eu sou demagogo com muito orgulho e muito amor. Mas alto lá. Ou melhor, mãos ao alto!

Só queria que Dilma explicasse se a CPMF sem desvios é mais cara e por isso pode dar certo. Já vi esse filme. Ou melhor, nunca vi esse filme. Sem desvios. Quem é o diretor?

E Dilma você tá me chamando de mentiroso também? Sou demagogo e mentiroso? Isso não é muita areia para o meu caminhão? Será mesmo que sou eu quem está mentindo para o povo quando afirmo que, se não houvesse o roubo que já existe, se apenas se aproveitassem os recursos destinados à Saúde de forma adulta e honesta, sem desviar nada, estaríamos bem de Saúde?

Se não desviar, pode dar certo. Mas quem acredita num mentiroso?

E enquanto isso na sala da maternidade…
Não sei se choro ou se gargalho. A discussão sobre que nome teria a tal da contribuição é totalmente fora de propósito. Qual é a diferença em chamá-la (novamente) de CPMF ou, como quer o PT, Contribuição Social da Saúde (CSS)?

De qualquer maneira, em ambos os casos parece que eles não devem saber a definição do que é contribuição. Reza a lenda (e o meu dicionário) que contribuição é algo voluntário e não imposto. Trocando em miúdos, e em português claro, imposto é imposto, contribuição é contribuição. Qual é a dificuldade nisso?

E se saúde é o que interessa…
Dilma afirma que Saúde precisa de mais dinheiro. Eu já afirmo que precisa é de gente séria e sem a Síndrome de Robin Hood brasileira para que comece a dar alguma coisa certa.

 

Cabral está de olho grande na Saúde ou na volta do imposto? (Reprodução/internet)

Cada Cabral no seu galho
Não sei o que o Cabral daqui do RJ, que não é Pedro e que não foi quem descobriu o Brasil, está querendo se meter onde nem foi chamado. Melhor que fique quieto e cuide de todos os problemas que temos ainda para resolver em nosso estado e deixe a questão da CPMF/CSS para o Congresso. Tem tanta coisa grave acontecendo aqui que, se ele desviar o foco, já viu onde isso tudo vai dar. E desde quando o “nosso” Cabral é doutor em resolver os problemas da suposta falta de recursos para a Saúde?

Será verdade?
Só rezando mesmo para que não aconteça, de na última hora, um acordo de cavalheiros que faria o Congresso dar para trás. Dizem que um acordo entre o presidente da Câmara, Marco Maia, e os partidos fará que aconteça a tão esperada votação da Emenda 29, que irá fixar os percentuais de investimento em Saúde para União, estados e municípios, mas que não irá seguir com os planos mirabolantes de uns e outros, que querem mais recursos para ser desviados através da CPMF ou da CSS. Tenho pra mim que eles talvez estejam mais modestos e se contentem em apenas desviar parte desse percentual que viria a ser fixado.

Briga de Titãs
Vaccarezza, que é cândido e Cândido, e também líder do governo na Câmara, disse que considera impossível o Congresso aprovar um aumento salarial agora nesse momento para o Judiciário. Já para o Executivo…

Eles que são brancos que se entendam. A briga promete.

Mas eu é que continuo não entendendo porque o salário mínimo tem sempre um valor ridículo quando é reajustado, mas quando se trata de reajustar outros salários…

Quem pode faz festa!
A festa de Paulo Maluf, que comemorou seus 80 anos, é o retrato de que, no Brasil, se faz e fica tudo por isso mesmo. Maluf, que mesmo sendo um dos fichas-sujas mais sujos, com uma lista imensa de processos, bens bloqueados e prisão decretada nos Estados Unidos e outros seis países e procurado pela Interpol em mais de 181 (países), conseguiu reunir políticos de peso que foram cantar parabéns pra você. E políticos que já foram até seus “inimigos”, ou adversários como eles gostam de adjetivar.

Só queria saber uma coisa: será que ninguém contou para a Interpol onde Maluf está?

E o Wally, alguém sabe onde está?

Dirceu sorri, Lula e Dilma divagam, e o povo chora (Reprodução/internet)

O Amor e o Poder
Zé Dirceu é sem dúvida a versão masculina viva e representação da música “Como uma deusa”.
Isso ficou claro e cristalino para mim ao ver o cassado José Dirceu sorrindo e de linguinha de fora (fofo isso, né?) ao lado da presidente Dilma e do ex-presidente Lula, no congresso do PT onde foi recebido aos gritos como “guerreiro do povo brasileiro”, apesar de ser apontado como o “chefe da quadrilha” do mensalão. Ele, na verdade, não está nem aí para a “Hora do Brasil”. Aliás, está perigando, por essas e outras demonstrações, que ele fique cada vez mais poderoso.

Com Zé é isso. Ele ama o poder e parecer ser o poder.

Enquanto Dilma falava sobre o combate aos malfeitos, Lula se calava diante de sua herança maldita. Que, segundo o povo do PT, é tudo invenção da mídia, da oposição e do estagiário. É sempre tem um estagiário que leva a culpa.

Salvem as baleias. Não jogue lixo no chão. Não fume em ambiente fechado.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

24 Opiniões

  1. Joaquim Barbosa disse:

    Que argumentação furada. Quando a CPMF foi extinta digo “temporáriamente” parte dela foi direcionada ao IOF.
    Agora vem esses caras, tributando mais uma vez o povo, sem distinção, alegando que a Saude necessita de investimentos.
    Que conversa de ladrão, a saúde sempre foi o que você vê. Não existe investimento em saúde pública, por que não há interesse nisso. Mas veja os investimentos em saúde privada, estão a toda prova, sem qualquer CPMF para bancar.

  2. Beraldo Dabés Filho disse:

    A CPMF foi criada como IPMF no Governo de Itamar, tendo sido sugerida pelo então Ministro da Saúde Adib Jatene, com a alíquota de 2%.

    No 1º mandato de FHC sob inspiração do então Ministro da Saúde, José Serra, trocou de nome para CPMF eteve a alíquota aumentada em 90%, passando para 0,38%.

    Por medidas provisórias foi sendo prorrogada até 31 de Dezembro de 2002, último dia da gestão FHC/Serra.

    Os mesmos que a criaram e dela usufruiram durante 10 anos, pressionaram e conseguiram a sua extinção, no 2º mandato do Governo Lula.

    A carga tributária do Brasil é alta? Sim.

    A Saúde deixa muito a desejar no Brasil? Sim.

    É necessário mais investimento na Saúde? Óbvio.

    Existe fonte de recursos para mais investimento em qualquer coisa no Brasil? Não.

    O Governo atual pode desejar que se faça, como exatamente foi feito por FHC e Serra?

    Mineiramente, “nem sim nem não, muito antes pelo contrário…”.

  3. Luiz Mourão disse:

    Talvez eu morra sem ver alguém falar o que REALMENTE ocorre por trás de impostos tão altos e numerosos: a OCIOSIDADE e o excesso de PRIVILÉGIOS do funcionalismo público brasileiro….
    Não é à toa que servidor público é sinônimo de boa vida…
    Salvas algumas raras exceções, servidor público, nos três níveis, deixa muito, MUITO a desejar; mas impostos são aumentados ou criados apenas para pagar seus vencimentos sem TRABALHO!!
    onde está a mídia CORAJOSA para comprar essa briga???
    Hipocrisia e cinismo…

  4. Carlos U. Pozzobon disse:

    Do jeito que o roubo se dissemina no Brasil, o que se pretende é apenas aumentar o butim para os tradicionais saqueadores. Nenhum governo conseguirá legitimidade no aumento de impostos se não demonstrar moralidade no seu uso. A antiga CPMF era usada para equilibrar o caixa da Previdência. E a nova vai para o mesmo destino. Sempre que se fala em criar um novo imposto, o significado é o mesmo: a voracidade da corrupção está consumindo as receitas. Um governo que arrecada mais de 1 trilhão não tem de onde tirar 30 bilhões?

  5. Helo disse:

    Ninguém pode ser contra dinheiro para Saúde que vai tão mal. Com a estabilização a CPMF que já não cumpria a sua função pareceu indevida. É incompreensível a avidez e pressa do governo em reeditá-la ao invés de se empenhar na reforma fiscal.
    Ora, não dá para acreditar que a CPMF possa ter melhor destino, sobretudo com os desvios que se tornaram atualmente a regra de governar. Há uma distância enorme entre o que o governo diz para a mídia e o que faz. Quando a mídia mostra essa contradição, se torna demoníaca.
    Porém nada mais diabólico que o sorriso do José Dirceu captado pela foto atrás da dupla presidente já cansada das articulações infinitas e do peso excessivo do mando.

  6. Rene Luiz Hirschmann disse:

    Briga entre gangs é um perigo, quando os tres poderes brigam por aumento de seus salários e há divergências, pobre aposentados(povão) e trabalhadores, eles brigam por aumentos de 65%, aposentados por 10%, eles não tem direitos constitucionais(A constituição diz que todos tem direitos iguais) aposentados tem, mas não levam, porque quebram os Brasil, o Vaccarezza tem que emagrecer, tomar menos vinho, cuidado com CVC, será que o Maluf esta aposentado, e quando vai ao médico usa o INSS, e o Sergio fez algum acordo com os donos de aviões a jato, Dirceu e Lula farinha do mesmo saco no mensalão.

  7. Everaldo Uzeda Rodrigues da Costa disse:

    SABE OS ESTADOS UNIDOS ESTÃO COM MEDO DE UMA GUERRA COM O BRASIL. SABE PORQUE TEM MÊDO DE PERDER E AI CPMF TAMBEM VAI PARA LA. PARA ENCHER O BOLSO DOS POLITICOS BRASILEIROS E AMERICANOS. AINDA MAIS QUE É PROIBIDO O USO DAS ALGEMAS.

  8. Áureo Ramos de Soza disse:

    Amigo Claudio Schamis não é sem desvio é sim 10viu mais se calaram. Se o Deputado Reguffe economizará 3 milhões por ano quanto economizaria tres milhões vezes a quantidade de deputados que existe aí em Brasilia. Acredito que ajudaria bastante na saúde. Continua Schamis que nós ti seguimos.

  9. João Cirino Gomes disse:

    De que vai adiantar mais um imposto?

    Esta é só mais uma formula de sangrar a população!
    No final ,a saúde vai continuar abandonada!
    Eu até acreditaria, se os desviadores fossem punidos, e devolvessem as verbas que já foram arrecadadas para este fim!

    E devem estar em paraísos fiscais!

    Só papo furado!

  10. Walter Senise disse:

    Caros leitores, acredito que a maioria das pessoas sao serias, honradas, generosas e honestas, e por reunirem tantas qualidades descentes, ja conseguiram pensar, talvez tanto quanto eu ou mais um pouco, pois em minha pequenice, nao consigo captar muitas coisas que estao um pouquinho longe do meu alcance, porem as que estao mais proximas, como as eleicoes municipais em preparacao para as eleicoes majoritarias,eu consigo visualizar, e de onde se buscariam dinheiro para os caixas 02, 03, 04 e ate mesmo o 05, para poder financiar a reeleicao da entao presidente Dilma, e ja pensando na reserva financeira para o PT, para a proxima campanha do Lula, e as viagens dele, de onde os senhores acham que sairia o dinheiro heim, heim, so os menos afortunados de inteligencia nao seriam capazes de visualizar isso, pensem muito bem antes de cantarem louvores as proximas corrupcoes, dinheiros nas cuecas do Genuino, no soutien dela mesma, nem preciza dizer o nome que todos ja sabem quem e, e que Deus nos proteja dessa gente amem. O Lula e meu Pastor, por isso e que vivo pastando ate agora.

  11. Sóstenes Pedro S. de Souza disse:

    Qual é a solução do DEM, PSDB para tal asunto?? Oposição por oposição??? O povo já está cansado. Chega de bla… Bla… Queremos é solução. Saúde já!!!! qual a fórmula do DEM? Ou do PSDB? Já foram Governo. Apontem a fórmula mágica.

  12. jose francisco dalla valle disse:

    a salde esta mau ?
    a segurança esta mau ?
    a educação esta mau ?
    oque esta bem no brasil !
    quantos impostos novos precisamos criar para resolver todos os nossos problemas ?

  13. JOSE DIAS disse:

    TODOS ANOS QUE SE APROXIMA DE ANO ELEITORAL SEMPRE AS COISAS E AS MESMA ? E MUITA CONFUSÃO SERA QUE OS POLITICO NÃO TEM VERGONHA DE ACEITA ESTE TIPO DE IMPOSTO QUE ESTA PARA SER TAXADO NAS COSTA DOS
    POVO BRASILEIRO.CADE A REFORMA TRIBUTARIA QUE NÃO SAI DO PAPEL,QUANDO E PARA DAR AUMENTO PARA OS APOSENTADO E O MAIOR PROBLEMA MAIS PARA OS DEPUTADO E JUIZ E MINISTRO O GOVERNO SE CALA .
    E ISO MESMO,O POBRE NÃO PRECISA DE AUMENTO, VAMOS PARA AS URNAS O ANO QUE VEM O POVO ESTÃO MAS SABIDO. E TUDO FARINHA DO MESMO SACO ACORDA POVÃOOOOOOOOOOO DIGA NÃO PARA ESTA GENTE?

  14. Rogerio Faria disse:

    Em um País on 18% pagam IRPF e 85% votam tudo é possível…

  15. SERGIO ROBERTO BLASSIOLI disse:

    ENDOSSO TUDO.SR.EDUARDO, POVO BRASILEIRO E APOSENTADOS: VAMOS MANDAR UM ONIBUS DE CADA CIDADE PARA BRAASILIA, MUNICIADO COM VÍVERES E AGUA PARA 1 SEMANA. ACAMPAMOS NOS JARDINS DA DILMA. PROTESTAMOS. AS NECESSIDADES FAZEMOS NOS JARDINS MESMO. VAI SER UMA BELEZA. AS FAIXAS E O CHEIRO FALARÃO POR NÓS. CHEGA DE PALAVRAS VAMOS FAZER ALGUMA COISA.CHEGA DE ZÉDIRCEUS E O RESTO DO BANDO. CADEIA PARA ESSA GENTE. REAJUSTE HONETO PARA OS APOSENTADOS. QUANTO À SAUDE, METEMOS A GALERA QUE ROUBA O INSS EM PRISÃO PERPÉTUA, TRABALHANDO PARA PRODUZIR COMIDA PARA OS MAIS NECESSITADOS.

  16. Pedro Moreti disse:

    Sobre o assunto? Querido Cláudio!

    Não sei qual seu grau de conhecimento jurídico, mas, contribuição não é imposto, cuidado com suas afirmações.
    O público pode entender suas afirmações erroneas e propagar erros primários.
    Só para que fique claro, tributo em simples explicação é formado por impostos, taxas e contribuições (existe ainda outras formas, só para que conste, existe as contribuições especiais e o empréstimo compulsório).

    Então, imposto é imposto, contribuição é contribuição e taxa é taxa, e todos eles são tributos.

    Pedro Moreti

    Pedro Moreti

  17. Well disse:

    Imposto é imposto, contribuição é contribuição, e político ladrão é aquele que fica inventando uma naneira de usurpar o pouco dinheiro desse povo tao sacrificado…

  18. Helo disse:

    Pedro Moretti,
    Sabemos que os nomes mudam, mas o significado é claro: CPMF, CSS são diferentes nomes do governo conseguir mais, sem a menor preocupação em conter os escândalos, hoje a regra de governar. É preciso entender que o tributo, a contribuição, a taxa, o imposto, mesmo os que pagamos sem nos dar conta, é dinheiro público, que exige cuidados e responsabilidades maiores do que as que temos com nossa economia pessoal.

  19. Olbe disse:

    É só fazerem os que roubaram, devolverem aos cofres públicos, que teremos dinheiro pra saúde

  20. kão disse:

    Olhe a última foto que acompanha o artigo: extremamente elucidativa.
    À sua direita, leitor ilustre, Dilma com cara de saco cheio, fisionomia de “que que eu tô fazendo aqui?”. À sua esquerda, Lula com semblante “entrando em coma alcoólico”… acidental, claro. Muito raro!
    E atrás dos dois, nosso Príncipe dos Mensalões, Phd em Trambiques, Especialista em Confusões.
    Esta é, hoje, a cúpula do PT.
    E tá explicado o Brasil. E o imposto que vem por aí.
    Minha Nossa Senhora do Congresso…

  21. Conceição Monteiro disse:

    Não falta dinheiro para custear a saúde. Faltam administradores honestos para usar esse dinheiro ao que ele foi proposto, e não ser desviado descaradamente e comprovadamente para bolsos, meias e cuecas de políticos corruptos, que se perdoam a cada falcatrua, pois sabem o quanto são iguais e sempre precisarão do aval do outro, facilitado pelo voto secreto, que lhes esconde a cara sem-vergonha. Por isso votaram a favor da chorosa J.Roriz.

    Somos o povo certo para esses políticos, assistindo a tudo isso sem lhes dar a resposta certa, não votando neles, para excluí-los para sempre da vida pública.

    Esse imposto disfarçado de contribuição é um descalabro e nos diz claramente que sempre nos convidarão a pagar pelos desfalques comprovados e sem punição.

    A CSS, se passar, teremos o aval da presidenta Dilma que não será devidamente usada. E sabe como? Como tem sido até hoje, para enriquecer os políticos.

    Eles parecem que comem dinheiro, pois o dinheiro escorre por caminhos escuros, onde somente eles conseguem caminhar.

  22. Deise disse:

    Vai voltar CPMF ou outro imposto qualquer, com o nome que quiserem dar e, com certeza, o problema da saúde não ficará resolvido. É só aguardar para ver.
    Eles acham que o povo contribui com pouco. Parece até piada e de mau gosto.

  23. Gabriela disse:

    Muito bom, excelente
    É bom saber que no Brasil ainda tem jornalista interessado em divulgar a verdade.

  24. cosme disse:

    Eu também acho muito bom que ainda a jornalista no Brasil que vai e divulga a verdade pois é uma vergonha estas coisas que ocorrem em nosso PAIS.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *