Início » Brasil » Política » CSS: lobo em pele de cordeiro?
Tendências e Debates

CSS: lobo em pele de cordeiro?

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Na última quinta-feira, 19 de junho, a Super Receita informou que a arrecadação para o mês de maio somou R$ 50,4 bilhões, uma alta de 5,16% em relação ao que havia sido registrado no mesmo período do ano passado. Corrigidos os valores pelo IPCA, este é o mais novo recorde de arrecadação de impostos do governo federal para maio.

Apesar do impressionante montante recolhido em forma de impostos, o governo brasileiro tenta restaurar a antiga Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), que passou a ser intitulada Contribuição Social para a Saúde (CSS).

A CPMF vigorou de 1999 a 2007 e destinava-se a custear a saúde pública, a previdência social e a erradicação da pobreza. O imposto, cuja alíquota era de 0,38%, incidia sobre as movimentações financeiras. A CSS, por outro lado, com alíquota de 0,1%, pretende ser exclusivamente utilizada para a saúde e só incidirá sobre as movimentações daqueles que ganham acima de R$ 3.038.

A CSS foi aprovada pela Câmara dos Deputados no dia 11 de junho com dois votos a mais do que o necessário e ainda precisa ser votada pelo Senado, o que só deve acontecer após as eleições de outubro. Diferente do que aconteceu na votação na Câmara, o Senado não vem se mostrando favorável à contribuição — para a felicidade de muitos brasileiros, que vêem na CSS uma CPMF com nova roupagem.

Segundo um levantamento feito pelo jornal O Globo, dos 45 senadores que votaram a favor da prorrogação da cobrança da CPMF em dezembro, ao menos nove já afirmaram estar dispostos a rejeitar a Contribuição Social para a Saúde. A aprovação do tributo precisa de 41 votos no Senado, mas apenas 15 disseram apoiá-la. Somando os nove que se dizem contra a CSS com os 34 que já foram desfavoráveis na votação de dezembro, a oposição ao imposto já teria 43 votos. Ainda que os 17 indecisos e os quatro que não responderam à pesquisa votassem favoravelmente à CSS, o máximo de 36 votos não seria suficiente para obter a aprovação da proposta.

Falar é uma coisa, fazer é outra. Resta saber se os senadores que se declararam contra a CSS — o que poderia ser chamado de imposto no melhor estilo "lobo em pele de cordeiro" — saberão manter suas palavras. Caso contrário, o Brasil, que infelizmente carrega o estigma de país dos impostos, terá mais uma sigla para a sua coleção.

 

Caso a CSS seja aprovada, você acha que os recursos arrecadados serão realmente destinados à saúde pública, um setor tão carente, porém tão negligenciado em nosso país?

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

113 Opiniões

  1. Benedito Lacerda disse:

    Eu acho que o governo tem mais é de aumentar sua receita para cumprir todos seus programas sociais.

  2. Cristina Cleyde Gonini disse:

    ESPERO QUE A MINHA OPINIAO SEJA INSERIDA NESTE SITE.

    Quanto ao comentário do Benedito Lacerda "que o governo tem mais é de aumentar sua receita para cumprir todos os seus programas socias" isto é um absurdo. MAIS receitas p/ o governo????QUANTO MAIS???QUE PROGRAMAS SOCIAIS????Bolsa-família, escola, gás, PAC, entre outros, que são denunciados e servem somente p/ gastos indevidos e o que é PIOR é que a classe média é que está pagando e não o governo. E a saúde??? vemos gente morrendo todos os dias na fila do INSS. E os aposentados com míseros salários que não dá nem para comprar os remédios indispensáveis para o seu tratamento. E a dengue??? As pessoas morrendo e isto é verdade, real, por falta de atendimento. Culpa da população? Sim, mas principalmente do governo que não orienta devidamente com instrução necessária e cumulativa para que seja evitado. E as escolas, CADÊ??? O brasileiro peca por FALTA DE CULTURA e principalmente de escola, pois o Brasil do Lula NÃO TEM ISSO. NÃO TEM ESCOLA, SAÚDE, SALÁRIO DIGNO, TRABALHO, PROGRAMA SOCIAL. O que o presidente fala na TV é "só para inglês ver" e quando o "bicho pega" o presidente "corre" para viajar para outros países "fazendo de conta" que está negociando com o exterior: com a Cuba falida de Fidel Castro OU então fica em cima do muro como tantas vezes que ficou principalmente com casos acontecidos anteriormente, que basta lembrar.
    PROGRAMA SOCIAL para o BRASIL é o SALÁRIO DIGNO E TRABALHO PARA TODOS, pois com estes dois pré-requisitos teremos todos os outros, pois os demais é consequência do que conseguimos pagar e o brasileiro precisa APRENDER A TRABALHAR e não a ganhar de graça às custas dos outros.

  3. Amanda Dantas disse:

    Não.Nossos políticos não tem muito crédito para ficarmos seguros do destino desse dinheiro,já vimos que grande parte do dinheiro suado dos bolsos dos brasileiros foram parar em mansões,viajens e presentes…Não é justo para os brasileiros um novo imposto antes de uma reforma tributária que proporcione uma melhor qualidade de vida,ao menos melhores condições alimentícias!! uma pessoa que se sustenta com um salário mínimo nem ao menos pode comer bem nesse país! A solução não é um novo imposto e sim o bom diregimento dos já existentes!!

  4. Claudio H. Picolo disse:

    Bom… A idéia original do CPMF era ser "O" imposto único, para substituir todas as outras (mais de 100) tarifas, impostos, tributos e "contribuições" do "governo" federal.
    Simplificaria muitíssimo a arrecadação, baratearia dramaticamente os custos com o processo da mesma e facilitaria muito o controle sobre o fluxo desse dinheiro para causas que realmente interessem à população.
    Mas ao invés disso, acabou virando mais um imposto que de um jeito ou de outro só serve para ajudar a encher a cueca de certos ilustres representantes do povo brasileiro que adoram a falta de controle que mais de cem tarifas, impostos, tributos e "contribuições" permite, de modo que os desvios podem ser comprovados diariamente em qualquer telejornal (e que mostram apenas a ponta do iceberg, porque para ter concessão de rádio, jornal ou TV no Brasil é preciso ter rabo preso com a "politicalha".
    Fontes de entrada de dinheiro definitivamente não faltam para o "governo". Aliás, o Brasil é comprovadamente o "país" com a maior taxa tributária do planeta segundo estudos do Banco Mundial.
    O que falta mesmo é controle rígido do seu uso e principalmente, vergonha na cara dos DONOS dos três poderes, que se esquecem que antes de tudo, são na verdade, nossos empregados e eu voto pela sua demissão por justa causa. Mas infelizmente sou sócio minoritário e sei que o meu voto "some" diante dos outros mais de 200 milhões de sócios que empregam sem perceber, esses negociadores de campanhas eleitoreiras especialistas em se travestirem de "assistentes sociais humanitários".
    A única coisa que podemos fazer é votar conscientemente. Mas brasileiro vota conscientemente?
    Que base educacional a maior parcela da população tem para isso?
    Vou morrer sem ver uma solução.

  5. Leo disse:

    Enquanto as bases de calculos forem acumulativos de todos os impostos, este novo como todos os outros velhos são aberrações de um passado inflacionário que não desejamos que ocorra.RT já

  6. Camila disse:

    Para quem é contra este imposto maquiado com o nome de "contribuição", existe um link do site da Rádio Eldorado com um abaixo assinado para enviar à Brasília. Como essa geração não sai às ruas para protestar, podemos usar a força da internet para nos posicionarmos a respeito de temas que são de NOSSO interesse. Do interesse do CIDADÃO e não dos POLÍTICOS. Acesse http://www.radioeldoradoam.com.br e participe do abaixo assinado também!

  7. osorio almeida disse:

    No Brasil de hoje? Nem pensar!
    Seriedade e honestidade são requisitos básicos para administrar dinheiro público com competência e resultados.
    Não temos nenhuma nem outra.
    Como consequência, resta-nos apreciar o descalabro, a falta de vergonha e a imensa baderna que impera na Saúde, como em tudo em que o (des)governo mete a mão.
    Concordo com o Claudio Picolo: vamos morrer sem ver a solução.
    A menos… a menos que haja um "incêndio", que os caras-pintadas (pobre e inconsciente massa de manobra) saiam às ruas. Pouco provável, né?
    Acho que vou morrer com muita, mas muita vergonha de ter tido empregados ladrões e não ter podido demití-los.
    Abraço

  8. O BERRO da Formiga disse:

    Em nosso país?
    Há muito que este já não é mais NOSSO país. Mais importante do que combater a CSS é recuperar a posse "dessepaiz" p/ os brasileiros, e fazer valer a constituição que hoje não passa de um livrinho que mal serve p/ usar no banheiro. Infelizmente o brasileiro só se incomoda quando mexem em seu bolso. Que lhe tirem a liberdade expressão, de pensamento, de ir e vir, de iniciativa, subtraiam seus direitos, mas que não mexam em seu bolso.

  9. Gustavo disse:

    Duvido muito, em minha opinião se eles quisessem ter mais dinheiro para investir deveriam abaixar seus salários e não inventar ou ressuscitar impostos.
    O que eles querem mesmo é ter mais dinheiro para roubar!
    Isto é o que eu acho!

  10. daniel motta disse:

    o que ta pegando é que o imposto é sob movimentação financeira, e quem movimenta finceiramente, é quem te recursos para fazer uma campanha contra um imposto just e nescesario. o certo era dar um jeito de fazer uma campanha efetiva e paralela a da CSS, para diminuir os inumeros impostos que incidende em quem não tem uma casa, um carro pop, nas coisas basicas tipo alimentos, deviam criar o CONTRIBUIÇÂO SOB OSTENTAÇÂO. e aplicar na educação…..teriamos os melhores dutores e mestres do mundo

  11. ariosto disse:

    Hoje, com o dinheiro arrecadado sob forma de impostos, seria possível combater diversas mazelas do nosso país, como a fraca educação ou então a saúde pública. Entretanto, não é o que acontence. Volumes imensos dessa arrecadação não são corretamente empregados devido à má gestão e roubos das pessoas que se dizem trabalhar para o povo.
    O governo não tem credibilidade para solicitar ao povo mais uma contribuição. Se tivessemos certeza de que toda a verba arrecadada fosse devidamente empregada, colaboraríamos sem hesitar.
    Caso fosse aprovada a CSS, estaríamos, novamente, pagando férias de uns, viagens de outros,,,,

  12. Paulo Cardoso disse:

    Mais um imposto? Nesse Pais nos temos muitos deveres e poucos direitos. Muitas vezes temos que brigar por eles. Trabalhei 18 anos registrado e paguei todos os impostos que deveria. Hoje to desempregado e não tenho direito algum! Já perdi tudo que tinha! E agora? Procurei meu sindicato e nada! Isso é o Brasil dos IMPOSTOS E DISIGUALDADE SOCIAL! é LAMENTAVÉL ISSO! Eu que cresci com as greves do LULA. E agora?

  13. Fagner Subtil disse:

    Quero deixar claro que, não sou pessimista não sou tão amargo, porém também não sou ingênuo pra ser otimista, prefiro ser um realista esperaçoso, mas quando se trata de qualquer reforma no (Brazil) me dá nos nervos e todos sabemos qual os motivos, claro, que é sim de muita importância tais iniciativas como estamos fazendo, mas acredito que qualquer reforma seja qual for só terá sucesso ou ao menos se realizará quando antes de delas fizermos uma reforma IDEOLÓGICA no povo brazílico, muita gente fala em mudar leis, mudar isso ou aquilo enquanto na realidade não sabem ao menos lhe dar com as velhas leis, com os velhos direitos e.t.c… então do que adiantaria novas reformas se o povo continuar CULTUANDO o conceito medíocre em relação aos seus direitos e até mesmo em sua participação EFETIVA nessas tão necessárias reformas?

  14. Julius Uchôa disse:

    Nem sei o que falar, realmente é algo que já estamos acostumados. Me parece que mesmos que frustremos este novo imposto logo mais o governo seja ele de quem for proporá um novo. Acho que a reforma real deveria partir dos partidos, acabando com os "benefícios" e os salários irreais, a moralidade deveria partir dos executivo e ir se espalhando pelas outras instâncias do poder. Brasília representa o irreal para mim, um lugar como o Principado de Mônaco. Onde as pessoas em sua grande maioria tem padrões de renda incompatíveis com o restante do país. Certamente que não apoio aumento da carga tributária, mesmo porque já é um absurdo, mas não vejo mudança significativa enquanto se pensar pequeno, as grandes mudanças só virão quando a moralidade chegar no poder executivo e a partir dele!

  15. Thiago José Rodrigues disse:

    A CSS contribuição sem sentido a força da 2 CPMF é mais uma afronta ao povo brasileiro.
    E difícil de acreditar que o governo tenha a coragem de propor mais impostos em um país onde mais se paga imposto no planeta. Ao invés de cortar gastos!

  16. RODRIGO LUIZ MÜLLER disse:

    ACHO QUE A CSS NOVAMENTE NÃO VAI PARA A SAÚDE TOTALMENTE COMO ELA FOI DESTINADA JÁ ÀS OUTRAS VEZES.

  17. Ingrid Petropolis disse:

    Caros Colegas,

    A vasta experiência dos nossos políticos me informa que a CSS é apenas uma parte das articulações anteriormente previstas no cronograma dos que editaram tanto a CPMF como o CSS.
    Vejamos a primeira parte: já fora esquecida por alguns de nós – o que ficou de concreto da antiga CPMF? Pois então, agora sabemos que com a derrota da CPMF os nossos governantes puderam aumentar o IOF (que não é um simples imposto, mas sim um imposto regulatório com a liberdade de aumento segundo as necessidades econômicas do país). Pois é, como eu dizia, esta foi a primeira parte. E a segunda, com uma já esperada reedição do imposto vem a CSS…
    Penso que o governo não abriria mão de uma entrada de capital que antes de tudo era um rastreador do dinheiro por nada. O governo aceitou a derrota nos impondo o aumento do IOF. Agora brindemos as saídas políticas. O povo voltará a pagar a importância tão almejada pelo governo (CSS). Sorte do governo que imposto é uma valor devido a cada cidadão sem nenhuma contra prestação por parte do governo. Quem sabe um dia nós possamos aprimorar o nosso direito tributário, ou mesmo que nós o povo, venhamos a cobrar um pouco mais pelos nossos direitos. Ou mesmo, ainda, possamos reeditar nossa forma de cobrar aos nossos os legisladores que permitem tantas novas interpretações de nossas leis.

  18. RODRIGO LUIZ MÜLLER disse:

    SR. BENEDITO LACERDA QUANTO MENOS DINHEIRO NA MÃO DO GOVERNO MELHOR MAIS DINHEIRO FICA COM A GENTE ELES ADMINISTRAM MUITO MAL O DINHEIRO É PREFERÍVEL QUE FIQUE COM O SR OU COM QUEM VAI COMPRAR UM PÃO OU FEIJÃO QUE ESTÁ EMBUTIDO DE IMPOSTO 40% OU MAIS. O QUE O GOVERNO TINHA É QUE FAZER TORNAR AS EMPRESAS BRASILEIRAS COMPETITIVAS BAIXANDO IMPOSTOS MENOS IMPOSTO PARA QUEM PRODUZ QUE É ESSE QUE GERA EMPREGO O QUE VAI ACONTECER DE VEZ COMPRARMOS PRODUTOS DE OUTROS PAÍSES VAMOS COMPRAR DE NOSSAS INDÚSTRIAS GERANDO EMPREGO E RENDA AQUI DIMINUINDO A DESIGUALDADE SOCIAL O GOVERNO GASTA MUITO MAL.

  19. mozart disse:

    vamos ter que abrir as pernas para os norte-americanos entrarem , pois só assim esse país melhore um pouco, com menos roubalheira, menos corrupção,melhor ainda se os chineses entrarem e implantarem suas leis…principalmente a pena de morte … para os ladrõe, e ainda cobrar a bala da família desses demônios de paletó e gravata…

  20. Arnaldo Murdhock disse:

    Não sou conhecido pelo bom censo de humor, mais sei reconhecer uma boa PIADA, quando ouço uma, e a CSS " antiga CPMF" e uma piada resquentada…

    Agora me vem este presidente de NOVE DEDOS, ai comemorar e rir de nossa cara…

    Sinto muito mais isto só acontece no BRASIL PORQUE SOMOS UM POVINHO DE 3º MUNDO, quase de 4º se que existe…

    Somos todos sem tirar minguem, falo isto, pois, sou um Lide comunitário atuante e sei o que o POVINHO BRAZUCA, fala quando os convidamos para uma reunião…

    Não adinta querer mudar minha CABEÇA…

    Quero que alguem ai me diga se ligou para a CÂMARA ou enviou E-mails para os deputados antes das votações e agora no SENADO você fez o QUE!!!

    Então não adianta chorar, sou um CIDADÃO que fico horas para falar com o prefeito, vou a Câmara Municipal, Participo de varios CONSELHOS e sei o que é ser atuante…

    Tenho um Informativo e sei o que o povo faz quando VÊ letras em sua frente…

    O Brasil só irá mudar no dia em que o POVO estiver preparado para morrer ou matar pelo bem de nosso futuro…

    Então qualquer coisa que os inlectuais de PLANTÃO diga… não resolve, pois, na hora que os POLICIAIS chegarem eles são os primeiros a pegar o AVIÃO e irem para a EUROPA, ESPERAR A POEIRA BAIXAR…

    Quero que você antes de me criticar ASSISTA O FILME:

    V de Vingança

    E anote pelo menos 3 frases que o nosso povo precisa aprender, ai, então estaremos prontos para MUDAR OS POLÍTICOS DESTE PAIS…

    Obrigado, pela a oportunidade…

    ARNALDO MURDHOCK
    http://www.ub.jor.br

    Temos várias comunidades no ORKUT…

    Eu sonho com um revolução que mude a forma de pensar e de votar do brasileiro…

    ————————–

    EU CONHEÇO UM CORRUPTO

    O homem mais corrupto do mundo!

    Categorias: CORRUPÇÃO & POLÍTICA

    Segundo o Times, o homem mais corrupto do mundo é ex-presidente do Quênia, Daniel Arap Moi, que durante seu governo amealhou uma fortuna de forma irregular e espalhou-a por todo mundo na tentiva de ocultá-la.

    Moi esparramou uma quantia próxima a 4 bilhões de reais pelo mundo para ocultar seus atos de corrupção, investindo em propriedades nas maiores cidades do mundo, como Nova York e Londres.

    Segundo o jornal britânico, a soma roubada por Arap Moi coloca-o à mesma altura que outros ditadores desse continente: Mobutu Sese Seko, do Zaire, e Zani Abacha, da Nigéria.

    *Sei não, o Times deveria dar uma passadinha em certo país da América do Sul.

    Por: Edson Lima – bLOG

    Com certeza você também conheçe mais um corrupto, e no Brasil, tem muito mais…

    Diga aqui, qual é o seu, e comente em nossos foruns

    Apoio: http://www.ub.jor.br
    DIVULGUE
    DIGA… CANSEI… R E P A S S E e C O V I D E seus AMIGOS.

    Entra na COMUNIDADE:

    EU CONHEÇO UM CORRUPTO

    http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=8206492

    E cite o corrupto que voc~e conhece e se possivel responda nossa enquete… OK

    E digulgue esta comunidade!!!

    Obrigado

    MURDHOCK

  21. hugo aragao disse:

    a questao nao e mais um imposto a ser criado, o problema esta na execuçao dos valores a ser atribuidos de forma correta para uma melhoria na saude.para isso devemos cobrar de forma rigida o destino do nosso dinheiro para o imposto.

  22. renato ap leite disse:

    e uma vergonha

  23. Tony disse:

    a pergunta é
    "Para que tanto Imposto se nada é posto?"…

  24. Isabel Bulhoes disse:

    Bem, a situação da saúde em todo o País não é segredo pra ninguém. A CPMF nunca foi aplicada em prol da saúde no percentual acordado, nem na sua primeira edição.
    Lembro que numa reunião nacional de Conselheiros de Saúde, na época do Serra, verificamos, analisando os gastos do Ministério da Saúde até então, comparando com o orçamento, que, quase no final do ano, mais de 90% da verba de propaganda havia sido gasta. Nem 30% de verba da prevenção havia sido utilizada. E a CPMF não havia chegado aos cofres do MS…
    Portanto, se naquela época era assim, agora que campeia a corrupção sem limites, é que não vai chegar mesmo!

  25. victor varella disse:

    É lamentável a postura política ora adotada em nosso país, sinceramente está muito difícil acreditar em qualquer tipo de crescimento,devido a toda essa hipocrisia de se achar que tudo está bem!
    A classe média está indo para o ralo comprometendo também os outros seguimentos da sociedade.
    Na verdade tudo nunca esteve tão ruim, antigamente perguntávamos
    "Onde esta o UOLI???"
    Hoje eu pergunto onde está o dinheiro??
    No meu bolso não está, e acredito que nos dos outros leitores tão pouco, não devemos nos iludir com esses projetinhos sociais de 5°categoria lançados pelo Governo, pois, na verdade eles se traduzem como a confirmação do que falamos, pq se houvesse emprego, não precisava dar bolsa esmola para o povo,que só serve para garantir votos na eleição, como também não precisava fazer restaurante de 1 real, o próprio programa social do governo traz a baila a realidade do país, cheio de mazelas.
    O povo precisa de respeito, e respeitar o povo é dar a ele um emprego com salário digno, cuidando da natalidade, para melhoria de vida das futuras gerações.
    Do jeito que está e com os políticos que estão no poder nem um milagre salva o Brasil!!!
    Daqui a pouco irão inventar o ISP (imposto sobre Pum) e dirão que é para investir em projetos de melhoria para a camada de ozônio,apesar da brincadeira isso não está longe!

  26. Alex Almeida Cardoso disse:

    é lamentavel querer tirar mais dinheiro do povo brasileiro aculturado em sua maioria para ser desviado para atividades desonestas
    emgrande parte.

  27. LUIZ SANTOS disse:

    E SIMPLESMENTE UMA VERGONHA POIS NOSSOS POLITICOS SÃO MUITO GANANCIOSOS E SO QUEREM PARA ELES
    E UMA VERGONHA A ROBALHEIRA QUE ESTA AI E O POVO AINDA ACREDITA NESTA CORJA DE LADRÃO
    E UMA PENA UM PAIS MARAVILHOSO COMO O NOSSO
    TEMOS QUE EDUCAR EM MUITO NOSSAS CRIANÇAS PARA UM FUTURO MELHOR.

  28. Alberto Lotito disse:

    Fui funcionário de estatais (concursado) por duas vezes.
    Trabalhei na Embratel em São Paulo e no BESC (Banco do Estado de Santa Catarina). Neste último ví todo tipo de atrocidade ser praticado contra o dinheiro público. Desvio de verbas, licitações fraudulentas, muito mais funcionários do que o necessário para desempenhar as funções, empresas de parentes ganhando licitações de serviços (sempre de forma fraudulenta). Ou seja, gasta-se demais e de forma errada.
    Se é que alguém tem intenção de melhorar algo neste país, que comece corrigindo a maneira de usar o dinheiro público. A mudança tem que partir de nós. Nós mesmos temos que aprender a respeitar nossos recursos.
    Ou seja, ao invés de criar mais um imposto para "corrigir a falta de recursos da área da saúde" (e todos sabemos que o dinheiro não foi e não irá para a saúde), deveríamos sim enxugar a máquina pública e melhorar a aplicação de recursos.

  29. Luciano Luz disse:

    Acredito que a salvação para a arrecadação tributária do País seria uma nova reforma nas leis trabalhistas que ainda forçam os patrões a criar indiretamente um "fundo de poupança" no que diz respeito aos direitos trabalhistas, muitos deles injustos, quando se quer contratar um funcionário, seja ele para o comércio ou para a indústria, pois com a reforma teríamos mais trabalhos formais, menos sonegação, menos desempregados, mais investimentos e, consequentemente isso melhoraria a qualidade de vida de milhões de brasileiros. Acredito que até o Governo economizaria mais nos gastos públicos, oferendo condições da população em adquirir trabalhos dígnos e não se sujeitando aos trabalhos informais que na sua maioria não contribuem para a arreecadação de tributos nacionais. Acredito até mesmo q a CSS é viável, pois trata de um imposto democrático, porém há outras reformas que precisam de maiores prioridades e ainda não estão sendo tratadas com responsabilidade em nosso promissor País.

  30. Francisco Anéas disse:

    A atual ditadura civil PSDB-PT-FARCs disfarsada de democracia, não representa a sociedade Brasileira, e o real motivo para o constante aumento da carga tributária tem como objetivo se manter no poder, para isto ela precisa adquirir poder econômico para comprar quem quiser fazer uma oposição de verdade.

  31. Antônio Soares Neto disse:

    È um absurdo que esse novo imposto seja aprovado,a CPMF era um imposto fantasma ,pois era destinado a saúde ,mas a saúde no Brasil é uma vergonha,esse novo imposto vai ser a mesma coisa.

  32. Gabriel Machado Guedes disse:

    O Brasil já possui tantos e tantos impostos… mas o problema está na quantidade exagerada que nosso país possui, sem contar que nós não recebemos nada em troca desses impostos, eu fico indignado com isso, nós brasileiros é impostos… pagar e pagar e não receber troca, cade a melhoria da saúde??? Cade a melhoria da educação?? Segurança???????? Sem contar no salário mínimo que é uma vergonha!!!

  33. Daniel disse:

    Gente, o verdadeiro e importante assunto sobre impostos é sobre o imposto único que acontecerá hoje, dia 26/06 às 20h na televisão e nas rádios, creio que valerá a pena indicarmos a todos que conhecemos para assistirem!!! CSS realmente é uma perda de tempo e dinheiro, pois é mais um imposto para se controlar entrada e saída nos caixas do governo. Não seria mais fácil termos um imposto único? pois é, um imposto insonegável? Se conseguirmos isso, insonegabilidade do imposto, a carga dele poderá ser muito, mas muito menor, porque todos pagariam um pouquinho. Creio ser este o assunto do debate de hoje!

  34. Rosangela Machado disse:

    Prefiro dar um voto de confiança ao SENADO. A volta deste imposto, neste momento, manchará definitivamente a imagem do governo, que não anda lá muito boa. Agora é esperar pra ver.

  35. rodrigo disse:

    acreditar que esse imposto sera integralmente destinado a saude é pura ilusão. A CPMF tambem teve esse argumento de inicio, mas nossos político sempre arrumam um jeito de desviar o destino desses recursos, porque afinal, quem quer dar hospital de qualidade para os pobres?

  36. Rogério Miotto disse:

    Com os mecanismos que foram criados e que o governo tem, fica mais do que claro que esse dinheiro não será usado só para a saúde. Todos os meses a arrecadação com impostos está sendo superavitária, então a tal da CSS nada mais é q uma "Contribuição Sem Sentido".

  37. Rogério Miotto disse:

    CSS nada mais é que "Contribuição Sem Sentido".

  38. Marcos Poggetti de Menezes disse:

    A opinião pública, no meu entender, deve ser radicalmente contra a esse velho imposto com nome novo.
    A justificativa do governo, é que teria a finalidade de custear as despesas com a saúde, ora, devemos lembrar sempre que na ocasião da criação da CPMF a alegação foi a mesma, falaram que as verbas arrecadadas seriam destinadas à saúde pública, mas pasmem, nem um só centavo dessa contribuição foi destinado a tal fim.
    Realmente eu não me importaria em contribuir para ver essa legião de desassistidos terem suas condições de saúde melhoradas, mas como já ví esse filme, só me resta ser radicalmente contra.

  39. Diego Patrício disse:

    Algo interessante é que os impostos aumentam de forma diretamente proporcional à pobreza, à miséria, à desvalorização do ser humano. Não, o problema não é dos impostos. É dos políticos sem caráter que lançam mão do nosso dinheiro para financiar a própria criminalidade. Só existe uma força que pode acabar com essa situação desastrosa em nosso país: A FORÇA DO POVO!!! VAMOS POVO BRASILEIRO, É POSSÍVEL FAZER COM QUE O SLOGAN DO GOVERNO FEDERAL SE TORNE REALIDADE: BRASIL UM PAÍS DE TODOS!!!!

    Obrigado pela oportunidade.

  40. Ianelli, Alceu B. disse:

    Acho que devemos todos votar nulo para que possamos retirar este bando de corruptos de todos os poderes e colocarmos sangue novo !

  41. JUSCELINO FERNANDES disse:

    JA PAGAMOS IMPOSTO DEMAS E NADA E FEITO CORRETAMENTE.

  42. Rodrigo disse:

    Acho que deviriamos nos lembrar de que para compensar uma boa parte da falta de CPMF, foi elevado aliquota de outros impostos como a IOF, e então já que os recursos da CPMF estão fazendo falta à saúde, onde foram parar os recursos extras da IOF??? Pela lógica já que foram elevados para compensar.. deveriam ir para a saúde, não??? O que querem, é ter cada vez mais receita para continuarem a fazer o mínimo que sempre fizeram e ter mais margem para ladroagem e corrupção.. Pq menos do que o governo oferece é impossível.. então como vão aumentar o bolo que é repartido com seus pares???

  43. Renan disse:

    Tem que acabar com um monte de funcionário público que esta sugando a riqueza do nosso Brasil, e o pior, esses vagabundos recebem muito dinheiro a troco de nada, esses caras estão acabando com a gente, essa carga tributária é um crime!

  44. Marcos disse:

    O Legislativo é um reflexo do que é o país: desorganizado, corrupto, ladrão, enganador, pouco eficiente.
    A maioria das pessoas no país é assim. Ou é assim ou é omissa, porque deixa-se dominar pela corja.

    Essa proposta e votação da CSS demonstra que esse paisinho tem muito a evoluir ainda, porque o apetite por mais impostos para finaciar a corrupção é absurdo.

  45. Lucas Barbosa Carvalho disse:

    Que a nossa precisa de investimentos é fato. Acredito que o governo federal tenha recursos financeiros suficientes para melhorar a Saúde, que não melhora por razões outras e crônicas da política pública brasileira. Não sei até onde é benefico um novo imposto. Atualmente o que se é visto são enormes filas e o caos dos hospitais públicos.

  46. Marcelo Herdade disse:

    Mais uma atitude desse governo que pensa apenas na arrecadação e não beneficia a população.

    Eu pergunto: dá para acreditar em um governo que usa o dinheiro público para gastos pessoais, como o episódio dos gastos com cartões corporativos? E que beneficia aliados descaradamente, como no caso da Varig?

    Para aqueles que fecham os olhos para as atitudes de nossos governantes, Bolsa Família é uma forma de acomodar e ganhar votos em futuras eleições (antigamente os políticos davam dentadura, geladeira, etc. em troca de apoio nas urnas) e a CPMF nunca serviu para seus fins originais…

  47. Bruno disse:

    A CPMF esteve em vigor durante 8 anos com a desculpa de "custear a saúde pública, a previdência social e a erradicação da pobrez", e todos sabem que nada foi feito.

    A saúde pública no Brasil continua a ser uma piada de mal gosto, a aposentadoria se tornou ridiculamente curta e a pobreza,obviamente, continua a assolar o brasileiro.

    Acho que a questão aqui não é se eu acho que a verba será destinada à área da saúde. A pergunta correta seria "alguém realmente acredita que a verba será destinada à saúde pública?"

  48. Fábio Chiesa disse:

    É claro que essa verba é para custear as safadesas do governo, e alguns beneficiados.
    Eu ainda fico abismado como o povo fica cego com tanta barbárie que esse governo faz(principalmente o lula), todos os escândalos e dinheiro brotando do nada e nós pagando tudo isso e o povo não reage?!!!
    Se todos se juntarem o Brsil tem como ser uma potência em um espaço curto de tempo.

  49. edmur disse:

    infelismente nao da p acreditar em nosso governo é uma pena pois com tanta arrecadaçao o dinheiro sempre acaba sumindo em meios de tanta burocracia e ccorrupçao
    eu acho k tem jeito de mudar .é o povo pensar um pouco.
    primeiro nao ser obrigatorio o voto e sim facultativo,nao poder votar analfabeto,e o povo nunca reelejer ninguem votar em gente k nunca esteve no poder ai as quadrilhas acabariam.
    o governo deveria finaciar os canditados assim todos teriam as mesmas chances isso ja ocorre no japao .
    hoje ja trabalhamos 4 meses por ano p pagar impostos .p começar temso k parar de pagar impostos imagine por exp; o ipva é uma roubalheira imagina se ninguem pagar ,ninguem mesmo eles teriam de abaixar o imposto ou prender todos os carros do brasil entao quer dizer o povo unido jamis sera vencido um grande abraço a todos os brasileiros e vamos no unir ja contra esses politicos lixos que estao ai quero dizer esses 99,9% de lixos humanos escrotos.

  50. Luciano disse:

    Acho que o povo brasileiro, nao tem que aceitar mais uma arrecadacao para a corrupcao, para o governo quanto mais dinheiroarrecada mais ele gasta e distribui com a corrupcao, sabemos que esse dinheiro nao vai para a saude publica.

    SUGIRO QUE CASO SEJA APROVADA, O POVO BRASILEIRO PARE COM SUAS ATIVIDADES, EM TODOS OS SETORES, ISTO É, GREVE GERAL, ATE QUE ESSA PALHACADA ACABE.

    Sem contar que com a extincao da cpmf, ele aumentaram de maneira absurdas os iof´s, sendo que a arrecadacao aumentou muito mais de quando tinhamos a cpmf.

    ASSIM NAO DÁ, ASSIM NAO PODE!!!!!

    SERA QUE TEREMOS QUE ENGOLIR MAIS ISSO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    NAO!!!! NAO!!!!!

  51. Geraldo Cristovam Jr. disse:

    Além de inoportuna, a CSS nasce enrolada no manto da ilegalidade. Tributaristas são unânimes em afirmar que o artigo 154 da Constituição não permite a criação de impostos que têm efeito cumulativo, como é o caso da CSS, por meio de uma lei complementar. Como a nova CPMF está sendo criada por esse instrumento, em vez de por emenda constitucional, como seria o correto, o novo tributo poderá ser derrubado na Justiça caso o Supremo Tribunal Federal (STF) mantenha esse entendimento. Apesar da promessa do governo Lula de não elevar a carga tributária, os brasileiros pagaram no ano passado o equivalente a 34,23% do Produto Interno Brito (PIB) em impostos, contribuições e taxas, segundo a Receita Federal. Foi o terceiro aumento seguido e o maior percentual da história do País. Empresários e economistas apontam os impostos altos e a desorganização tributária do país como um dos maiores entraves ao crescimento.

    O Governo bate todo ano record’s de arrecadação, mesmo assim os serviços públicos continuam precários. Aonde vai parar tanto dinheiro? Será que o Governo gasta bem? O fundamento para a criação da CSS seria maravilhoso se o Governo estivesse quebrado. Governo que destina R$12,5 bilhões de superávit para o BNDES emprestar à Venezuela, ao Equador e ao Peru, em vez de gastar esse dinheiro com a Saúde. Parece não estar quebrado. Nos quatro primeiros meses do ano passado, quando a CPMF ainda estava em vigor, o governo embolsou 198,3 bilhões de reais em impostos e contribuições. Nos quatro primeiros meses deste ano, já sem a CPMF, a arrecadação do governo foi de 223,2 bilhões de reais,um aumento de 12,5%. Será que o governo precisa de mais dinheiro?

  52. Leonardo disse:

    O grande problema do país, não é a arrecadação de impostos, mas sim a roubalheira.
    Se os impostos retornassem para o setor de saúde, acho que a população não iria importar de paga-los. Nosso sistema de fiscalização esta muito precário, nos ainda sonhamos com um SUS, de verdade, como é na Suíça e outros países.
    Não acho que nossos impostos irão realmente para a saúde, a maioria do integrantes do governo não ligam para o bem estar da população. Para que o país cresça e nossos impostos sejam aplicados de verdade, é preciso mudar. Até isso acontecer, a CSS será a mesma bagunca que foi a CPMF.

  53. Thiago Bastos disse:

    u sou totalmente contra a criação desse imposto.
    Primeiramente não mudará nada na saúde publica pois o dinheiro é mal utilzado por nossos governantes, sou defensor de uma medida que não afete o bolso do cidadão.
    Devemos cortar os gastos nos Ministérios e investir em areas que realmente são importantes.
    Devemos fazer como o Japão fez no Pós-Guerra investir em Saúde, Técnologia e Educação mas sem esquecer de outras areas.
    E também para se ter uma contribuição como essa CSS devemos abater primeiro a Corrupção para depois pensarmos em ter mais cargas tributárias.

    Thiago Bastos

  54. José Paulo de Resende disse:

    Sobre este novo imposto, imposto aos brasileiros só tenho a dizer que sou contra.
    Primeiramente não vai ser totalmente aplicado na Saúde.
    Já vimos este filme com a CPMF.
    O Governo na sua sanha de arrecadar, arrecadar mais e mais diz para o Povo que a Saúde não tem dinheiro por culpa do Senado que votou contra a CPMF.
    Esquece de dizer que este Governo tem 37 Ministerios, não gosta de cortar gastos na própria pele.
    Quem diria que o Senhor Presidente LULA hoje tão defensor de certos impostos era aquele, que antes de ser eleito, se dizia contra todo o tipo de imposto que foi colocado por Governos anteriores ao seu.
    Quem te viu e quem te vê LULA!

  55. Rodolpho Ricci disse:

    Desde muito tempo nós pagavamos a CPMF, que todos diziam essa "contribuição" era destinada a saúde e desde muito tempo a saúde esta "doente". Muito usam de hipocrisia para dizer que se esse imposto não for aprovado a saúde ficar em falta. Isso é mentira, porque a muito tempo a saúde esta péssima e a muito tempo foi cobrado a CPMF. Sou totalmente contra esse imposto, pois vai continuar indo para o bolço dos outros e não vai nada a saúde. Vou parafrasiar a frase do Leonardo, "O grande problema do país, não é a arrecadação de impostos, mas sim da roubalheira." Arrecadar impostos como a Suíça, Holanda é uma coisa, agora arrecadar impostos para o Brasil é que o país dos impostos é totalmente outra. ABAIXO A CSS.

  56. Felipe Cordeiro disse:

    Sou totalmente contra a CSS !

    esse imposto será destinado para dentro da cueca e da carteira dos politicos !

    Duvido que os politicos vão usar o dinheiro para a saude .

  57. Renato disse:

    comentário sobre as duas primeiras linhas do comentário do Leonardo (dois abaixo):
    concordo que a maioria da população não se importaria em pagar 0,1% caso essa roubalheira toda deixasse de existir…
    Por outro lado, se essa roubalheira deixasse de existir, não seria necessário mais um imposto para a saúde…
    Por tanto, sou vigorosamente contra a "Contribuição" S.S.

  58. Luciano disse:

    sugiro GREVE GERAL

  59. Mário disse:

    CSS = CANSEI DE SER SUGADO.

    Esses ladrões só querem roubar mais!
    Quando será que nós iremos começar a matar um bocado de vagabundo legislativo ladrão?

    Temos que contratar o pessoal do Bin Laden para jogar uns 3 ou 4 aviões em cima do congresso.

  60. Àtma Aguiar disse:

    Quando lí a primeira vez a frase: "nós a mudança que queremos ver no mundo", achei linda e ainda seria se não tivesse significado tão apavorante…
    Uma democracia hipotrofiada pelo crime organizado e a corrupção, com montantes saindo por debaixo das perucas do país.
    Quem será o responsável o governo? o medelo político? o Povo?
    Ou interferência alienígina?
    A CSS é a obnulação ao final do ato. E o povo?
    Ele escolheu!

  61. Fernanda Rocha disse:

    Enquanto o país quiser suprir sua má administração financeira e o desvio de dinheiro..seremos vitimados por essas imposições de taxas! Aquele que trabalha mesmo e recebe dinheiro do seu trabalho realmente, não tem q colaborar com mais um imposto. O valor arrecadado é suficiente para uma “saúde” bem melhor da que nos oferecem.
    Como diria um conhecido jornalista televisivo:
    "é uma vergonha"

  62. Cristiano V. Fernandes Busto disse:

    É obvia a inconstitucionalidade da CSS, uma vez que toda contribuição social não prevista no art. 195 da CF/88, deve submeter-se ao disposto no art. 154, I da CF, o que não ocorre com tal tributo.
    O que pretende o governo é recriar a CPMF com a finalidade de favorecimento à fiscalização das movimentações financeiras, uma vez que a lei dispõe sobre a quebra do sigilo bancário – Lei Comp. 105/01. E nem se diga sobre a legalidade da Dimof – Declaração de Informações sobre Movimentação Financeira – IN RFB 811/08.
    Ademais, resta uma dúvida, que podemos desde já deduzir a resposta, será que com a instituição da CSS as alíquotas majoradas da Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL) para o setor financeiro e do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para Compensar fim da CPMF, voltariam às suas alíquotas originárias?

  63. Luiz Fernando disse:

    Com o dinheiro que o governo ta ganhando vendendo a amazonia por "debaixo do pano", da pra deixar todos os brasileiros milhonarios, essa corja de politicos não estão preocupados com a saude nem educação ou qualquer melhoria para população! E esses programas sociais são fachada pra desviar mais dinheiro publico, tem é que crirar condições para incluir todos no mercado de trabalho e nao sustentar meia duzia de vagabundos! nao basta so alimentar os famintos tem que dar emprego educação e dignidade a população! o problema é que nao da nem pra discutir com o nosso presidente sobre esse assunto pq o maldito é analfabeto! É o maior fantoche que ja existiu!

  64. Paulo Mendonça disse:

    É absurdo!
    Um governo que se diz de esquerda e que sempre se declarou contra a taxação do trabalhador, agora lança mas este absurdo.
    REFORMA TRIBUTÁRIA JÁ!
    Precisamos acabar com a carga tributária sobre salário, que ainda é visto como rendimento.

  65. Guilherme Cateb disse:

    Se não existe planejamento, política nacional de saúde pública, muito menos fiscalização, para impedir possíveis desvios e fraudes na aplicação dos R$12.000.000,00 a mais que seriam arrecadados com a nova CPMF, ninguém pode afirmar que o dinheiro iria, realmente, para a saúde pública.

  66. Simone Amorym disse:

    A CSS vai servir para ajudar a saúde financeira da corja que continua sugando nosso dinheiro.

  67. Cesar disse:

    É o maior absurdo possivel de ser cometido por este governo que poderá entrar para a história como o governo da arrancada bresileira ou do fiasco da roubalheira da irresponsabilidade… se adotar a MALANDRA CSS!!!!

  68. Renato Rocha disse:

    Como a antiga CPMF demonstrou a todos nós brasileiros ser simplesmente mais um rombo na carga tributária o seu retorno será tão ineficaz quando a admistração governista, a CSS será o que podemos chamar de mais um gasto… Vivemos em um país que deste a sua época de colônia foram despejados vindos de Portugal um bando de ladrões que eram considerados escória daquele país e que se espalharam para os mais diversos ramos, sendo o mais cogitado, a política. Vemos que a maneira mais fácil de ficar rico, não ganhar na mega sena ou ganhar uma grande herança, é simplesmente ser político… E palhaço, como eles pensam, é o povo que infelizmente está sempre pagando muito e recebendo esmola como o conhecido "bolsa família"…

  69. Allisson Duarte disse:

    A CSS é apenas mais uma “contribuição” do povo brasileiro para um governo cada vez mais acostumado a viver às custas do nosso voto e do nosso suor, sem que haja uma reciprocidade em benefício do país.
    Sugiro aos deputados e senadores que votarem à favor da CSS que, caso ela seja aprovada, os excelentíssimos deixem de pagar plano de saúde e sejam tratados pelo SUS, já que o investimento é pela melhoria da saúde pública.

  70. Luís Posselt disse:

    Não gosto de ARGENTINOS, mas invejo eles por um lado. Quando veem absurdos desses, vão pra rua e quebram tudo.
    O povo brasileiro é muito acomodado.
    Se a CSS for aprovada, nada será feito, além de lamentos como sempre…
    Vergonhoso isso

  71. Rodrigo Rocha disse:

    Espero estar enganado, mas acredito que os senadores que se mostraram contra CSS mudem de opinião, já que a votação acontecerá somente após as eleições. De fato é mais um imposto que cairá sobre os ombros da sociedade e que, de fato, não mudará em nada a saúde. A CPMF não mudou, o que faz alguém pensar que essa CSS mudará?

    Mas não atribuo a culpa aos políticos, eles apenas nos representam, se o povo soubesse votar, e principalmente, se preocupasse em fiscalizar, isso não estaria assim. Devemos deixar de achar a propaganda política uma chatisse e pensar que política não se discute.

    Vamos descruzar os braços e exigir transparência e ética por parte de nossos representantes.

  72. Zaba disse:

    Claro que não utilizarão para a saude, como não utilizavam a CPMF, afinal a arrecadação de impostos está batendo recordes, ja superou inclusive a da CPMF e anda esta sendo investido em saude, apenas nas empresas da familia Lula e de suas quadrilhas

  73. Flávio H. Miyasaki disse:

    Caso a CSS seja aprovada, como cidadão e contribuinte, acredito na aplicação desses recursos na área da Saúde; senão plenamente, boa parte deles. Ocorre que o Governo já demonstra uma excelente competência e eficácia em matéria de arrecadar os recursos através dos tributos e contribuições. A SuperReceita é uma prova concreta disso! Porém há necessidade de haver maior rigor na fiscalização da aplicação desses recursos. A destinação ou fatiamento da “massa tributária” é controlada e realizada pelo Tesouro Nacional juntamente com as políticas de Governo. Cabe aos órgãos controladores intensificarem suas forças no sentido de fiscalizar esses gastos ou repasses de recursos. E cabe a cada um de nós, como cidadãos brasileiros, fiscalizarmos e denunciarmos as supostas irregularidades através do Ministério Público, órgãos de controle e Tribunal de Contas. Se temos um país de primeiro mundo em matéria de arrecadação tributária, devemos aprimorar nossos esforços no sentido de controlarmos mais e melhor os gastos que os Governos praticam, sejam na esfera federal, estadual ou municipal.

  74. Diogo Amorim disse:

    Este será somente mais um imposto que irá ser utilizado em qualquer cosia que o governo deseje (até porque não existe nenhuma obrigação no texto da lei), ou seja, será mais um imposto para financiar as obras eleitoreiras do governo atual.

  75. Marcelo Morita Oliveira disse:

    Caso a CSS venha a ser aprovada, o que não creio, o dinheiro arrecadado certamente não será destinado exclusivamente à saúde pública.
    Assim como ocorreu com a CPMF, ainda ocorre com a CID e outros impostos, boa parcela do arrecadado destina-se à outros fins no governo federal.
    Na minha opnião, essa CSS com a alícota proposta teria valor se a tributação no Brasil fosse DESCENTE para todos e serviria como forma da receita federal controlar o quão lícito é a movimentação financeira.

  76. Claudio jacobsen disse:

    Indignação…

    Pense por outro lado…
    O governo importa-se tanto com a saude que nem tem uma verba existente para ela.Se a arrecadação da CSS fosse destinado para a saude seriam aproximadamente 10 bilhões por ano para envestimentos,quantos hospitais e postos de saúde poderiam ser construidos ou reformados…O problema é que essa verba não vai para a saúde e sim para tapar os custos do reajuste da bolsa família.
    Entendem?
    O governo só esta pensando nas eleições esta comprando votos com dinheiro público e a maioria das pessoas não vê…
    Por isso sou contra a CSS e mais um imposto para barrar o crescimento do pais,benificiar o governo e dar dinheiro a muitas pessoas que realmente não precisam.

  77. Mauri disse:

    e o IOF?

    quando ñ aprovada a cpmf, enganou-se quem pensou que os deputados pensavam no povo! era interesse próprio!

  78. Rodolfo disse:

    Graças a Deus (e ao povão brasileiro) o Brasil tem muito dinheiro para gastar. O problema é que, infelizmente, os responsáveis pela aplicação desse dinheiro não têm o mínimo de preparação e de ÉTICA. Muitas vezes os políticos que aplicam esses bilhões de reais pelo Brasil afora chegam a ser semi-analfabetos! E o pior, ladrões descarados, que roubam nosso dinheiro, o qual vai passear nos bancos Suiços.

    A criação do imposto CSS é VERGONHOSA, INDECENTE, RIDÍCULA! Com ou sem imposto, a saúde continua e continuará HORRÍVEL.

    O que determinará as mudanças em saúde, educação, emprego e moradia será a boa-vontade dos políticos brasileiros.

    E agradeçamos a eles por atrapalharem tanto nossa vida financeira, a troco de roubalheira

    Obrigado!

  79. Vera Maria Alves de Paula Leocadio disse:

    Creio que a CSS será aprovada, o que será uma pena, já que dispomos de tantos recursos, advindos de tanta taxação, que um imposto a mais não vai resolver problemas da saúde, que são crônicos no país.

    Não entendo como nossos recursos são tão mal administrados num país de tantas riquezas e possibilidades.

    Só mudando a mentalidade e o caráter dos governantes é que esse país vai crescer, não através de taxações mas de políticas pública sérias.

  80. Paulo Henrique Antunes disse:

    Esta "Contribuição" é apenas uma forma do governo arrecadar 10 bi em impostos a mais no primeiro ano, depois para se aumentar…, bem como também é uma forma do governo controlar a movimentação bancaria de todo cidadão brasileiro
    Sou contra, contra não aguento mais impostos, não aguento mais ser controlado.

  81. Katia Dunham disse:

    Vamos combinar, precisa criar mais um imposto. Acho engraçado que o pobre já não tem atendimento decente e ainda tem que pagar para continuar sem atendimento. Só o Brasil, parece até piada.

  82. Suelen Diniz disse:

    Acho que a proposta da CSS é benéfica para o País, uma vez os ricos pagarão mais que os demais, extremamente justo, não acham? Quero deixa bem claro que a proposta é boa, mas só valeria a pena se outros impostos fossem retirados para que a CSS entrasse em vigor. O povo brasileiro paga demasiados impostos e mais um não seria nada agradável.

  83. Marcio Barzi Rogério disse:

    Pra mim essa css não é nada mais e nada menos do que a estinta cpmf voltando a tona com outro nome o governo acha que o povo brasileiro é burro!

  84. Jonatas Martins Pereira disse:

    A nação esta cansada de carregar o peso da maquina de queimar dinheiro que o governos, que usa boa parte do dinheiro em políticas para si mesmo aumentando seu tamanho e peso gerando a infração e ainda insinua que culpa o do povo que comprado!
    Mais somos reféns da ditadura dos mesmo candidatos sem ideologia alguma com a fidelidade de uma prostituta que nos ama por votos de depois nem lembra da nossa cara ou do que prometeu, se ao menos o dinheiro fosse usado para educação teríamos a esperança que um dia um povo com cultura não elegeria corruptos gente com o nome sujo na praça respondendo a processo como pode que pais é esse tão rico e tão pobre de conhecimento .

  85. Jonatas Martins Pereira disse:

    Sou contra!
    A nação esta cansada de carregar o peso da maquina de queimar dinheiro que o governos, que usa boa parte do dinheiro em políticas para si mesmo aumentando seu tamanho e peso gerando a infração e ainda insinua que culpa o do povo que comprado!
    Mais somos reféns da ditadura dos mesmo candidatos sem ideologia alguma com a fidelidade de uma prostituta que nos ama por votos de depois nem lembra da nossa cara ou do que prometeu, se ao menos o dinheiro fosse usado para educação teríamos a esperança que um dia um povo com cultura não elegeria corruptos gente com o nome sujo na praça respondendo a processo como pode que pais é esse tão rico e tão pobre de conhecimento onde dinheiro do imposto não da pra nada temos que pagar taxas do lixo ,luz,bombeiro,contribuições e tudo a monarquia política
    ,monarquia sim pois passa de pai para filho e netos basta olhar os sobre nomes .
    Sonho com o dia que um corrupto tenha de devolve todo dinheiro roubou tenha seu direitos políticos caçados por uns 30 anos e pegue pelo menos um ano preso sem regalias .

  86. Wendel disse:

    De fato o Brasil está entros os países que mais cobram impostos. O Estado nunca foi um bom administrador dos recursos, simplesmente criar novas formas de cobrar impostos é a forma mais cômoda e incompetente e corriqueira em nosso país.
    O que de fato existe é um grande ralo, por onde escoam os recursos recolhidos, a CPMF foi criada para socorrer o falido sistema de saúde pública e sustentar de forma errônea os muitos programas sociais de palanque, que mais parecem aqueles programinhas imbecis de domingo, até soa legal…o programa dos bolseiros, afinal é programa bolsa tudo…
    Ora para para o governo desenvolver um bom programa de saúde é preciso:

    1- Erradicar o câncer corrupção;

    2-Criar mecanismos de fiscalização mais eficientes e tranparentes do sistema de saúde, pois, é sabido que os próprios funcionários da área pública também colaboram com o sucateamento do sistema.

    É simples, quem controla e fiscaliza os profissionais da saúde? Não vai muito longe, uma estagiária de enfermagem fazia estágio em uma UBS de Santo André, a enfermeira responsável pela UBS aparecia para marcar o ponto e desaparecia voltando somente para marcar o ponto de saída e como não bastasse coneço outras que distribuem remédios para familiares.

    Logo, quantos profissionais não teem o mesmo comportamento, quantos desvios são feitos?

    Pois está aí uma fração, um exemplo e vocês pensam que fica por aí?

    Ora uma enfermeira concursada foi trabalhar em um hospital público famoso de São Paulo, o que ela encontrou foi, enfermeiros e auxiliares totalmente descompromissados, os pacientes vegetando em seus leitos e os auxiliares e enfermeiros sentados tomando café em rodinhas animadas, melhor não mensionar sobre os instrumentos de cirurgia sujos e mal higienizados, porque algum instrumentista não fez a sua obrigação direito.

    O buraco é bem mais embaixo, como se diz no popular português, como controlar tudo isso?

    Talvez melhor seria privatização de todo sistema de saúde pública, algum consórcio da iniciativa privada se habilita?

    Antes eu não entendia porque o governo privatizava certos setores estatais, agora depois de conhecer um pouco do caos da convalecida saúde pública, me dou conta o sistema se torna cada vez mais inchado de funcionáriso públicos, verdadeiros currais eleitorais, instável e difícil de administrar, a saída então, privatizar.

    Mas para isso é preciso muita coragem, e ninguém quer mudanças, afinal, muitos ganham com esse caos da saúde.

  87. João Ricardo de oliveira disse:

    As vezes, me sinto envergonhado de ser brasileiro, morar em um país com tantas desigualdades socias, tanta má distribuição de renda, e ao mesmo tempo um país tão rico, mas com riqueza pouco explorarda, explorada sim, p/ exportação. Temos plena condição de nos sustentar-mos em gasolina, alcool, GNV, mas p/ manter contratos quase sempre que favorecem alguns governantes, somos obrigados a mandar o que temos de melhor e comprar com preço elevado a mesma coisa! Essa nova contribuição é mais um roubo que pagamos, pois nem metade desse dinheiro chegará p/ o destino certo, que é a criação de novos e reestruturação de hospitais já existentes. Estamos cansados de conversinha. Afinal, trabalhar quase 4 meses somente p/ pagar imposto, é muita falta de respeito conosco.

  88. Sergio Escuder disse:

    Há de se avaliar os objetivos diretos dessa nova contribuição. Ao meu ver, tem como objetivo o controle da sonegação de impostos no País. Nesse sentido, sou a favor dessa contribuição de 0,01%. Nossa carga tributária é alta devido ao gasto errado de nosso dinheiro, devido a corrupção, devido a sonegação de impostos patrocinada por 9 entre 10 brasileiros. Devemos lutar para mudar a cultura do "deixa prá la" ou do "é assim mesmo"; da civilidade e da moral….Nosso País é maravilhoso e por isso devemos lutar para termos condições de oferecer para que vem em seguida, uma pátria cada vez melhor….
    Antes de discutirmos o imposto…vamos discutir as próximas eleições….ao meu ver, muito mais importante….

  89. Orivelto Castilho disse:

    O Brasil tem arrecadação mais que suficiente.
    O que realmente precisa é de adiministração e gerenciamento com seriedade, responsabilidade e honestidade.

  90. julio disse:

    NÃO CONCORDO EM RESSUSCITAR A CPMF, COM NOME DE CSS,… ISSO É UMA VERGONHA, UM DESRRESPEITO COM O POVO BRASILEIROS, A SAÚDE É UM CAUS E ISSO SÓ MUDARÁ COM UMA REFORMA POLÍTICA, E NÃO COM AUMENTO DE IMPOSTOS

  91. paulo disse:

    chega de tributos, nao esta faltando dinheiro ao governo e sim responsabilidade para gasta-lo.

  92. E. Felix disse:

    Infelizmente, nós vivemos o que poderiamos chamar uma DITADURA FISCAL. Pois o povo sempre fica passivo,com os impostos mais caros do mundo, politicos que mais ganham no mundo, vendo esses absurdos, e se encurvam e abaixam as cabeças e aceitam tudo. Como diz um amigo nesse forum, os argentinos nunca deixariam uma coisa dessas passar batido: era panelaço, dsfile nas ruas, todo tipo de manifestação. Aqui, fazem e desfazem e ninguem faz nada. Deveriamos lutar pelo menos intensamente a favor de uma Reforma Tributária VERDADEIRA, sem enganaçoes, sem trocar 6 por Meia Duzia. Acreito que o povo Brasileiro esta cansado de usar nariz de palhaço, mas o que fazer?????

  93. ANTONIO JULIO BRUNO disse:

    SOU CONTRA QUALQUER AUMENTO DE CARGA TRIBUTÁRIA !VAMOS DIMINUÍ-LA!
    PROPONHO UMA PEC QUE ALTERE O CAPÍTULO I DO TÍTULO II DA CONSTITUIÇÃO PARA :
    ARTIGO ÚNICO – TODO BRASILEIRO,BRASILEIRA,NATOSNATURALIZADOS OU ESTRANGEIROS RESIDENTES E DOMICILIADOS NO TERRITÓRIO BRASILEIRO ,SÃO OBRIGADOS A TEREM VERGONHA NA CARA !
    PARÁGRAFO ÚNICO -APURADA NA FORMA DA LEI,A FALTA DE VERGONHA NA CARA DE QUALQUER CIDADÃO , SERÁ ELE CONDENADO À MORTE,DE CUJA CONDENAÇÃO NÃO CABERÁ RECURSO.
    SERÁ QUE O BRASIL FICARÁ VAZIO ? NÃO !PELO MENOS SOBRARÁ O ÚLTIMO !

  94. Renato Vasconcellos disse:

    Em 1954 a carga tributária no Brasil era de 14% do PIB e o poder de compra do salário mínimo era de pelo menos três vezes o do final de 2006, isto é, aumento de carga tributária é igual ao aumento da pobreza

  95. Lucivania Maria da Silva disse:

    O problema é que o Brasil apresenta uma carga tributaria maior que muitos países de primeiro mundo e não prestam os mesmos serviços públicos que estes países prestam que por sinal sao de otima qualidade! O que falta é os políticos tomarem vergonham deixarem de roubar o nosso dinheiro e usá-lo devidamente. Por que dinheiro sabemos que tem e nao é pouco. Como anda a saúde desde que o antigo imposto foi adotado. Pessoas morrendo nos corredores de hospitais, exames que levam meses para serem feitos quando na verdade deveria levar dias.Eu particulamente sou contra. Esta na hora de fazer uma reforma na politica tributaria do Brasil!Punir com rigor aqueles que fazem uso indevido do dinheiro publico. Enquanto essa realidade nao mudar, nao adiantara criar mais impostos pois a finalidade criada pra eles de fato nunca ocorrerá, pois será sempre enterrompida por um bolso ou cueca de algum político corrupto!!

  96. renan disse:

    Que governo cara de pau. Não entenderam a mensagem que o povo não quer mais CPMF no ano passado?

  97. Roni disse:

    Eu sou totalmente contra a criação de um novo impostos, eu acho que nos ja pagamos impostos excessivos e não obtemos nenhuma melhoria no ensino publico,na saúde etc…No meu ponto de vista eu acho que seria mais viavel a diminuição dos gastos publicos e principalmente a extição da corrupção,é um absurdo, os politicos já recebem salarios exorbitantes, ajudas de custo alticimas e ainda tem a capacidade de desviar verba.
    Necessitamos de uma reforma politica e tributaria urgente,pois de geito que esta não da mais, estou cansado de ser tratado como palhaço!!!
    REFORMA TRIBUTARIA JÁ!!!!!

  98. Blorkut disse:

    O assistencialismo pode ser um trigger econômico valioso, quando funciona como um desfibrilador de uma economia estagnada e a coloca em pulsação novamente. Algo parecido com o que Ford fez ao aumentar o salário de seus empregados, que acabaram virando consumidores de seu próprio produto.

    Porém, o assistencialismo, para não engessar os músculos da economia (já que seu custo na maioria das vezes virá da tributação), deve ser forte apenas durante o intervalo de tempo necessário para se criar o círculo virtuoso entre consumo e produção, nessa ordem. Com a melhora do consumo e consequentemente da produção, que retro-alimenta o próprio consumo e assim sucessivamente, o governo assistencialista deve sair de cena, reduzir suas alíquotas (antes necessárias para desfibrilar a economia) e contar com a receita que virá do aumento da base de cálculo (aumento da economia).

    Depois disso os acertos serão de gestão: redução geral do quadro de funcionalismo, criação de controles que reduzam a corrupção e realização de investimentos em infra-estrutura.

    Para um olhar inocente, a CSS prova que o Executivo (sim, o Executivo – o Congresso, aparentemente, já foi fechado há tempos), estupefato com seus resultados iniciais, está perdendo o timing de sair de cena e deixar a economia crescer.

    Concluiria aqui meu comentário, mas não dá para ignorar o jogo de poder, para o qual a CSS é apenas uma necessidade decorrente de um assistencialismo sem data individual de término, que está criando o maior curral eleitoral que o Brasil já teve, formado de uma massa de pessoas cada vez maior, refém de um poder político que, a qualquer hora, como um coronel, um “godfather” da máfia ou um senhor feudal, pode exigir vassalagem nas urnas eletrônicas.

    Se antes nossos políticos compravam voto com leite pago do próprio bolso, hoje eles fazem cortesia com o chapéu alheio e compram voto com o nosso dinheiro, proveniente de impostos como esse. E as pessoas, felizes por terem o que comer, justificadamente acabam não ligando para a perda de sua independência ou liberdade, que cá entre nós, na miséria, acaba se limitando a liberdade de ter esperança.

    Mas chegará a hora de desfibrilar essa massa e, quem sabe, se a oposição seguir barrando o aumento da tributação, essa hora acaba chegando mais cedo.

  99. Andrey de Sousa disse:

    Inevitavelmente isto iria ocorrer. É claro que tanto deputados governistas quanto alguns da oposição estão interessados no novo imposto, que não mais será "contribuição", visando, é claro, alguma "rebarba". A política brasileira nos mostra o quanto é previsível. A questão é que o novo imposto já fazia parte de propostas a serem aprovadas este ano desde o fim de 2007. Nem mesmo com uma reforma ocorrerá uma mudança significativa na política tributária, pois sempre as reformas são feitas por pessoas que não as querem. Quem deseja tais reformas é a achatada classe média, que sustenta todos os erros dos governos já existentes; erros em planos econômicos e descaso com a educação; diga-se de passagem, neste país nunca houve governos verdadeiramente de direita, muito menos liberais, que privilegiaem a livre iniciativa e o mérito de cada um. Torna-se mais distante a chance deste país evoluir para um conceito mais real de nação que pensa em sua população como um todo, e não como bolsões de pobreza que geram votos. E mais uma vez a política é feita em benefício próprio [pelos parlamentares], não considerando a sociedade brasileira, já tão humilhada pelos impostos.

  100. Jeovah de Moura Nunes disse:

    FORA CSS – CONTRIBUIÇÃO SEM SENTIDO!‏
    De: Jeovah de Moura Nunes Moura Nunes (jeovahmnunes@hotmail.com)
    Enviada: quinta-feira, 12 de junho de 2008 19:47:02
    Para: romeu.tuma@senador.gov.br; mercadante@senador.gov.br; eduardo.suplicy@senador.gov.br
    Senhores Senadores Tuma, Suplicy e Mercadante,

    Rapidamente darei meu recado: na questão da CSS, os senhores votarão pelo povo, para o povo e com o povo, ou ajudarão a aumentar as já polpudas gorduras de nosso Tesouro para bancar mais bolsas-votos para o presidente Lula? Temos que aprender a governar com o que temos, afinal este princípio é básico. Ou o povo continuará a ser vitimado em seu bolso para gáudio dos políticos? Estamos de OLHO!

    Jeovah de Moura Nunes
    escritor e jornalista em Jaú SP
    (enviarei a lista dos senadores que votarem a favor dessa excrescência a todos os meus leitores, que são milhares só aqui no Estado de São Paulo).

    BASTA DE TANTA EXTORSÃO LEGALIZADA!

    Esta nova versão da CPFM já tem um apelido muito bom: CSS – CONTRIBUIÇÃO SEM SENTIDO – já os dois SS me lembram da Gestapo Nazista!

    Bom já cumpri minha obrigação enviando o recado aos responsáveis representantes de São Paulo no Senado. Agora é com eles. Coloquei no site http://www.usinadeletras.com.br o nome de todos os deputados que votaram a favor e contra essa excrescência brasileira que se chama "pelar o pobres" já que os nossos pobres são pobres também de espírito e daí fica muito dificil conseguir algum empenho dos políticos (com caras de ladrões). O Brasil só vai melhorar, de acordo com a minha opinião, quando o povo não apenas passeatas gay, carnavais idiotas, churrascadas inconseqüentes e danças folclóricas imbecis. O que nós precisamos é ser um povo mais sério, capaz de limpar este país dos maus e dando aos bons as boas oportunidades. Já existem duas principais classes no Brasil: a classe dos criminosos e a classe dos não criminosos. A dos criminosos cresce assustadoramente porque engloba até os políticos. Já a dos não criminosos está se acabando. Não. Não sou radical. Sou uma pessoa realista. Radicais são os não realistas que de tanto ter amor pelo país, torna-se igual ao namorado que ama em demasia sua namorada. Esta acabará apenas arrancando o dinheiro e tudo que o rapaz tinha de bom. Enquanto isso ele continuará amando a namorada! Assim são os brasileiros amorosos pelo Brasil, mas que não fazem nada, absolutamente nada pelo país. Quem é que ama mais, quem critica com ferocidade, ou aqueles que não movem uma palha, mas dizem de boca cheia que ama este Brasil. Isto não é amor, isto é amor mentiroso. Perguntem à poesia de Castro Alves naquela parte em que ele fazia um relato do navio negreiro. O que pergunta o poeta? Pergunta, e quando pergunta ele machuca o verdadeiro brasileiro. Castro Alves perguntou:
    "O que vejo no mastro deste navio":
    -E ele responde assustadoramente:
    "Vejo, mas não quero acreditar. Vejo mas não acredito.
    "Vejo o auriverde pendão da esperança,
    Que a brisa do Brasil beija e balança,
    Estandarte que a luz encerra,
    As promessas divinas de esperanças"
    É. Castro Alves. Hoje nossa bandeira é violada, violenada, queimada, asila os carrascos, não abenço os torturados, não vê a miséria roendos os ossos das crianças, protege os piores criminosos do mundo.
    O verde das florestas desaparecem, mas o falsos brasileiros não o retiram da bandeira. Aquele verde é um verde mentiroso!
    Então é isto que acontece: imposto sobre imposto nas costas de um povo que não luta, não reclama, tem preguiça de reclamar. Imagine-se se o povo Francês não fizesse aquela revolução que mudou o mundo? Garanto que nem o Brasil existiria mais.
    Falei pessoal. Agradeço por me lerem!

  101. Alcinei Batista Rocha disse:

    O Que nós precisamos não é de mais impostos e sim de pessoas sérias e que estejam verdadeiramente comprometidas com o desenvolvimento do país. O Brasil precisa é de honestidade e de vontade política por parte de todos. É hora de deixar de ser criança e começar realmente a crescer. É hora de dar um basta a toda essa gente que pretende manter a irregularidade de um siatema que beneficia poucos em detrimento da miséria de muitos. É hora de conscientizar esse povo que tanto sofre e mostrar que numa democracia o que prevalece é a vontade do povo e não o desejo de uma minoria.

  102. Jamilia disse:

    Acho um absudo nós termos q pagar mais um imposto.Tiraram a cpmf só pra mostrarem q diminuiram um imposto,quando na verdade querem aumentar o valor do anterior criando um novo.Eu preferiria pagar uma quantidade menor de impostos com um valor justo para todos, do q pagar vários.Talvez seja Por que assim não sentimos o quanto somos roubados diariamente.

  103. diego matos disse:

    Este imposto e uma palhaçada!!!!!

  104. Lair Biagini disse:

    É mais um engodo uma balela. Partindo do (des)Governo que aí está, o que mais podemos esperar? LuLLa mente e mente descaradamente. Tão mentirosa e hipocritamente quanto o abraço dado em FHC por ocasião do velório da nossa grande Ruth Cardoso, a quem poucos meses antes eLLe e sua "gang" alfinetaram com a divulgação chantagista do uso cartão magnético. Mas o povo brasileiro gosta de ser enganado. Tanto que até Arnaldo Jabor teve um recaída…

  105. Júlio disse:

    Nada que esse torneiro mal resolvido hoje bilionário mentiroso diga se pode levar a sério.
    Mas já há quem diga que foi ele quem colocou o ouro nas profundezas da terra e o petrólio no fundo do mar.

  106. Carlos Feital disse:

    Gostaria de saber se com a possível aprovação de tal contribuição, o governo logo após irá votar pela redução da aliquota do IOF que aumentou mais de 150% após da queda da CPMF?
    E já chega dessas contribuições com carater de imposto, ninguém aguenta mais…

  107. Angelo de Oliveira Filho disse:

    Eles não precisam de dinheiro para bancar a Saude Publica. Só precisam de organização para manter. Eles todos são incompetentes. LULA não faz nada e não fez absolutamente nada além de gastar muito mal o dinheiro que pagamos com impostos. A classe trabalhadora e tambem as de empresários está cansada de tantos impostos e contribuições. O governo de FERNANDO HENRIQUE ainda fez o REAL que é a única ferramenta que está segurando o Brasil. Absurdo. Na minha opinião eles querem saber mais de nossas vidas financeira por isso a CCS. Deveriamos nos reunir e ir até Brasilia e fechar o Congresso Nacional e mostrar a eles do que somos capazes. Quando existe alguma luta por nossos direitos eles disem que estamos em uma democracia e não aceitam o que usamos para a luta. Absurdo. Não aceito esta contribuição jamais. Cansei dos politicos do Brasil. Meu voto é nulo….

  108. Julio Teixeira disse:

    O que falar ainda desse governo? Eles só roubam, mentem, e não fazem mesmo nada.
    Pegaram um país aranjado e pronto para cerscer e estão aí metendo a mão na nossa grana.

  109. monica mesquita disse:

    nao precisamos de mais impostos, e sim de pessoas com responsabilidade para administrar o nosso dinheiro, que nao e pouco, ja temos dinheiro suficiente para termos em nosso pais uma saude de qualidade, e nao esse descaso, onde pessoas morrem nas filas aguardando para serem atendidas, enquanto nossos governantes, gastam o dinheiro que e do povo, para satisfar suas proprias necessidades, esquecendo que estao ali, para satisfazer as necessidades de um povo, que acreditou que algum deles poderiam fazer a diferença.
    nao aguentamos mais a carga tributaria, temos que dizer nao a css

  110. E. Felix disse:

    Queria dizer, que como no meu ultimo comentario, disse sobre a passividade dos Brasileiros em aceitar todos impostos, escandalos, corrupçoes com a maior naturalidade do mundo, me causa um pouco de temor. Hoje or exemlo esta nas páoginas e noticias na internet da multidão que saiu nas ruas da Argentina para protestar contra IMPOSTOS. Sera que nosso povo não sabe fazer isso? Será que não é possivel um iniicio de protestos contra essa DITADURA FISCAL que temos aqui? Até quando seguiremos imparciais com toda essa pouca vergonha que acontece diante de nossos olhso todos os dias. Se alguem tiver ideias, por favor compartilhem.
    Sds.

  111. E. Felix disse:

    Vejo que aqui todos concordam que o CSS é demias. Mas o fato é que já temos todos os impostos demais, e NADA em troca. Tive a oportunidade de viver em outro país, de primeiro mundo, onde a carga tributária é 1/~3 da nossa, e o cidadão tem toda estrutura digna necessaria e condizente com suas necessidades.

    Mas de que adianta concordar, ser intelecto,gastar o português, se não buscarmos soluções eficazes.

    Vivemos em um pais, onde se cobra impostos :
    Na gasolina e IPVA para podermos ter ruas e estradas melhores.
    O que temso em troca: Criaçao de centenas de pedágios para podermos ter estradas melhores. ENTAO QUE SE ACABE COM O IMPOSTO pra esse fim

    MULTAS: Incrivel como o governo tem verba pra colcoar RADARES em cada esquina, mas se quebra um hoje, AMANHA ja tem ouro no lugar funcionando. Mas se quebra um equipamento de um posto de saude ou hospital publico, demoram meses pra consertar.

    Para COBRAR, se tem servico de PRIMEIRO MUNDO. ( haja visto o sistema da Receita)
    Para Servir o povo, AI TEMOS O CHAMADO SERVIÇO DE 3º MUNDO.[

    Passariamos o dia falando de tanta disparidade que existe em nosso sistema de governo e politico.

    Acredito que o problema nao seja SABER dos problemas, do imposto que nao se deve ser criado, mas sim O QUE FAZER.

    BRASIL , É HORA DE ACORDAR !!!

  112. juscelino Fernandes disse:

    Acorda Brasil

  113. Gustavo disse:

    O Brasil é o país com a maior arrecadação de impostos, mas ao contrário do Canadá, o segundo da lista de arrecadações, não investe como ele em educação, saúde, entre outros.

    Pelo jeito, só querem mais dinheiro para roubar!!!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *