Início » Brasil » Deserção hermana
COLUNA ESPLANADA

Deserção hermana

Embora a cúpula das Forças Armadas esteja fechada com Nicolás Maduro, é constante a deserção de soldados e alguns oficiais militares

Deserção hermana
Brasil e Colômbia estão sendo os destinos destes militares (Foto: Nicolás Maduro/Twitter)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A crise na Venezuela arrefeceu no noticiário internacional, mas continua forte no país. Além da alta inflação, falta de medicamentos e alimentos, o presidente Nicolás Maduro enfrenta resistência de parte do Exército. Embora a cúpula das Forças Armadas esteja fechada com ele, é constante a deserção de soldados – alguns oficiais – para o Brasil e Colômbia. Há dias, as Forças Armadas do Brasil localizaram perdidos na floresta amazônica, desarmados, cinco soldados venezuelanos que fugiram do país vizinho.

Mão$ forte$

Maduro soube controlar o Exército, Marinha e Aeronáutica da Venezuela, numa política iniciada com Hugo Chávez: eles têm numerosos benefícios de carreira, altos salários e até emissoras de TV e rádio. Mas a insatisfação é latente na caserna. 

Em tempo

Os militares do Brasil e Venezuela sempre tiveram extrema solidariedade mútua e boas relações institucionais. Acima de quaisquer governos, lá e cá.

Crise produtiva

O Governo Federal extinguiu um alto cargo comissionado no Gabinete de Intervenção Federal sobre a Segurança no Estado do Rio de Janeiro, e confirmou o encerramento dos trabalhos para dia 1º de dezembro de 2020. Pouca gente se lembra que ainda existe essa força tarefa institucional em parceria com o Governo do Rio. Mas tem muita gente ganhando bem com a ‘crise’ sem fazer barulho. 

Do fundo (do seu bolso)

O fundo eleitoral será amplamente debatido, no Congresso e com efeito nas ruas, na eleição municipal. Hoje, o PT está junto com o PSL como as duas maiores bancadas e cota de cerca de R$ 200 milhões, para cada. 

Defesa de primeira!

O ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho, com o camburão da PF na porta, acusado de desvios de R$ 134 milhões, não precisa de inimigo se depender da ex-esposa. Pamela Bório aproveitou um evento da Direita Volver para ‘defender’ o ex. Disse que ele não gostava de uísque, e sim das caixas que acondicionavam a suposta bebida – que, para a PF, eram propinas escondidas.

Money, Money!

A despeito do feriado de Natal – e do Réveillon hoje – as assessorias técnicas trabalham incessantemente para liberar os empenhos deste ano prometidos no Orçamento do Ano passado em emendas parlamentares via ministérios. A situação é tensa. Nenhum parlamentar que ficar na cota do famoso “restos a pagar” do ano seguinte – que em muitos casos demoram até 8 meses para acertos.

Duas mãos

Em ano de eleição, político dá bom dia com as duas mãos. É o caso do deputado federal e presidente do PSD pernambucano André de Paula. No Estado, confraterniza com o PSB do governador Paulo Câmara. E em Brasília não larga a companhia do presidente Bolsonaro. 

Boas vindas 

Terra natal do saudoso vice-presidente José Alencar, Muriaé (MG) deve ganhar numa das suas entradas rodoviárias (entroncamento das BR 116 e 356) a instalação de uma mega estátua de 16 metros, em zinco, que remete à silhueta de um operário. Ela já existe, é chamada Estátua do Trabalhador, criada pelo artista plástico da cidade Sérgio Luiz de Souza, e está fora da vista dos turistas numa praça. O prefeito Ioannis Konstantinos espera um projeto de lei da Câmara para mudá-la de lugar.

Brasiiillll

Como o brasileiro não perde a piada, circula essa nas redes: após tombo em banheiro, presidente Bolsonaro perde a memória e diz que Lula é favorito para 2022.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Martha Hirsch Aulete disse:

    E a Copa do Mundo no Brasil, hein? Em vez de se construir hospitais, construiu-se prédios inúteis.
    “Muito engana-me, que eu compro”
    E o PT®? Qual o poder constante de sua propaganda ininterrupta?
    Eis:
    Vive o PT© de clichês publicitários bem elaborados por marqueteiros. Estilo do brilhante e talentoso João o Milionário Santana. Nada espontâneo.
    Mas apenas um frio slogan (tal qual “Danoninho© Vale por Um Bifinho”/Ou: “Skol®: a Cerveja que desce Redondo”/Ainda: “Fiat® Touro: Brutalmente Lindo”). Não tem nada a ver com um projeto de Nação.
    Eis aqui a superficialidade do PETISMO:
    0.“Coração Valente©”
    1.“Pátria Educadora™” [Buá; Buá; Buá].
    2.“Pronatec©”
    3.“A Copa das Copas®”
    4.“Fica Querida©”
    5.“Impeachment Sem Crime é Golpe©” [lol lol lol]
    6.“Foi Golpe®”
    7.“Fora Temer©”
    8.“Ocupa Tudo®”
    9.“Lula Livre®”
    10.“®eleição sem Lula é fraude” [kuá!, kuá!, kuá!].
    11.“O Brasil Feliz de Novo®”
    12.“Lula é Haddad Haddad é Lula®” [kkkk]
    13.“Ele não®”.
    14.“Minha Casa, Minha Vida©”
    15.“Saúde não tem preço®”
    16.“Haddad agora é verde-amarelo®” [rsrsrs].
    17.“Rede cegonha©”
    18.“LUZ PARA TODOS™” (KKKKK).
    19. (…e agora…): “Ninguém Solta a Mão de Ninguém©”
    20.“Água para todos©” (é mesmo?)
    21.“Mais Médicos®”
    22.PT = “Controle social da mídia” [™] (hi! hi! hi!): desejo do petismo.
    23.“Brasil Carinhoso©” [que momento açucarado].
    24.“Bolsa Família®”
    25.“SKOL®: a Cerveja que desce RedondO”.
    PT© é vigarista e aderente ao charlatanismo.
    Vive de ótimos e CALCULADOS mitos publicitários.
    É o tal de: “me engana que eu compro”.
    Produtos disfarçados, embalagens mascaradas e rótulos mentirosos. PT!
    Nós todos apreciamos consumir alguma coisa, com certa constância. Então isso seria bom… Mas não nesse caso. PT é uma farsa, um simulacro.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *