Início » Brasil » Política » Dia do Trabalho é marcado por protestos
Mundo

Dia do Trabalho é marcado por protestos

Na Coreia do Sul, cerca de 50 mil pessoas pediram mais direitos trabalhistas e a contenção da inflação

Dia do Trabalho é marcado por protestos
Dia do Trabalho na Coreia do Sul (Fonte: Reuters)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Neste domingo, 1º de maio, Dia do Trabalho, várias cidades do mundo foram palco de manifestações em prol de melhores empregos e salários, além de melhores condições de trabalho.

É o caso de Istambul, na Turquia, onde uma grande marcha reuniu 200 mil pessoas na praça Taksim. Foi a maior demonstração desde a morte de 34 pessoas no 1º de Maio de 1977. Até o ano passado os sindicatos turcos eram proibidos de voltar ao local.

Na Coreia do Sul, cerca de 50 mil pessoas pediram mais direitos trabalhistas e a contenção da inflação. Os preços dos alimentos e do petróleo na Ásia vêm aumentando e ameaçam levar milhões de volta à pobreza.

O aumento do custo de vida e a desigualdade de renda foram motivos de protestos em Taiwan, Hong Kong e Filipinas.

No Brasil, sindicatos pediram ao governo Dilma a redução da jornada de trabalho sem afetar os salários.

Fontes:
Estadão - Primeiro de Maio é marcado por manifestações no mundo
Terra - Sindicatos pedem redução de carga horária no Dia do Trabalho

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *