Início » Brasil » Política » Dilma tem R$ 2,8 milhões para pagar equipe de transição
Sucessão

Dilma tem R$ 2,8 milhões para pagar equipe de transição

Transição de governo começa nesta segunda-feira, 8

Dilma tem R$ 2,8 milhões para pagar equipe de transição
Dilma poderá nomear até 50 pessoas para trabalhar na transição

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A presidente eleita Dilma Rousseff poderá nomear até 50 pessoas para trabalhar na transição de governo, tendo à disposição R$ 2,8 milhões para pagar seus salários.

A transição começa nesta segunda-feira, 8, sob a liderança de Antonio Palocci e Michel Temer, pelo lado do governo eleito, e de Paulo Bernardo, ministro do Planejamento, e Carlos Eduardo Esteves Lima, ministro interino da Casa Civil, pelo lado do governo Lula.

Agenda 120

Na semana passada, Dilma enviou ao Palácio do Planalto uma lista inicial de 39 nomes para compor sua equipe de transição em um primeiro momento. Já o governo Lula designou um técnico de cada ministério.

Quem for nomeado por Dilma receberá uma senha de acesso a um portal que conterá informações de cada ministério, como orçamento e programas em andamento. Para a transição foi elaborada ainda a chamada “agenda 120”, com problemas a serem resolvidos nos quatro primeiros meses do novo governo.

Leia mais:

Dilma deve provar que não é ‘Lula de batom’

O que esperar de Dilma Rousseff

Dilma reúne lideranças para discutir transição

Fontes:
Estadão - Palocci inaugura hoje transição, que pode custar R$ 2,8 milhões

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Markut disse:

    Essa agenda 120 deverá servir de termômetro para indicar a que veio o novo (?) governo.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *