Início » Brasil » Política » Doleiro que denunciou PT é tratado com estranho rigor
Política

Doleiro que denunciou PT é tratado com estranho rigor

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Toninho da Barcelona conta em cartas enviadas à sua família, às quais a revista Veja teve acesso, o inferno que se tornou sua vida após o dia 24 de junho, quando pediu autorização à justiça para dar entrevista sobre o que sabe sobre o suposto caixa do PT no exterior. No mesmo dia, eclodiu uma rebelião no Presídio Adriano Marrey, em Guarulhos, onde cumpria pena.


Ao ser apontado como um dos líderes da rebelião, foi transferido para a penitenciária de segurança máxima de Avaré, onde é tratado como pessoa de altíssima periculosidade, ocupando uma cela sem chuveiro e com direito a banho de sol apenas uma vez por semana.


Toninho conta que está sendo ameaçado de morte e é vítima de tortura psicológica. Seu advogado, Ricardo Sayeg, denunciará a situação à Anistia Internacional.


Leia mais em http://veja.abril.com.br/170805/p_074.html.


Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *