Início » Brasil » Política » ‘É mais fácil falar do futuro do euro do que o do PSDB’, diz FHC
Eleições 2012

‘É mais fácil falar do futuro do euro do que o do PSDB’, diz FHC

Ex-presidente brasileiro afirmou que cenário tucano para as eleições do ano que vem ainda é incerto

‘É mais fácil falar do futuro do euro do que o do PSDB’, diz FHC
Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (Fonte: Reprodução/AE)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Durante uma entrevista coletiva em Buenos Aires nesta terça-feira, 29, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que o cenário tucano para as eleições do ano que vem é incerto, ressaltando que “é mais fácil falar do futuro do euro [que passa por uma crise] do que o do PSDB”.

Leia também: FHC critica relação de ONGs com o governo

Fernando Henrique também destacou a importância das prévias que o PSDB fará para escolher quem será o candidato do partido à prefeitura de São Paulo.

O ex-presidente não apontou preferidos entre os atuais pré-candidatos tucanos. “Quem deve definir isso são os delegados [do partido]. E eu não sou delegado”, ressaltou.

Caso Kassab

Questionado sobre as supostas irregularidades na gestão do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, que vem sendo acusado de participar de um esquema bilionário de fraude, Fernando Henrique disse que é preciso deixar a Justiça julgar o caso.

O ex-presidente participou nesta terça de um seminário sobre a conjuntura da América Latina em meio à crise mundial, na capital argentina.

Fontes:
Veja - FHC: Futuro do PSDB é mais incerto do que do euro

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Beraldo Dabés Filho disse:

    HC (O Capo), se esquece de que ele próprio construiu esta incompetência que se chama PSDB.

    Capo Omisso, nega covardemente sua liderança no Partidão Paulista e deixa para os “delegados” a manifestação sobre os candidatos à Prefeitura de São Paulo.

    E ainda vem com esta afirmação, vazia e puramente de efeito, de que é mais fácil falar do futuro do euro…

    FHC é a própria expressão da oposição político-partidária ao PT, ou seja, NADA.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *