Início » Brasil » Política » França ameaça sair da área Schengen
Imigrantes

França ameaça sair da área Schengen

Gesto seria uma resposta à chegada à Europa de milhares de imigrantes do norte da África

França ameaça sair da área Schengen
Refugiados líbios fogem para a Tunísia (Fonte: Reuters)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A França acenou com a possibilidade de o país se retirar temporariamente da área Schengen, que permite, mediante tratado, a livre circulação de pessoas entre a maioria dos países-membros da União Europeia. A informação foi passada a jornalistas em Paris por uma fonte do governo francês.

O gesto seria uma resposta à chegada à Europa de milhares de imigrantes do norte da África, região que desde o início do ano vem sendo palco de revoltas sociais seguidas de forte repressão dos governos locais.

Muitos desses imigrantes têm tentado entrar na França pela Itália, que concedeu vistos temporários a cerca de 26 mil africanos. Na semana passada a França impediu a entrada no país de um trem com dezenas de imigrantes tunisianos.

Eleições presidenciais

“Nos parece que precisamos pensar sobre um mecanismo que nos permitiria, quando há uma falha sistêmica numa das fronteiras externas da UE, intervir com uma suspensão temporária pelo tempo que a ruptura durar”, disse ainda a fonte do governo francês.

Outro fator determinante para a postura de Paris é a proximidade das eleições presidenciais na França, país onde a questão migratória é um tema eleitoral muito sensível, ainda mais às vésperas de um pleito no qual a extrema-direita pode ter uma significativa votação.

Leia mais:

França e Itália anunciam acordo para deter imigrantes

Fontes:
Estadão - França ameaça suspender tratado de livre circulação na UE

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

8 Opiniões

  1. Ricardo Rocha disse:

    Liberdade, igualdade, fraternidade.
    País berço do iluminismo, das idéias libertarias.
    Quanta ironia.
    É o ocaso de uma civilização.

  2. Enzola disse:

    Liberdade, igualdade, fraternidade…
    Quanta ironia!
    R.Rocha,é fácil falar isso a + de 12.000kms de distância…
    80% da população de famintos desses países procuram a Europa,como se fosse a solução para seus problemas.Acordam Itália e França…

  3. almeida disse:

    Ricardo Rocha,esta certo è o berço dos direitos humanos,os franceses deve por direitos humanitàrio abraçar esses seres humanos.Nao pode existir dois pesos e duas medidas.Me lembro a queda da” Bastilhas “os franceses lutaram um dia pela sua libertade,quantos franceses foram exilados em outos paises,hoje eles devem retribuir com outros paises.

  4. Léia Pereira disse:

    O tiro saiu pela culatra.

  5. Regina Caldas disse:

    O país que fez a maior movimentação para que os europeus e norte-americanos saíssem em defesa dos cidadãos dissidentes dos países árabes em conflito, foi a França. E agora não quer assumir as consequencias…, algo bem característico do governo frances. Sarkosy achou que seria fácil quebrar a hegemonia dos USA..e parece que não entende nada de relações externas, agora já está “determinando” que cessem os conflitos na Síria. Gostei da lição que a Itália está lhe dando…

  6. Ricardo Rocha disse:

    Enzola, de onde você acha que vinha a riqueza da europa pré-industrial?
    Qual o tamanho da dívida de sangue que praticamente toda a europa tem com esses povos?
    Comeu a carne, tem que roer o osso.
    Quem já foi a Portugal sabe. Até os balcões das igrejas são adornados com ouro extraido das antigas “Minas Gerais”.
    Até hoje, a mais poderosa e global empresa que regula o comércio mundial de diamantes, um grande ativo nessa época de dólares turbinados pela super emissão irresponsável,
    é a De Beers, Anglo Holandesa.
    De onde vem o seu poder? Das profundezas da África do Sul.
    Trabalhei anos nessas terras devastadas pela ganância européia, sei quem explora quem há séculos.
    Como europeu, mas principalmente como ser humano, volto a repetir: comeu a carne, tem que roer o osso.

  7. Robson Mothé disse:

    O problema maior da imigração é que os países ricos não estam sensibilizados para os países mais pobres, em termos do desenvolvimento pleno dessas nações. Para que no futuro essas populações mais carentes não tenha que abandonar o seu país de origem. Isso se dá com investimento na área econômica:
    a)indústria-deslocando para estes países indústria de base,
    b)agricultura-incentivos na criação de centro de pesquisas,
    c)educação-desenvolvendo a educação básica, d)incentivo a democratização desses governos que na sua maioria são ditaduras.
    Esses são alguns tópicos, pois enquanto houver esse desequilíbrio econômico global, haverá sempre esse êxodo, isto é natural.

  8. WANDERLEY FONSECA SILVA disse:

    O PROBLEMA DA EMIGRAÇÃO DOS POVOS POBRES PARA OS PAÍSES RICOS TEM CAUSA E CONSEQUÊNCIAS.OS POVOS EUROPEUS ALICERÇARAM SUAS ECONOMIAS COM A EXPLORAÇÃO, ATÉ A EXAUSTÃO, DAS RIQUEZAS DOS POVOS AFRICANOS E SE RETIRARAM COMO UM TORNADO.
    DEIXARAM SIM,A CIZÂNIA ENTRE AS VÁRIAS ETNIAS.
    O BRASIL ACOLHEU ESTES EUROPEUS NA SUA HORA DE ANGÚSTIA.ATUALMENTE O BRASIL TEM POTENCIAL DE FUTURO CONSIDERÁVEL.
    FALA-SE EM 16% DE TODA ÁGUA DOCE DO PLANETA.
    HÁ O PRÉ-SAL,VASTA EXTENSÃO DE TERRAS ARÁVEIS E
    A BIO-QUÍMICA ACENA COM UMA REVOLUÇÃO NA CANA DE AÇUCAR.
    O BRASIL ATRAI POVOS VIZINHOS,ATRAIRÁ OUTROS POVOS E NÃO TERÁ CONDIÇÕES DE FECHAR SUAS VASTAS FRONTEIRAS.
    HÁ MEDONHOS CÚMULOS-NIMBUS NO HORIZONTE.
    PERMITA DEUS QUE EU ESTEJA ERRADO.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *