Início » Brasil » Política » Governo vai pagar até R$ 300 por arma de fogo
Desarmamento

Governo vai pagar até R$ 300 por arma de fogo

Campanha começa no próximo dia 6 de maio e deve durar até o final do ano

Governo vai pagar até R$ 300 por arma de fogo
Novidade pode ficar por conta do recolhimento de munição (Fonte: O Povo)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O governo anunciou para o próximo dia 6 de maio, véspera de se completar um mês do massacre na escola de Realengo, no Rio de Janeiro, uma nova campanha pelo desarmamento da população.

A campanha deve durar até o final do ano, e o governo deve pagar entre R$ 100 e R$ 300 por arma recolhida. A novidade pode ficar por conta do recolhimento também de munição, mas isso ainda depende de o governo decidir quanto vai pagar pelas balas entregues e o que vai fazer com elas depois.

600 mil armas recolhidas em campanhas anteriores

O anúncio de detalhes da nova campanha de desarmamento foi feito pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que se reuniu com membros das Ongs Viva Rio e Sou da Paz.

O Estado recolheu quase 600 mil armas de fogo entre 2004 e 2008, quando aconteceram outras campanhas pelo desarmamento no país. Por enquanto, o governo dispõe de cerca de R$ 10 milhões para pagar indenizações neste novo esforço por reduzir o número de armas nas mãos do cidadão comum.

O Viva Rio informou que, segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, 60% das armas apreendidas na cidade foram roubadas de residências.

Leia mais:

Sarney irá propor novo referendo sobre desarmamento

O Brasil errou no referendo sobre armas de fogo?

Fontes:
O Dia - Campanha terá pagamento de R$ 100 a R$ 300 por arma entregue

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

7 Opiniões

  1. Vinícius Ramos Bezerra disse:

    Não acredito que essa campanha seja eficaz com apenas 600 mil armas recolhidas. Números mais expressivos de armas entram em nossa sociedade todos os anos.

    Por experiência de mercado (minha família possuiu loja de venda de armas legalizadas por quase 100 anos) a campanha só consegue recolher armas muito velhas, quebradas, espingardas de caça sem uso, entre outras “tranqueiras”. Os armamentos que estão nas mãos dos bandidos não participam dessa conta, até porque uma arma legal ou ilegal custa muito mais de R$300. Indenização é um termo, no mínimo, equivocado.

  2. meiry disse:

    DESARMAMENTO E UMA CAMPANHA SIM MUITO EFICAZ! PODE NÃO RESOLVER O PROBLEMA DO CRIME NO BRASIL CEM POR CENTO , MAIS JA E UMA INICIATIVA IMPORTANTE E ISSO AMENIZA JA UM POUCO A SITUAÇAO, TANTAS PESSOAS QUE ESTÃO ARMADAS E NÃO TEM AUTORIZAÇAO PRA ISO, DESARMAR E UMA OTIMA CAMPANHA.

  3. João Cirino Gomes disse:

    Mentira, mentira, mentira, eu resolvi entregar a minha arma, e já tem vários anos que espero sentado meus cem reais,quem sabe devo esperar deitado!

    No passado; patifes políticos e sacerdotes usaram o subterfúgio do desarmamento, e da religião, para subjugar os índios americanos. Depois de desarmá-los, foram com força e crueldade para cima deles. Tomaram suas terras, e os confinaram em pequenas reservas. Transformando guerreiros orgulhosos, em submissos farrapos humanos, levando-os, a uma condição de mendigos.
    E talvez hoje no Brasil, alguns tiranos estejam se prevenindo, por temerem que a população insatisfeita, com as injustiças das estruturas sociais, deixe que seus pensamentos vaguem pela nuvem da rebelião.
    Nossos representantes, sabem que seres marginalizados por um sistema corrupto, não podem se tornar um monumento de serenidade e alto controle.
    E como poderão controlar homens sem perspectivas de vida, que tem a consciência sangrando, por verem terras férteis em abundância, e seus filhos desnutridos morrendo de inanição? Uma forma é o curral eleitoral, que esta sendo mantido com verbas roubadas descaradamentes dos aposentados

    Mas e se um dia a paciência esgotar e a população revoltada se juntar?
    Os corruptos até já imaginaram esta possibilidade, e estão se precavendo: Se este pessoal se unir aos que estão presos em currais e marcharem pela terra; melhor que estejam de barriga vazia, músculos atrofiados, e com paus e pedras nas mãos!
    Tanto os corruptos, como nós sabemos, que a verdadeira causa da violência é a ganância, a corrupção acobertada pela lei de imunidade, a desigualdade e injustiça social!
    Através de fatos, podemos concluir que até mesmo uma caneta, nas mãos de seres insensíveis, se torna uma arma, e mata mais que epidemia. Este fato lembra-nos “Santos Dumont” um cientista consciente que se suicidou decepcionado, por ver o avião, sua invenção, ser usado para jogar bombas.
    Creio que estão preocupados, mas não com o bem estar da população, ou diminuição da violência! Caso o bem estar fosse suas preocupações, nossos governantes dariam mais atenção à saúde e a educação, que são princípios básicos. Seriam mais éticos e dariam exemplo, arrancando as flores espinhosas dos vasos internos, apurando com mais rigor, os atos vergonhosos de fraude e corrupção.
    Em principio, acabariam com a imunidade, que a meu ver contradiz com a democracia, e da à certeza de impunidade aos aproveitadores, que estão levando o povo a viver a míngua, na miséria e revoltado.
    Sorte é que; enquanto o povo é engambelado, os hipócritas que os oprime, continuam se passando salvadores da pátria! Mas até onde iremos com isso?
    A tirania é antiga! E só vai acabar, quando o homem tomar consciência, de que o mundo será melhor sem ela. E enquanto isto não acontece, o espetáculo no circulo vicioso só tende a continuar.

  4. renato disse:

    Como dizia o personagem do Jo Soares:”Eu ac reditei!”. Na outra campanha entreguei uma linda espingarda que foi de meu sogro e nunca recebi nada.
    Além disso esta campanha é de uma cretinice ao tentar convencer as pessoas que com isto vamos evitar caso como o da chacina de Realengo, como se um paranóico como aquele nao usaria outro tipo de arma, tipo envenenar a água, antrax etc…
    O Problema é foco nas pessoas, acompanhamento psiquiátrico etc…O cara já demonstrava desequilíbrio há muito e pelo que entendo a relacao com a mae “segurou”, com a morte dela êle partiu para a acao.

  5. Jose Silva disse:

    Esse tipo de campanha para combate ao crime tem se mostrado inutil, pois para isso tambem deveriam ser recolhidos facas, facoes, foices, machados, porretes, etc. etc. Uma patacuada!
    Combate ao crime se faz com um sistema de seguranca efetivo, policia bem treinada, penas majoradas para crimes hediondos, sistema penitenciario rigoroso, enfim, iniciativas serias como contrapartida ‘a gigantesca carga tributaria brasileira em geral destinada a projetos fantasmas, empresas publicas falidas, corrupcao, etc.

  6. Vicente Buonfiglio disse:

    Infelizmente essa “CAMPANHA” é mais uma das muitas demagogias desse governo corrupto e incapaz!!!O que gera essa violência toda é em grande parte o sentimento de impunidade que o Brasil transpira e inspira.Todos sabemos que neste país só os que começam com a letra “P” vão para a cadeia.Conheço pessoas que entregaram suas armas e até hoje não viram a cor do dinheiro prometido.FORAM ENGANADOS PELO GOVERNO que aí está…
    E,LA NAVE VÁ!!!

  7. Peter Pablo Delfim disse:

    Arma não mata, pessoas sim. Retornar sugerindo o desarmamento é uma imbecilidade. Mas aproveitar uma tragédia como a do realengo no Rio de Janeiro como ocasião propícia para o retorno é uma tragédia moral da nossa política.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *