Início » Brasil » Política » Hackers: chegou o sexto poder?
Internet

Hackers: chegou o sexto poder?

Depois da imprensa e dos blogs, serão os hackers a nova dor de cabeça para os políticos e as grandes corporações? Por Hugo Souza

Hackers: chegou o sexto poder?
Hackers do Anonymous se escondem por trás da máscara do filme 'V de Vingança'. (Reprodução)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Foi lançada no último sábado, 30, mais uma rede social na internet, a Anon+ (anonplus.com). Mas este não é um site de relacionamento qualquer. Ele tem, digamos, um “modelo de negócio” diferente. Trata-se da rede social do coletivo hacker Anonymous, que tem no currículo ações como o roubo de 1 gigabyte de documentos secretos da Otan e a invasão da rede da ManTech Internacional, prestadora de serviços para o Departamento de Defesa dos EUA, só para ficar nas notícias dos últimos 15 dias.           

Leia também: Cyber Czar norte-americano se demite após ataques de hackers
Leia também: Talibã diz que seus celulares foram hackeados
Leia também: Hackers dizem ter 1 GB de segredos da Otan

Qualquer semelhança de denominação entre a Anon+ e o Google+, a rede social da gigante do Vale do Silício, não é mera coincidência. A decisão de criar a rede social hacker foi tomada pelo Anonymous após o grupo ser banido do novo site de relacionamento da Google. A justificativa para a expulsão foi a de que o perfil do Anonymous vinha sendo usado para compartilhar conteúdo que infringia as regras do serviço.

A criação de uma rede social por um grupo de foras da lei 2.0 que têm no anonimato um dos seus maiores trunfos pode parecer uma contradição. Mas a Anon+ é na verdade mais um passo do ativismo hacker em sua escalada de confrontos com governos e grandes corporações. Depois da imprensa e dos blogs, ditos quarto e quinto poderes por causa do contraponto que exercem aos poderes republicanos constituídos, chegou a vez dos hackers, o “sexto poder”?

Efeito WikiLeaks

Até pouco tempo a ideia de gênios da computação metendo o bedelho em questões de política e poder estava um tanto limitada à imagem quase anedótica de hackers de olhos puxados e uniformizados digitando sem parar em alguma grande central secreta de ciberguerra localizada nos arredores de Pequim. É mais ou menos isso o que se podia – e ainda se pode – supor ante os recorrentes comunicados do governo dos EUA após violações de suas redes civis e militares dizendo que “aparentemente os ataques partiram da China”.

O próprio Anonymous até há poucos anos era mais conhecido por suas pelejas contra a Igreja da Cientologia. O poder hacker ganhou impulso e expressividade política – e, logo, passou a incomodar mais – na sequência da prisão do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, e do cerco ao site que vazou documentos secretos sobre as guerra do Iraque e do Afeganistão e segue publicando despachos diplomáticos das representações consulares norte-americanas ao redor do mundo.

Reação dos poderes ‘analógicos’

Após a prisão do fundador do WikiLeaks, hackers desencadearam a “Operação Vingar Assange”, da qual a ação que mais repercutiu foi o ataque ao site PayPal, em represália à suspensão das contas de contribuição à organização de vazamentos de documentos secretos.

No Brasil, chegou a causar sensação de pânico a série de ciberataques a sites do governo em junho. Mas se os hackers parecem dispostos a não deixar passar em branco o que consideram “abusos” dos poderes militar, civil e empresarial – tudo à sua maneira pirata de agir – tampouco os poderes constituídos parecem dispostos a deixá-los impunes: o FBI acaba de prender 14 membros do Anonymous acusados de participar dos ataques ao PayPal e o departamento de Defesa dos EUA acaba de anunciar que o país passará a tratar a internet como zona de guerra.

Por enquanto, o caráter político de organizações hackers como o Anonymous e o LulzSec não é algo consolidado. Ainda não se sabe ao certo qual é a cara deste poder emergente que se esconde por trás da máscara do filme “V de Vingança”. O fenômeno hacker se transformará em algo mais do que a anarquia das invasões .coms e .govs e da busca por fama e dinheiro, constituindo-se em força de enfrentamento coerente aos poderosos do mundo? Por enquanto o Pwnies, o “Oscar dos hackers”, vai apenas e simploriamente para quem causar mais prejuízo.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

7 Opiniões

  1. João Cirino Gomes disse:

    Salve a revolução tecnológica cibernética dos Hackers Patriotas!
    Já que a maioria dos políticos oportunistas e ladrões são punidos, ou devolvem um centavo do que desvia e rouba aos cofres públicos! Os hackers deveriam invadir contas, e transferir parte do dinheiro que foi roubado por corruptos, para as vitimas mais necessitadas!
    Quando o pobrezinho fosse receber seu minguado salário, teria uma alegria danada!
    Desta maneira dificilmente seriam pegos, e estariam reparando parte das injustiças, trazendo beneficio a sociedade carente, que é iludida e roubada constantemente e descaradamente!
    Vale tudo por justiça social!
    A sigla: Ordem e progresso na Bandeira Nacional! Esta mais para:> Ordem aos humildes, e o progresso aos demagogos, hipócritas, corruptos e poderosos! Alem do mais, seria uma revolução sem violências, sem seqüestros, sem armas, sem bombas e assassinatos!
    Diga não, ao progresso injusto e desordenado!
    Abaixo- assinado; Fim da imunidade e impunidade! Ou então, demonstre seu repudio através do voto Nulo, aos que prometem, só visando vantagens!

    > Abrir hiperlink e assinar: http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron

    > A Pátria agradece!

    > ESTE É O PRIMEIRO PASSO PARA QUE TENHAMOS UM PAÍS DEMOCRÁTICO, COM DIREITOS IGUAIS E JUSTIÇA SOCIAL!

    http://www.youtube.com/user/Janciron#p/a/f/0/sBK81cPZUY0

  2. João Cirino Gomes disse:

    No texto abaixo; onde esta escrito, são punidos; o Correto é; não são punidos!

    Salve a revolução tecnológica cibernética dos Hackers Patriotas!
    Já que a maioria dos políticos oportunistas e ladrões não são punidos, ou devolvem um centavo do que desvia e rouba aos cofres públicos! Os hackers deveriam invadir contas, e transferir parte do dinheiro que foi roubado por corruptos, para as vitimas mais necessitadas!
    Quando o pobrezinho fosse receber seu minguado salário, teria uma alegria danada!
    Desta maneira dificilmente seriam pegos, e estariam reparando parte das injustiças, trazendo beneficio a sociedade carente, que é iludida e roubada constantemente e descaradamente!
    Vale tudo por justiça social!
    A sigla: Ordem e progresso na Bandeira Nacional! Esta mais para:> Ordem aos humildes, e o progresso aos demagogos, hipócritas, corruptos e poderosos! Alem do mais, seria uma revolução sem violências, sem seqüestros, sem armas, sem bombas e assassinatos!
    Diga não, ao progresso injusto e desordenado!
    Abaixo- assinado; Fim da imunidade e impunidade! Ou então, demonstre seu repudio através do voto Nulo, aos que prometem, só visando vantagens!

    > Abrir hiperlink e assinar: http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron

    > A Pátria agradece!

    > ESTE É O PRIMEIRO PASSO PARA QUE TENHAMOS UM PAÍS DEMOCRÁTICO, COM DIREITOS IGUAIS E JUSTIÇA SOCIAL!

    http://www.youtube.com/user/Janciron#p/a/f/0/sBK81cPZUY0

  3. Samuel disse:

    Punição severa para esses criminosos cibernéticos.
    Samuel

  4. Luiz Mourão disse:

    Penso um pouco mais amplo…
    A INTERNET é que é o PRIMEIRO poder do planeta!!!!
    Isso porque TUDO pode ser informado, por QUALQUER UM, a QUALQUER MOMENTO!!!
    Não há mais como monopolizar o CONHECIMENTO sobre TUDO, incluindo desde menores preços na compra de TUDO, passando por falcatruas políticas (cuja divulgação é inibida pelas mídias tradicionais coniventes), até questionamentos sobre “verdades eternas e divinas”!!!!
    Não há PODER maior do que esse: CONHECIMENTO!!!
    E Conhecimento (com os devidos cuidados, é claro, pois a Internet é gêmea da vida real, e nesta não confiamos em tudo nem em todos…) poderá ser PUBLICIZADO a TODOS no planeta inteiro!!!!
    Os estamentos de sempre, de qualquer natureza, que se cuidem….

  5. Jamenson Guedes Araujo disse:

    É necessario que,o nosso congresso atente para este absurdo que vivemos atualmente de invasão hacker,os bancos não tem mais nenhuma segurança em seus sites eu mesmo já fui vitima e,agora penso muitas vezes antes de colocar senha e/ou fornecer informações pessoais que possam ser utilizadas contra minha pessõa.E Preemente à aprovação de penas bem rigorosas para tentar coibir estes abusos,caso contrario toda coorporação e a propria sociedade que faz uso diariamente da internet estará em perigo constante.Seria mais que oportuno a criação de um grupo de trabalho especializado na caça a esses marginais,bem como,os bancos de uma forma geral alertasse todos os correntistas sobre esta terrivel ameaça que paira sobre nós.

  6. João Jarnaldo de Araújo disse:

    Configura-se como ingenuidade extremada, aqueles posicionamentos,pensamentos e intenções, que detêm como credo a possibilidade, sob qualquer pretexto, de fazer existir formas de dominação social absoluta, tanto a nível individual, quanto coletivo.

    Nossa história está abarrotada de demonstrativos diversos, de sorte a
    validar e corroborar tal premissa, ou seja: Para toda forma de controle, faz surgir inevitavelmente, mecanismos de contra-controle.

    Se é possivel enganar algus poucos por curto periódo de tempo, por outro lado, torna-se falaciosa e grande inverdade, a Tese e proposta de exercer domínio coletivo, sem que aconteça reação contrária.

    Dominar todos delongada e indeterminantemente, sem que exista rebelião, não existe…

    Existe sim, muitas técnicas e artifícios, de sorte a perverter e até mesmo idiotizar os mecanismos salutares, do processo mental a nível indivídual e coletivo, mas existem limites!

    Houve e continua existindo uma forma de idiotização, de uma hipnose coletiva de nossa juventude, mas isso passa, são mecanismos “chucros” não têm sustentação à longo prazo.

    A Luz, sempre! e sempre! é muito maior do que as trevas!

    O CONTROLE É ACATÁVEL e até perdurável, se existir o correspondente pacote de benefícios ou recompensas e tem que ser de curto, médio e de longo prazo, ou seja…requer-se acordos!!! E a isso, dá-se o nome de DEMOCRACIA PARTICIPATIVA!

    Assim sendo, a manipulação e subjugação individual, grupal e social de maneira ampla e intencionada, como mecanismo de fazer assegurar o “STATUS QUO”, de manutenção no poder usando artifícios maquiavélicos, substimando a integridade individual através de seus representantes e mandatários por meio de técnicas manipulativas pretensiosas, nesse alinhamento, estarão fadadas, a serem derrotadas e aniquiladas.

    Tais sistemas estão fadados ao declínio e queda virtuosa, já que erraram na avaliação, na presunção e arrogância, pela miopia, ocasionada, pelas nuvems colossais do poder…É comum por demais o presenciamento deste fenômeno,e é facilmente constatável e demostrável tal verificação.

    E isto é LEI, tanto válida para a física, para o processo mental e muito mais para o Espiritual, como também, para o Social.

    Se rebuscarmos o bom,sério e sapiente entendimento esotérico, ganharemos o entendimento, de que tudo no universo é como se fosse uma “intriga” de Anjos e demônios.

    A Internet, com suas redes e mecanismos estão aí!

    Se Hobim Wood deu trabalho na floresta, na base do porrete e de trincheiras confeccionadas, amarrando cipó e gravetos, cruzando vales, comendo ervas, raizes, ocasionando uma tremenda dor de cabeças aos cobradores de impostos do Rei, imagine o que milhares de heróis e patriotas, espalhados pelo mundo, poderão fazer pela ordem e sustentabilidade de nosso lindo Planeta Azul?!!!

    O que nossa juventude poderia conseguir se uníssem, buscando como herança, a moralidade, o senso de ética, justiça, repeito e bravura de nossos país, seus avós…? utilizando-se da ÉTICA ANTIGA, com o atralamento a todo esse aparato engenhoso e magnífico, no campo da informação? !!!!

    Tem que colocar nesse “balaio”, também os princípios da nossa geração, que instituiu a UNE, sic…aquela de verdade, que cantava Geraldo Vandré, chorando em passeatas, pelo efeito do Gás Lacrimogêneo, aquela mesma que fora um garato, que amava Beatles e Roling Stones, um tanto quanto amalucada e alternativa, mas que foi através de seus atos e que se fizeram nascer heróis do novo tempo
    e fez imbicar a nação e o mundo para um rumo novo.

    Imaginemos o que seria unir Rui Barbosa, Luther King, Mestre Irineu(do Santo Daime)Chico Xavier, Pe. Vitor Coelho, Madre Tereza,
    Henry Kinsiger às genialidades do mundo moderno de Spilbeger, Bil Gates a todos os internáutas e HACKERS do Paneta? ……ACORDEM E PROGRESSO!!!

  7. frambell disse:

    O BEM E O MAL À SUA ESCOLHA.
    A Internet pode ser Deus e o diabo no mesmo corpo. Às vezes um ou outro. É um terrível mal que pode nos aniquilar a autocrítica, ou um grande bem a que podemos usufruir com grande proveito e sem traumas. Muita gente está aproveitando bem a Internet, valorizando o seu dia a dia ao aprender o que há de bom nesse extraordinário meio de comunicação. Outros, porém, nada fazem, além de achar que não existe vida inteligente fora da Internet, ainda que naveguem de forma aleatória, sem objetivo definido. Possivelmente, as próximas gerações já não sofrerão dos desinteresses que rondam alguns internáutas menos atentos à informação. Grande parte das matérias e conteúdos veiculados pela Internet pode ser encontrada em grandes bibliotecas convencionais, porém, sem o privilégio de tê-las todas à nossa mercê com, apenas um clique. Além da oportunidade que temos de avaliar o impacto da sensação de termos tanta sabedoria a nossa disposição.
    Entretanto, a exacerbada adoração devotada à tecnologia por alguns é um dos pontos que podem dificultar a consciência de que em todas as coisas existem dois lados: o bom e o ruim. Muitas vezes, a mesma sensação causada pela simples presença do que há de mais positivo, pode ser invertida pela falta de orientação sobre o que é bom e o que não edifica. A ausência de discussão e debate que acomodem os assuntos que armazenamos a cada dia pode nos prejudicar ao invés de ajudar. Discutir e refletir sobre assuntos diversos são o mesmo que organizar os arquivos por temas em nosso cérebro. O que facilita sobremaneira o nosso entendimento. O excesso de informação sem organização, porém, pode causar uma grande confusão em nós. A conseqüência vai desde os “cacos” de um texto sendo inseridos em textos diferentes, perdendo-se em nosso cérebro a coerência da informação causando a confusão total. Vivemos hoje a época do indiferentismo. Há uma tendência a ignorar tudo o que é saudável, tudo o que não seja novidade. Não importa que seja essencial ao crescimento humano, apenas é rejeitado. Às amizades estão sendo selecionadas de acordo com as preferências afins. Não se tolera mais discussão de assuntos polêmicos. Mas se discute mediocridade à exaustão. Até a escola é tida como cansativa e inconveniente. A autocrítica se faz necessária, exatamente, neste oceano. Há que haver bom senso na hora de classificar conteúdos que nos interessam verdadeiramente. Dificilmente conseguiremos organizar um diálogo com um jovem sobre assuntos que não sejam as virtudes dos mecanismos tecnológicos de última geração. Consumir é outro assunto que interessa ao jovem internáutas. A Internet pode ser uma grande aliada dos jovens que estudam. Sua grande riqueza de temas, conteúdos e matérias importantes da escola está disponível na rede e deve ser debatida, discutida, polemizada, uma forma de fixá-la ao cérebro e nunca mais esquecer.
    Por outro lado, é necessário que o governo prometa menos e realize mais, não só facilitando o acesso de todas as classes a Internet, mas principalmente, criando métodos de uso (navegação) que maximize o aproveitamento, tendo na escola pública a caixa de ressonância do bom resultado obtido através da rede…

    Frambell Carvalho

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *