Início » Brasil » Política » Imigrantes deixarão ilha italiana em cinco dias
Imigração ilegal

Imigrantes deixarão ilha italiana em cinco dias

Lampedusa é habitada por 5 mil italianos e, nos últimos três meses, recebeu 18 mil imigrantes ilegais

Imigrantes deixarão ilha italiana em cinco dias
Em discurso, Silvio Berlusconi prometeu retirar os 6 mil imigrantes ilegais da ilha (Fonte: Folha)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, prometeu nesta quarta-feira, 30, retirar os 6 mil imigrantes ilegais africanos da ilha de Lampedusa, pertencente a Itália. Esta é a primeira vez que Berlusconi visita a ilha desde o início da crise no norte da África, em janeiro.

Lampedusa é habitada por 5 mil italianos e, nos últimos três meses, recebeu 18 mil imigrantes ilegais, a maioria deles de origem tunisiana. Como a cidade não tem lugar para tantos estrangeiros, muitos deles estavam dormindo nas ruas e barracas improvisadas enquanto esperavam por transferência.

O plano de retirada dos imigrantes foi iniciado à meia-noite de desta quarta-feira. Duas embarcações levaram a primeira leva de imigrantes para abrigos temporários em outros locais da Itália. Ao menos outros três barcos são esperados na ilha. Berlusconi prometeu, ainda, incentivos para pescadores, cortes fiscais e um novo plano econômico para garantir a vida dos moradores da ilha.

Berlusconi pediu à Tunísia um melhor patrulhamento de seus portos e que aceite de volta parte dos imigrantes. Já para os líderes europeus, o primeiro-ministro pediu que os países dividissem os imigrantes entre si.

Em uma reunião realizada nesta terça-feira, 29, em Londres, os países europeus debateram a situação da Líbia. O ministro de Relações Exteriores italiano, Franco Frattini, disse que a questão dos imigrantes foi discutida. “Quando há um fluxo anormal repentino de desabrigados (…) a UE deve adotar medidas de proteção temporária, que incluem a distribuição dos sem-teto.”

Leia mais:

Itália teme aumento no número de imigrantes do norte da África

Onda de imigrantes provoca crise na Itália

Fontes:
Folha.com - Em Lampedusa, Berlusconi diz que imigrantes sairão em 5 dias

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. jaderdavila the small shareholder disse:

    é facil e gostoso fazer 500 filhos,
    pra depois os 500 irem pra terra dos outros.
    sairia mais barato,
    a italia pagar a midia tunisiana,
    pra dizer pra mae tunisiana
    fazer menos tunisianinhos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *