Início » Brasil » Política » Irã testa mísseis de longo alcance
Manobras militares

Irã testa mísseis de longo alcance

Neste domingo, 1º, o Irã ameaçou fechar o Estreito de Ormuz

Irã testa mísseis de longo alcance
Marinha do Irã: exercícios de guerra (Fonte: Reprodução/AFP)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A agência oficial de notícias iraniana, a Irna, anunciou que o Irã “testou com sucesso” nesta segunda-feira, 2, dois mísseis de longo alcance durante exercícios militares no Golfo Pérsico.

Leia também: Israel cada vez mais próximo de um ataque ao Irã

Citando o almirante Mahmoud Mousavi, porta-voz das manobras executadas pelo Irã no Estreito de Ormuz, a agência Irna informou que o míssil terra-mar de longo alcance “construído por especialistas iranianos atingiu o alvo com êxito e o destruiu”. Outro míssil terra-terra “também foi lançado com sucesso”.

Armas atômicas x fins pacíficos

Tais exercícios militares demostram que o Irã é capaz de atingir Israel e bases dos EUA na região. Neste domingo, 1º, o Irã ameaçou fechar o Estreito de Ormuz caso sofresse sanções por parte dos EUA e de países europeus direcionadas às suas exportações de petróleo.

Enquanto potências ocidentais afirmam que o polêmico programa nuclear iraniano visa fabricar armas atômicas, o governo do Irã diz que visa apenas o uso pacífico deste tipo de energia.

Fontes:
Reuters - Irã testa com sucesso dois mísseis de longo alcance, diz TV
AFP - Irã anuncia novo teste de míssil

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

6 Opiniões

  1. Genivaldo disse:

    A loucura humana caminha para a sua própria destruição e não conseguem ver isto quando começar não haverá como parar.

  2. Jorge Hidalgo disse:

    Já passou da hora de alguém dizer que o Irã mente. Só isso! Dizer que fabricam armas atômicas para fins pacíficos é chamar a humanidade toda de burra… Claro que há inúmeros interesses econômicos por trás disso. Exemplo: e o “maravilhoso” arsenal atômico da ex-URSS? Não dá para acreditar que virou sucata…Era muito caro para ser só destruído…e nada mais…tinha que parar em algum lugar…e o Oriente Médio é o “cara”…

  3. LUISSANTOS disse:

    Há um ditado bom de se dizer quando um não quer dois não briga e a solução de tudo isto é todos buscarem entre se um consenso bom pra ambos os lados …

  4. Wellington Gomes disse:

    Dizer que o Irã mente é só o que dizem. O grande problema é que os EUA e a Rússia também não estão acabando com seus arsenais nucleares na velocidade que deveriam. Não faz o menor sentido criticar o Irã por querer melhorar seu arsenal militar quando se está armado até os dentes com armas nucleares.

  5. Afonso Schroeder disse:

    .HOMENS DE BOA VONTADE:
    Já chegou à hora de alguém dizer basta aos Americanos querendo impor e ditar regras nos quatro canto do mundo, pelo que me consta, quem esta importunando aquele povo somos nos do ocidente, pois gostaria de saber onde reside o mal em eles (Irã) ter armas atômicas ou será que só nos do ocidente podemos ter tal tecnologia, oxalá que Deus de entendimento aos homens de boa vontade

  6. jauri cardoso ribas disse:

    tem mais que fabricar armas nucleares
    Para calar esses americanos metidos

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *