Início » Brasil » Política » Japão detecta plutônio em solo de usina
Energia Nuclear

Japão detecta plutônio em solo de usina

Mais cedo, a Tepco constatou água com altos níveis de radiação em túneis subterrâneos fora do reator 2 de Fukushima

Japão detecta plutônio em solo de usina
Policiais procuram por vítimas do tremor em Fukushima (Fonte: Folha.com)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Tokyo Eketric Power (Tepco), operadora responsável pela usina nuclear de Fukushima, informou nesta segunda-feira, 28, que detectou plutônio no solo do complexo. Segundo a Tepco, o plutônio foi encontrado em cinco pontos do terreno da usina, mas que a quantidade não coloca risco à saúde humana.

Apenas o reator 3 é abastecido com combustível misto de urânio e plutônio. A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) alertou para uma fissura na câmera de contenção deste reator, que tem emitido fumaça — um indicativo de que a pressão continua alta.

Mais cedo, a Tepco constatou água com altos níveis de radiação em túneis subterrâneos fora do reator 2. Uma das entradas do túnel subterrâneo está localizada a apenas 55 metros do mar. A empresa afirmou, no entanto, que não há indícios de que a água contaminada tivesse chegado ao mar.

Esta é a primeira vez que se fala em vazamento de água contaminada — o que aumenta o risco de contaminação ambiental. O porta-voz do governo japonês, Yukio Edano, afirma que a maior parte da radiação ainda está no prédio.

Conferência Mundial sobre segurança nuclear

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) vai realizar uma conferência mundial para examinar as normas e procedimentos de segurança nas usinas nucleares ao redor do mundo, informou nesta segunda-feira, 28, o chefe da agência, Yukiya Amano. Segundo ele, os 151 membros da AIEA vão enviar representantes ao encontro.

A decisão surgiu por conta de o desastre na central japonesa de Fukushima. O encontro, que deverá ocorrer em junho, será focado nas avaliações sobre o desastre japonês e na resposta internacional a este tipo de acidente.

Leia mais:

Nível de radiação em Fukushima está 100 mil vezes acima do normal

Tragédia cruza dedos da população mundial

Fontes:
Folha.com - Japão detecta plutônio no solo da central nuclear de Fukushima

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *