Início » Brasil » Política » Mais de 100 presos por confrontos em Londres
Violência

Mais de 100 presos por confrontos em Londres

Protesto pacífico contra a morte de um jovem acabou em tumulto, provocando uma escalada da violência

Mais de 100 presos por confrontos em Londres
Jovens são detidos em Londres (Fonte: Reprodução/Getty Images)

Várias partes de Londres têm sido palco de violentos confrontos desde o final de semana, quando 61 pessoas foram presas entre a noite de sábado, 6, e a manhã de domingo, 7. Já entre a noite de domingo e a madrugada desta segunda-feira, 8, mais de 100 pessoas foram detidas.

Um porta-voz da Scotland Yard, a Polícia Metropolitana de Londres, informou que um protesto pacífico no último sábado contra a morte de um jovem de 29 anos supostamente assassinado por policiais na semana passada terminou em grande tumulto, o que acabou provocando uma escalada da violência por vários bairros da capital inglesa.

Jovens quebraram vitrines, saquearam lojas, depredaram carros e incendiaram prédios. A situação continua tensa em Londres, no que já que se configura como um dos maiores distúrbios dos últimos anos. Pelo menos 35 pessoas ficaram feridas.

Veja fotos dos distúrbios:

Fonte: Reprodução/AP

Fonte: Reprodução/AP

Fonte: Reprodução/AP

Fontes:
Terra - Polícia prende mais de 100 em continuação de protestos em Londres
SIC Notícias - Reino Unido: Vários bairros de Londres foram esta noite palco de novos confrontos e pilhagens

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Carlos U. Pozzobon disse:

    Protesto pacífico que gera tumulto? Tenho lá minhas dúvidas. Acho que é o início da crise. A Europa está cheia de grupos dispostos à arruaça. E se estiverem conectados, a moda pode pegar e virar um pandemônio generalizado.

  2. Rogerio Faria disse:

    Polícia violenta, imprensa sem ética, economia em crise, desemprego, corrupção etc., a Inglaterra reúne todo os ingredientes para o “próximo da lista”. Claro que a sociedade inglesa não tem um histórico de lutas como a francesa, grega ou italiana. Mas quem sabe a juventude de lá acordou diante das mazelas de um Império/governo em decadência.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *