Início » Notícia » Menos de 15% dos brasileiros são fumantes
Ministério da Saúde

Menos de 15% dos brasileiros são fumantes

Trata-se da menor porcentagem desde que a pesquisa começou a ser feita, em 2006

Menos de 15% dos brasileiros são fumantes
Quantidade de fumantes no país diminuiu para 14,8% em 2011 (Fonte: Reprodução/Getty Images)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Uma pesquisa anual divulgada nesta terça-feira, 10, pelo Ministério da Saúde revelou que o número de brasileiros que fumam está em queda.

Leia também: Consumo de cigarro divide China
Leia também: O julgamento que mudará a indústria do cigarro?

De acordo com a pesquisa, a quantidade de fumantes no país diminuiu para 14,8% em 2011. Trata-se da menor porcentagem desde que a medição começou a ser feita, em 2006, quando o índice era de 16,2%.

Esses dados fazem parte da pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, a Vigitel. Ainda segundo a pesquisa, atualmente o percentual de fumantes é maior entre os menos escolarizados.

Leis antitabaco

A pesquisa leva em conta alguns hábitos dos brasileiros, incluindo tabagismo, consumo abusivo de bebidas alcoólicas, alimentação e exercícios físicos.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, ressaltou que “os resultados apontam que as leis antitabaco adotadas no país foram importantes. A determinação de ambientes livres de tabaco, a taxação nesse produto, mudanças nas propagandas e as regulamentações da Anvisa proibindo os aditivos do tabaco, por exemplo, tiveram e terão impacto para manter a redução”.

Já o consumo de bebida alcoólica é maior entre os brasileiros mais escolarizados (com mais de 12 anos de estudo). O Ministério da Saúde revelou que, de um modo geral, 17% da população bebe mais do que deveria.

Fontes:
Correio do Estado - Número de fumantes é o menor dos últimos 6 anos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *