Início » Brasil » Política » Moradores da Região Serrana fazem protesto no Rio
Cenários de devastação

Moradores da Região Serrana fazem protesto no Rio

Vítimas das chuvas dizem que em quatro meses quase nada mudou em muitos lugares e que os cenários de devastação continuam

Moradores da Região Serrana fazem protesto no Rio
Moradores fincaram duas mil cruzes na praia de Copacabana (Fonte: Agência O Dia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Alguns moradores de Teresópolis, um dos municípios mais atingidos pelo temporal do dia 12 de janeiro na Região Serrana do Rio, fincaram duas mil cruzes na areia da praia de Copacabana na madrugada desta quinta-feira, 12, para protestar contra a pouca ajuda que vêm recebendo das autoridades.

O manifesto foi ainda uma forma de contestar os números oficiais de mortos e desaparecidos em decorrência das tragédias na região. De acordo com as autoridades, pouco mais de 900 pessoas morreram e quase 300 ainda estão desaparecidas.

Os moradores de Teresópolis dizem que as vítimas das tragédias vêm recebendo pouca ajuda e pedem mais agilidade na reconstrução das áreas afetadas. Segundo eles, em quatro meses quase nada mudou em muitos lugares e os cenários de devastação continuam, com muitas famílias ainda sem ter onde dormir.

Leia mais:

Chuva que castigou serra do Rio pode levar 500 anos para se repetir

Fontes:
G1 - Com cruzes, moradores da Região Serrana protestam na Zona Sul do Rio

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Enzo disse:

    Governo federal prometeu, mas não repassou um centavo contra desastres à Região Serrana do Rio
    Os R$ 21 milhões (!!!) previstos no orçamento de prevenção a desastres de 2010 para Friburgo e os R$ 450 mil para obras na estrada Cuiabá, em Petrópolis,chegaram???

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *