Início » Brasil » Moro é cobrado sobre caso Queiroz em supermercado
EM VÍDEO

Moro é cobrado sobre caso Queiroz em supermercado

Caso aconteceu em Brasília e foi registrado em vídeo. 'Por que o Queiroz não é pauta?', questiona o manifestante na gravação

Moro é cobrado sobre caso Queiroz em supermercado
'Você está sendo desagradável e mal-educado com todo mundo aqui', disse Moro (Foto: Reprodução)

Um vídeo que está circulando na internet mostra o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, sendo questionado por um cidadão sobre o caso envolvendo Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). O caso ocorreu em um supermercado em Brasília e foi filmado pelo próprio manifestante.

“Por que o Queiroz não é pauta? A roubalheira do PT é pauta, mas a do PSL, do Queiroz, não é pauta do governo? Ele [Moro] não pode falar sobre isso? Aí você quer me censurar por isso também?” questionou o autor do vídeo.

Na gravação, Moro aparece ao fundo do vídeo, em um caixa do supermercado. Próximo do autor do vídeo, está Marcos Koren, segurança do ministro, que a princípio diz não conhecer Moro.

Koren questiona por que o manifestante está gravando, no que ele responde: “Estou gravando porque eu tenho um celular e estou em um ambiente público”.

Moro, então, critica o manifestante. “Você está sendo desagradável e mal-educado com todo mundo aqui”, diz o ministro. “Ah, por favor. Os áudios vazados da Dilma você não foi mal educado, né? Agora você tem que ficar pianinho, caladinho”, prosseguiu o manifestante.

No vídeo, também é possível ouvir uma voz feminina, que pede que Moro salve o Ceará, estado que vive uma onda de violência e que há cinco dias teve a intervenção da Força Nacional autorizada por Moro.

A assessoria do ministro confirmou o ocorrido, mas afirma que o ex-juiz não se recorda da data do episódio. Nesta terça-feira, 8, o presidente Jair Bolsonaro determinou que a Polícia Federal reforce a segurança de Moro.

Fontes:
Folha de S.Paulo-Vídeo mostra Moro cobrado por manisfestante sobre caso Queiroz em um supermercado

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. jan foster disse:

    Será que o editor do O&N esta com dor de barriga para publicar uma baixaria dessas num boletim que até tanto é razoavelmente respeitável?

    Deplorável.

  2. Selma Bezerra de Carvalho disse:

    INFELIZMENTE O PROBLEMA CONTINUA SENDO IDEOLÓGICO – PT & LULA contra o resto do Brasil, MELHOR, CONTRA AQUELES QUE NÃO ACREDITAM MAIS NELES, E ISSO NOS DEIXA EXPOSTOS A CENAS COMO ESSA. PRA MIM É UM DIREITO DO CIDADÃO FAZER QUESTIONAMENTOS, PORÉM UTILIZANDO PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, SE APROVEITANDO DO AMBIENTE COM PLATEIA PARA OS SEUS 15’DE FAMA. PARA PESSOAS COM ESSE TIPO DE POSICIONAMENTO NÃO IMPORTA SE O GOVERNO ATUAL VAI FAZER A COISA CERTA OU NÃO. A POSTURA DESSES SIMPATIZANTES E AGREDIR, TUMULTUAR. APELAÇÃO MESMO. MAS, QUEM TÁ NA CHUVA É PRA SE MOLHAR e O MEU DESEJO É QUE ESSE GOVERNO RESOLVA PELO MENOS 50% DAS NOSSAS MAZELAS E QUE O DESEJO DELES DE SEGUIR EM FRENTE CONTINUE E QUE AS MELHORAS E CONQUISTAS SEJAM PERCEBIDAS, SENTIDAS POR AQUELES QUE QUEREM MUDANÇAS, SEM FANATISMO, PARA QUE O BRASIL POSSA MINIMIZAR ESSA “SANGRIA”.
    A MAIORIA PELO BRASIL E DEUS ACIMA DE TODOS!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *