Início » Brasil » Política » Nível de radiação em Fukushima está 100 mil vezes acima do normal
Usina japonesa

Nível de radiação em Fukushima está 100 mil vezes acima do normal

Empresa que opera a usina havia anunciado erroneamente que o nível de radiação em uma amostra de água estava 10 milhões de vezes acima do limite

Nível de radiação em Fukushima está 100 mil vezes acima do normal
Japão tenta evitar uma catástrofe nuclear (Fonte: Washington Post)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A empresa Tokyo Electric Power Company (Tepco) anunciou nesta segunda-feira, 28, que uma amostra da água que vazou de um dos reatores da usina nuclear de Fukushima apresentou radioatividade 100 mil vezes acima do limite. A Agência Nuclear do Japão alertou que a água contaminada pode ir para o oceano.

A Tepco, que opera a usina japonesa, havia anunciado que o nível de radiação na água estava 10 milhões de vezes acima do normal. Posteriormente, a empresa informou que tinha se enganado. O governo do Japão qualificou o erro como “absolutamente inaceitável”.

População protesta contra as usinas nucleares

Autoridades japonesas dizem ainda que os esforços para controlar o risco de superaquecimento dos reatores de Fukushima vão levar meses. Centenas de trabalhadores vêm tentando controlar a situação na usina, em meio a níveis de radiação que podem ser até mesmo letais. No último sábado, 26, o chefe da Agência Nuclear do Japão pediu à Tepco para melhorar a segurança dos seus trabalhadores.

Protesto no Japão (Fonte: A Bola)

Cerca de 1.200 pessoas tomaram as ruas de Tóquio neste domingo, 27, para protestar contra as usinas nucleares. Os manifestantes querem que as autoridades promovam fontes de energia renováveis. Uma pesquisa feita pela agência de notícias Kyodo mostrou que 58% dos japoneses desaprovam a atuação do governo diante da crise nuclear.

Leia mais:

Tragédia cruza dedos da população mundial

Nível de radiação no mar está 1.250 vezes acima do normal

Fontes:
Washington Post - Radiation levels at Japan nuclear plant reach new highs
Público - Água fortemente radioactiva encontrada no exterior da central nuclear de Fukushima
A Bola - Japão: 1200 manifestaram-se contra o nuclear

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Nelson disse:

    Esta Usina de Fukushima, ja deveria estar desativada, ou estar em pocesso de desativação e não tentar refriar e fazê-la funcionar, ela esta com muitos problemas para resolver, o melhor que se tem a fazer e deativa-la imediatamente o mais urgente posssível.
    Para segurança do povo Japonês e de toda a Humanidade.

  2. Endrius disse:

    A usina não deveria existir desde muito tempo , para ser mais preciso desde de quando a humanidade percebeu os riscos destas usinas.desativar a usina seria uma boa opção, mas provavelmente não deve haver outra fonte de energia no momento e os japoneses não podem ficar sem energia elétrica neste momento tão crítico e delicado.Deveria haver uma preparação antecipada para que esta usina suportasse tais catástrofes e não apresentasse tais riscos como os atuais.Apesar de contraditório, acho que o Japão deveria comprar energia de países vizinhos e desativar a usina de uma vez por todas , a dando um fim , substituindo por energia renovável, como a eólica ou até mesmo tirar energia do movimento do oceano, isso já sendo possível e usado em curta escala em certos lugares.

  3. Amanda Guedes disse:

    Ha um enorme problema com muitos. Pensar em economia em momento de caos. Com certeza eles não desativam esta usina para tentar recuperar o
    “prejuízo”… Dificilmente esta usina voltará a ser como antes… Eu concordo com o nosso amigo Endrius.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *