Início » Brasil » Política » Nova Líbia será baseada na velha sharia
Pós-Khadafi

Nova Líbia será baseada na velha sharia

Premissa de que a lei islâmica será a base da nova Líbia foi anunciada pelo líder do Conselho Nacional de Transição do país

Nova Líbia será baseada na velha sharia
População líbia celebra anúncio oficial da libertação do país (Fonte: Reprodução/AP)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Líbia que emerge após décadas de ditadura de Muammar Khadafi não será um Estado secular fundado em um ordenamento jurídico espelhado nas democracias ocidentais, mas sim um Estado islâmico alicerçado na sharia.

Leia também: Líbia deve ter eleições em até oito meses
Leia também: O fim brutal da era Khadafi
Leia também: Conheça a trajetória de Muammar Khadafi

A premissa de que a lei islâmica será a base da nova Líbia foi anunciada neste domingo, 23, pelo líder do Conselho Nacional de Transição (CNT), Mustafa Abdel Jalil, durante cerimônia em que foi declarada oficialmente a libertação do país.

Leis contra a sharia serão rejeitadas

“Qualquer lei que contradiga a sharia islâmica é nula e vazia, legalmente falando”, disse Jalil.

“Um exemplo é a lei de casamento e divórcio, que restringe a possibilidade de ter múltiplas esposas. Essa lei vai contra a sharia islâmica e será rejeitada”, disse ainda o líder do CNT.

Fontes:
Último Segundo - CNT diz que lei islâmica será a base de novo governo da Líbia

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

5 Opiniões

  1. Élio J. B. Camargo disse:

    Parece-me que a Líbia trocou 6 por 5, tal como o Irã, um ditador por uma ditadura. Quando não é um que manda, são alguns! O povo gosta de esperar que caia alguma coisa de cima, mas quando não é chuva, são ordens para serem cumpridas, infelizmente!

  2. Carlos U. Pozzobon disse:

    Não se precipitem em julgamentos negativos. A Líbia será cenário de muitas decepções, devido a presença do fundamentalismo islâmico. Tal como no Brasil, onde o fundamentalismo petista tem causado sérios estragos morais, uma erosão institucional inigualável e a necessária e lenta reação da sociedade. A Líbia tem uma parte ocidentalizada que deverá marcar presença no processo político. Mesmo não sendo majoritária, esta elite terá sempre em mente a vizinhança européia como exemplo a ser seguido.

  3. Rudy Lang disse:

    Ruim com o coronel, pior sem ele. Agora os líbios e principalmente as líbias vão como é bom retroceder para o ano 1.000 A.D.
    Alguém acredita em uma democracia islâmica?
    Sempre que houver um clérigo, seja cristão ou maometano, se metendo de pato a ganso, a coisa degringola. Vide Irã, onde trocaram um Xá por meia dúzia de aiatolás malucos. Outro país que não dá para confiar, pois vilipendiou o pensamento do grande Mustafa Kemal Atatürk (1923) é a Turquia. NÃO EXISTE DEMOCRACIA ISLÂMICA.

  4. jayme endebo disse:

    Falou em árabe ou Islã entende-se ditadura e mortes, troca-se uma ditadura por um bando novo que irá fazer o mesmo ou pior, quem acha que vai ser diferente não entende a natureza humana, leia mikhail Bakunim.

  5. PENSADOR disse:

    CADA POVO COM SUAS TRADIÇÕES.
    AQUI, LUTOU-SE PARA DERRUBAR A MILICOCRACIA TROCANDO-A PELA CORRUPTOCRACIA.
    Todos os que estão fora do bonde do poder reclamaram, fizeram passeatas e alguns até morreram na luta contra o “Ministro 10%” da era militar para substituí-lo pelos “ministros 50%” da era Collor e depois, pelos corruptocratas de plantão de agora.
    Faz-me lembrar uma anedota de um pedestre que esperava,atrasado, um ônibus que o levasse ao trabalho quando um passou direto cheio de passageiros até o teto. O passageiro disse: este meotoristaF… não viu que cabia mais um passageiro? Logo após passou outro bem menos cheio, ele entrou e, no ponto seguinte, o motorista parou para pegar um passageiro ao que o mesmo passageiro questionou:este motorista não viu que não cabe mais ninguém? Porque parou? estou atrasadíssimo!!
    Já tinha seu lugar conquistado e assim, não cabia mais ninguém.
    os leões na savana ao desmamarem ficam vagando como solitários até atingir força e tamanho aos quatro anos de idade para tomar o lugar dos leões mais velhos no bando.
    Assim como os leões mais novos na savana entram em luta com os mais velhos para tomar-lhes o lugar dos leões mais velhos no bando e as fêmeas.Assim os novos líderes de hoje tomam os lugares dos antigos para, de uma “maneira nova” fazer tudo igual outra vez.
    Parece até que se inspiraram nos leões….
    4 anos de reinado…
    Assim, o velho/novo Belchior se referia em sua canção “Como Nossos Pais”.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *