Início » Brasil » Política » Novas denúncias atingem ministro da Integração
Polêmica

Novas denúncias atingem ministro da Integração

Jornal informou que Bezerra usou verba pública para comprar por duas vezes o mesmo terreno quando era prefeito de Petrolina

Novas denúncias atingem ministro da Integração
Bezerra deve dar explicações a Dilma nesta segunda (Fonte: Reprodução/ABr)

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, deve se encontrar nesta segunda-feira, 9, com a presidente Dilma Rousseff para dar algumas explicações quanto a denúncias que não param de surgir a seu respeito.

Leia também: Ministro nega favorecimento ao seu estado
Leia também: Ministério dá 90% da verba para estado do ministro

Após ser acusado na semana passada de privilegiar seu estado natal, Pernambuco, quanto ao repasse de verbas antienchentes da pasta que comanda, novas denúncias surgiram desde o final de semana. Notícias dão conta de que o ministro utilizou verba pública para projetar seu filho, o deputado Fernando Coelho Filho (PSB), em Petrolina, onde o parlamentar deve concorrer à prefeitura.

Terreno é comprado duas vezes

Nesta segunda-feira, 9, o jornal Folha de S.Paulo informou que Fernando Bezerra usou verba pública para comprar por duas vezes o mesmo terreno quando era prefeito de Petrolina. A primeira compra aconteceu em 1996, por R$ 90 mil, quando terminava seu primeiro mandato. Já a segunda foi em 2001, durante seu segundo mandato, e o terreno custou R$ 110 mil.

Nas duas ocasiões o dinheiro beneficiou o empresário José Brandão Ramos, e a justificativa também foi a mesma: transformar a área em um aterro sanitário.

A assessoria do ministro Fernando Bezerra argumentou que o então prefeito foi induzido a erro pela gestão do prefeito Guilherme Coelho, seu primo, que o sucedeu em 1997.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Ministro da Integração é acusado de comprar terreno duas vezes
Veja - Enrolado, Bezerra deverá dar explicações a Dilma nesta 2ª

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

5 Opiniões

  1. Carlos U. Pozzobon disse:

    Está na hora desse ministro picar a mula.

  2. Geferson Alves disse:

    A “mão grande corrupta” do Ministro acabou chamando atenção para para sua antigas práticas nefastas.
    Comprar duas vezes o mesmo terreno é o cúmulo do absurdo, não pela pratica em si, mas como um caso deste pode levar tanto tempo para ser detectado e, pior que isto, não teria vindo a tona se as atuais pratica não tivessem ocorridas.
    A BANDIDAGEM NO PODER GOVERNAMENTAL ESTA GENERALIZADA – E o povão continua submisso a tudo isso!

  3. FABIO GUIMARAES PRADO disse:

    SÓ NO BRASIL, tanto ministro saindo por corrupção e não atinge nossa presidente!!! Num país sério ela já estaria NA RUA!!!!!!! Se os ministros são corruptos, imaginem outras esferas do governo!!!

  4. Geraldo euclides disse:

    Mais um e não será o último e o mais interessante é que esses sujeitos são fotografados, filmados, gravados e testemunhados e ficam negando:”Eu? o que é isso minha senhora? eu sou um homem de bem e jamais faria isso, o que a senhora está falando é uma injúria, posso processa-la” (qualquer deles quando está falando com reporteres nas televisões)da para acreditar?

  5. almeida disse:

    Interessante o Governador de Pernambuco sabedor dessa venda desse terreno por duas vezes o mesmo pediu a sua nomeação a Sra Dilma Presidente.O próprio Congresso eles sempre fazem uma sabatina sobre os futuros pre Ministros antes de tomarem possem e engraçado que a Policia Federal poderia fazer um douciê sobre os futuros Ministros antes deles tomarem posse.Brasileiros vamos fiscalizar esses Politicos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *