Início » Brasil » Política » O amadurecimento de Marina Silva
Opinião

O amadurecimento de Marina Silva

O PV expôs também suas entranhas, em que verdes não são tão verdes. Ou há verdes de todas as cores. Por Leandro Mazzini*

O amadurecimento de Marina Silva
Marina sairá do PV oficialmente nesta quinta-feira (Reprodução/Internet)

Há três semanas, escorregando passos por um Congresso Nacional praticamente vazio numa sexta-feira em fim de tarde, encontrei um deputado federal vagando como eu pelo salão verde da Câmara, sem assunto nem agenda. Como integrante do baixo clero, não merecia demasiada atenção além de um “oi”, mas por se tratar de bom político – e nunca desprezo nenhuma autoridade – iniciamos uma conversa que me rendeu, no vaivém de futilidades reflexivas sobre a vida, a notícia do dia. Ele havia conversado com Marina Silva havia poucos dias, e passou-me a bomba: ela vai sair do PV, pode cravar. Como confiava no parlamentar, que me passou detalhes da conversa, publiquei em primeira mão dois dias depois, apesar das tentativas frustradas de contato com os verdes de todas as cores (o significado disso verão abaixo).

Leia também: Marina Silva anunciará saída do PV em julho
Leia também:  Marina Silva pode estar em breve nos cinemas

O fato é que, tiro pela culatra não foi. Marina já estava insatisfeita com o comando nacional do PV, que foi reconduzido por vontade própria à cúpula, em decisão de grupo minoritário a portas fechadas, sem diálogos e sem convenção. O grupo da presidenciável ficou de fora da gestão do partido. Marina disse que pensa em fundar o PS – Partido da Sustentabilidade, vai levar com ela os insatisfeitos. Foi motivada também por saber das manobras do partidário Zequinha Sarney, deputado federal pelo Maranhão, e do José Luiz Penna (SP), presidente do partido, que fazem gestões de aproximação com o Palácio do Planalto. “Não duvido de que o PV vá compor o governo Dilma”, desabafou, por fim, a verde ao deputado amigo.

Pois não só Marina sairá do PV, em evento marcado para a próxima quinta, dia 7, em Brasília, no chamado movimento dos verdes, como também é fato que o comando atual do PV, uma vez com Marina longe, vai tentar retomar o Ministério do Meio Ambiente, segundo contou-me o deputado federal Alfredo Sirkis (PV-RJ). Apostam numa eventual minirreforma ministerial de Dilma no fim do ano. O racha expôs o quão frágil ficou o PV depois da campanha presidencial. Não é de interesse do partido dar a legenda para Marina disputar a presidência da República em 2014. A meta é compor a atual administração por cargos grandes, ou pequenos. Marina soube disso e pula fora, talvez a tempo.

O PV expôs também suas entranhas, em que verdes não são tão verdes. Ou há verdes de todas as cores – os verdes-neutros, que lavam as mãos para a saída de Marina; os verdes-olivas, que batem continência para Penna; e os verdes não tão verdes mais, porque amadureceram, como Marina e seu grupo – neste encaixam-se o ex-vice Guilherme Leal, o federal Sirkis e Fernando Gabeira (RJ), sem mandato.

Marina amadureceu. E abandonada pelo próprio PV a quem deu 20 milhões de votos em 2010, vai criar o seu movimento. Ela crê ser a mola propulsora para sua futura candidatura, e para o futuro partido, tenha qual nome tiver.

Nota do autor – O fato remete a um caso recente na história dos EUA. Em meio à campanha interna nas convenções para a escolha do candidato democrata à Casa Branca, quando Obama ainda boiava no mar de intenções a favor de Hillary Clinton, o marqueteiro da ex-primeira dama a alertou: é difícil lutar contra um movimento, referindo-se à onda Obama que surgia. Ninguém lhe deu atenção, e deu no que deu. Marina pode criar sua onda, só depende dela. Fica a dica para o PV que a “expulsa”.

*Jornalista e escritor em Brasília, onde cobre o Congresso Nacional. Ex-editor do Informe JB, é repórter da coluna de Cláudio Humberto e apresentador dos programas “Tribuna Independente” e “Frente a Frente” na REDEVIDA de televisão.

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

13 Opiniões

  1. João Cirino Gomes disse:

    É gente eu acho que Marina pode ser uma esperança no fim do tunel aos eleitores; Enquanto não tiver candidato defendendo a verdadeira justiça social, uma verdadeira distribuição de renda, e lutando pelo o fim da imunidade, pelo fim de varias aposentarias, pelo fim de terem direito a exercerem vários cargos ao mesmo tempo, eu continuarei votando Nulo, e divulgando o Voto NULO!
    Pois a história nos mostra, que desde 1500, somos iludidos e escravizados para dar vida mansa aos espertalhões, mentirosos e aproveitadores!

    Abaixo- assinado; Fim da imunidade e impunidade! Ou então, demonstre seu repudio através do voto Nulo, aos que prometem, só visando vantagens!

    > Abrir hiperlink e assinar: http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron

    > A Pátria agradece!

    > ESTE É O PRIMEIRO PASSO PARA QUE TENHAMOS UM PAÍS DEMOCRÁTICO, COM DIREITOS IGUAIS E JUSTIÇA SOCIAL!

  2. Carlos U. Pozzobon disse:

    A questão é: quem acredita em Marina Silva? Com um papo esganiçado e de pendor petista, tentando moderar o talibanismo ambiental, será que convence? Acho Marina um simples momento de transição do petismo frustrado para uma figura mais palatável e ainda cercada de uma aura meia mística que emana dos povos de nossas florestas. Mas sua gestão como Ministra do Meio-Ambiente não deixou dúvidas: é tão incompetente quanto os demais companheiros de sua origem de jornada política.

  3. Diogochile disse:

    Em um pais onde o congresso brasileiro ecomparado a um presidio 5 estrelas marina silva desponta e surge no cenario politico brasiliro sem o pt e pmdb o trivial aqueles que creemos combateria a corrupcao no brasil, nos entregou de mao dadas ao crime organizado nas intituicoes brasileiras…
    Partidos como pt e pmdb ja notaram a repercusao que se esta surgindo pro marina e a querem com eles cabe separa o joio do trigo e esperar que o lado do mal politico nao a prejudiquem como tentaram fazer com o senhor aldo rebelo.
    brasil reaja mostra sua cara a agora e agora de dizer que somos brasileiros e nao desistimos nunca.
    sigamos o exemplo de chile nao so o brasil deveria seguir esse exemplo outros paises da america lstina deveria seguir o exemplo e juntar-se reunir as esferas da sociedade e sair protestar pedir reformas ja

  4. João Cirino Gomes disse:

    De esperança também se vive; Mas por bem; melhor a população não esperar o amadurecimento dos políticos brasileiros em pé, pois vão se cansar, e sentados também se cansarão!
    Que tal deitados no próprio tumulo por gerações e gerações? Para isso, basta boa parte continuar feito cordeiros sendo tosquiados, humilhados enganados e presos em currais!

    Para que o mal persista e se alastre, basta que as pessoas de bem se calem e se acomodem!

    Abaixo- assinado; Fim da imunidade e impunidade! Ou então, demonstre seu repudio através do voto Nulo, aos que prometem, só visando vantagens!

    > Abrir hiperlink e assinar: http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron

    > A Pátria agradece!

    > ESTE É O PRIMEIRO PASSO PARA QUE TENHAMOS UM PAÍS DEMOCRÁTICO, COM DIREITOS IGUAIS E JUSTIÇA SOCIAL!

    Quem estiver de acordo divulgue!
    Uma andorinha sozinha não faz verão!

  5. Peter Pablo Delfim disse:

    Marina até pode ser boa pessoa. As palavras dela é que não descem de cima do muro. Esperar que seja solução para alguma coisa é ter vocação para ser enganado.

  6. Raimundo de Araujo Caldas disse:

    Quêm acreditar nesta onda, pode também acreditar em Duendes, Mula sem cabeça e outras.
    Na verdade a Marina, perdeu o trem e não sabe quando passa outro.

  7. Helo disse:

    Marina teve um discurso lindo na campanha, porém não gostei da sua gestão pouco transparente no ministério do Meio Ambiente.

  8. Markut disse:

    Criar mais um partido político, adicionado ao enxame que já nos incomoda, não levará a nada alem do que mais um agrupamento, brigando por cargos e sinecuras.
    Serão mais algumas letrinhas adicionadas a essa sopa de malfeitos, em que um eventual bem intencionado não encontrará abrigo, o que, talvez, seja o caso da Marina e que será devidamente escorraçado.
    Sem uma reforma eleitoral que consiga dar mais um passo à frente, de modo a se aproximar, tanto quanto possivel, do necessário embate político entre situação e oposição e com a necessária alternância de poder,não se sairá deste atoleiro em que o país está mergulhado, nas mãos dos aventureiros e oportunistas de sempre.

  9. Samuel disse:

    Oi Sr. Carlos Pozzobon, aprecio seus comentários, mas neste sobre a Marina, em vez de dizer “cercada de uma aura meiA mística” não seria melhor dizer “cercada de uma aura meiO mística”? O Português agradece.
    Samuel

  10. joel disse:

    é uma vegonha o dinheiro deste país só da para
    partido politicos partido politico não podridão esta é a verdade pagamos impostos só para politicos fazer sacanagem com o nosso dinheiro estou indignado e com vegonha

  11. Hélio Araújo Silva disse:

    A Marina Silva, nas eleições passadas, foi muito bem colocada ficando com o terceiro lugar nas eleições. Mas seu orgulho pessoal ou arrogância foi maior que suas pretensões eleitorais. Não soube ser “Política” com “P” maiúsculo. Por que ela não estava sozinha nesta aventura, tinha muita gente que a apoiou em sua candidatura. Além disso, no segundo turno da campanha, (que por sinal, foi muito mal feito no que diz respeito às estruturas do marketing eleitoral), ela não teve peito para negociar para “salvar” os seus companheiros de luta. Perdeu. E depois, conseguiu também perder vários postos chaves no Governo Federal, como Ministérios, Secretarias e Diretorias no Governo. Postos, na verdade, são importantes para o lançamento de futuras campanhas. Por isso, eu acho que, politicamente, ela está morta, saindo sem estrutura partidária.

  12. joao n.freitas disse:

    ola aqui e joao freita de Belem do Para! pra começar quem acha que é ignorancia a Marina criar um novo partido, esta tratando quase 20milhões de brasileiros como ignorante! se ela conquistou a confiança de todo esse publico é por que existe algo de especial nela, Marina voce tem mais é que criar outro partido, confio em voce e estou com voce! sempre que traçamos uma meta pra nossa vida, as criticas e as lutas sao o ponta-pé inicial pra nossa vitoria! continue lutando que continuamos com voce! um abraço, amigo joao freitas!

  13. George da Silveira disse:

    FICO INTRIGADO QUANDO SE FALA EM PAÍS DEMOCRÁTICO AQUI. PAÍS UTOPIA NÃO SERIA MAIS ADEQUADO?
    VAMOS LÁ: SAÚDE, FLORESTAS, ÁGUA PARA “TODOS”, SANEAMENTO BÁSICO, SEGURANÇA NAS RUAS E EM CASA,UMA APOSENTADORIA DESCENTE, POIS HOJE O APOSENTADO É HUMILHADO, TEM EXCESSO DE CONGRSSISTAS, PARTIDOS POLÍTICOS, PRIVILÉGIOS, FAUCTRUAS, TITITIS E PROMESSAS DE CAMPANHAS MENTIROSAS. JUNTANDO TUDO ISTO, UTOPIA.
    COMO SERÁ DAQUI HÁ 20 OU 50 ANOS…?
    POLÍTICO AQUI DEVERIA GANHAR PELO QUE FAZ OU TRABALHAR COMO OS PROFESSORES E PROFISSIONAIS DA SAÚDE: PPOR AMOR AO PRÓXIMO.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *