Início » Brasil » Política » O cuidado que Obama deve ter com seu entusiasmo pela infra-estrutura
EUA

O cuidado que Obama deve ter com seu entusiasmo pela infra-estrutura

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Os políticos dos EUA costumam ver as obras de infra-estrutura como uma solução para desgraças econômicas, mas poucos presidentes norte-americanos pareceram tão dispostos — nem foram tão pressionados — a gastar dinheiro nisto quanto o eleito Barack Obama.

A necessidade é indiscutível. No ano passado, uma ponte desabou em Minneapolis, matando 13 pessoas. Um duto que leva água para Nova Iorque está vazando desde os anos 1980 e atualmente está perdendo cerca de 80 milhões de litros de água por dia. A Filadélfia vem tendo problemas com seu esgoto.

Os problemas são ainda maiores no oeste e no sul do país, onde o crescimento da população é tão rápido que mesmo a infra-estrutura básica muitas vezes não existe. A Economist diz que entre as causas destes problemas não está a falta de dinheiro.

A revista britânica diz que o maior problema é a falta de uma estratégia. Nos EUA, não há qualquer órgão federal que supervisione as despesas com infra-estrutura. Os congressistas se apropriam de recursos para aplicá-los em projetos individuais, alguns dos quais são ridículos, e a maioria não tem qualquer relação uns com os outros.

Fontes:
Economist - Roads to nowhere

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *