Início » Brasil » Política » Para não dizer que não falei das flores!
Grita Brasil

Para não dizer que não falei das flores!

Para não dizer que não falei das flores, a Câmara dos Deputados devem nesse novo ano que entra dar uma maneirada nos gastos com os arranjos florais. Por Claudio Schamis

Para não dizer que não falei das flores!
Opinião e Notícia

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Para não estragar um texto que fale de flores tenho que abrir mão de falar que em pleno século 21 é um absurdo que tenhamos mais de quinze milhões de alunos estudando em escolas sem bibliotecas, sem laboratórios de ciências. Teria também de abrir mão de falar que existem pessoas que estão fraudando o programa Minha Casa Minha Vida, que seria destinado somente a pessoas de baixa renda. E depois aparecem uns e outros por aí criticando não o programa em si, mas a forma como ele é conduzido, o que acaba fazendo também aparecer outros uns e outros com várias pedras dizendo que nós só sabemos atacar o governo.

Só que ainda não dá para falar das flores. Antes a missão que já era difícil se tornou árdua. Diria penosa. Mas não a ponto de impedir que o ministro da Defesa, Nelson Jobim, convidasse José Genoino para ser assessor especial da sua pasta. Não sei não, mas isso não está me cheirando bem. Assim, também como o valor da nova sede da Polícia Federal que poderá custar R$ 250 milhões. Mas o que é isso perto da farra das aposentadorias? E que farra! Pois treze senadores vão acumular subsídios com suas aposentadorias de ex-governadores que com tudo somado fará o salário dessas criaturas (Sarney é uma delas), e muito, o teto do funcionalismo, podendo chegar a embolsar mais de R$ 50 mil, fora todo o resto que sabemos. Mas isso tudo é muita coisa também.

Só não é muito para o boa praça (?) Álvaro Dias que agora vem dizer que a aposentadoria dele requerida será doada integralmente. Será mesmo? Para quem mesmo? Será para a Álvaro Dias Consultoria & Associados Ltda?

E o que não teve nada de limitado foi o gasto com o cartão corporativo no governo Lula que aumentou 28% no Planalto e 67% na Abin. E também as operações secretas feitas por Roseana Sarney em paraísos fiscais. Mas também se o pai é um homem incomum, ela se torna por osmose uma filha mulher incomum. E o que eles fazem de errado é comum e não se discute mais isso.

O que também não tem discussão é o um ano de ausência que 21 senadores têm em seus currículos. Isso quer dizer que um em cada quatro parlamentares deixou de comparecer a mais de 110 sessões, como por exemplo, Magno Malta que teve 166 ausências, 116 licenças e 50 faltas. Ufa!! Tadinho dele! E o nobre senador Fernando Collor é o segundo colocado em ausências. Mas uma coisa é certa: Collor não estava em Alagoas seu território preocupado em ajudar os ainda desabrigados das chuvas do ano passado na região. Lá ele não foi visto.

Como não estou vendo solução para a questão do salário mínimo. Nunca vi uma questão ser tão debatida, repensada, calculada, recalculada. Devemos merecer mesmo o mínimo de atenção com relação a isso.

Mas com relação a outro assunto, temos pelo menos a preocupação de Lula que disse que ‘quem precisar de um empreguinho’ é só enviar o currículo para ele que o grande molusco barbudo dará um jeitinho. Ele vai ver o que pode conseguir. Ainda mais depois de receber o título de doutor honoris causa, concedido pela Universidade Federal de Viçosa não duvido mais de nada. Nem de que esse assunto de Furnas acabe enfurnado e esquecido em algum lugar do Planalto ou do Congresso.

E quem continua não sendo esquecido de maneira nenhuma é ele, o homem do bigode, o homem incomum, o todo poderoso do Maranhão, José Sarney, que foi reeleito presidente do Senado. Meus sais, o que nos espera? Uma vez errar, é considerado humano, duas vezes já é estranho, três vezes nem sei, e quatro vezes é um caso a se pensar em internação. E já que é para internar, colocar alguém do PT na presidência da Câmara dos Deputados num sei não. Só o tempo dirá. Caberá a Carlos Maia provar o que ele tem de bom para oferecer. Ele que como Lula foi metalúrgico e torneiro mecânico.

E deve ser alguma coisa bem mecânica que leva a se colocar no cargo de auditor do SUS um cara que é responsável por sobrepreço de R$ 3,5 milhões em obra de hospital. Só pode ter sido assim que Odorico que não é Paraguaçu, mas sim Monteiro, chegou ao posto de auditor. E enquanto não se chega a nenhuma conclusão…

E que conclusão devemos chegar quando o ex-assessor de Zé Dirceu vira réu em ação de corrupção? Talvez a mesma de 105 candidatos que não sabem se foram eleitos ou não. Pois estão todos não na malha fina da Receita Federal, mas na malha fina dos Ficha Limpa. E com certeza a mesma de Jader Barbalho que é acusado de sonegar Imposto de Renda. E também a mesma do Banco Central quando afirma que controle de gastos é fundamental para alívio monetário.

Que conclusão é essa? Eu lá vou saber. Eu é que te pergunto: “Que conclusão é essa?” Mas eu mesmo respondo: “A de que aqui no Brasil…”

Ah, claro já ia me esquecendo: Para não dizer que não falei das flores, a Câmara dos Deputados devem nesse novo ano que entra dar uma maneirada nos gastos com os arranjos florais, pois a conta paga à Mercury Decorações foi salgada e nem de perto tem o perfume de flores do campo, o que dirá de uma rosa.

Salvem as baleias. Não jogue lixo no chão. Não fume em ambiente fechado.

Flores

foto: Claudio Schamis

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

15 Opiniões

  1. lidia coelho disse:

    como fazer uma revoluçao SEM queima de onibus, sem armas, fazer o povo brasileiro entender que a politica mexe com o seu dia a dia, que ele pode melhorar muito seu pais cobrando mais desses politicos, ideias por favor!!!!!! IDEIAS….sinto uma certa inveja do povo egypsio indo as ruas lutando por liberdade.Aqui sao os politicos que atrapalham o desenvolvimento do pais.

  2. VAN disse:

    Depois de ler o seu texto Schamis, eu pensei,repensei,calculei e o mínimo que posso concluir,é que enquanto este meu Brasil brasileiro continuar sem bibliotecas,sem laboratórios de ciências,sem Educação de qualidade;vamos protestar,espernear,ficar roucos de tanto gritar.
    Se falou tanto em ficha limpa,e no entanto,os mesmos corruptos que foram atacados na época do mensalão,mensalinho,cuecas,meias e sei la mais o que,tiveram expressivas votações nas eleições.
    Será que virou mania de reclamar,ou divertimento de pobre é lamentar.
    Só posso pensar que o povo brasileiro é incauto ou alheio as fitas e fatos que acontece nos bastidores floridos do Planalto e ja não sabem diferenciar entre o perfume da rosa e o cheiro da Amorphophallus Titanum mais conhecida como flor-cadáver pelo seu cheiro insuportável.

  3. João Cirino Gomes disse:

    Parabéns Sr Claudio; Jornalismo de verdade, consiste em mostrar justamente o que uns ganham para esconder, e outros não querem que seja divulgado!

  4. renato.rvasco@gmail.com disse:

    Apoio o Claudio nas críticas ao govêrno e digo mais ainda: todo cidadão de honra deve criticar o govêrno e o Estado pois êstes são contra o cidadão. Senão vejamos
    -já viram a situação dos hospitais, cárceres e escolas?
    – E as ruas e estradas? E as rêdes de água e esgoto qure não atendem grande parte da população?
    _ Já viram os estacionamentos dos prédios públicos? Só carros caros e novos.
    – Já viram os equipamentos dos órgãos arrecadatórios de impostos? Só computadores e programas de última geração.
    – E os escândalos com o dinheiro do povo? A mim causa tremenda indignação e revolta
    Não vou me alongar na lista pois o resumo é : o govêrno arrecada para si próprio e o povo que se lixe. Vivemos uma monarquia com voto

  5. Odacir Marcos Bernardi disse:

    Criticar não adianta mais, vamos fazer do Brasil um Egito, ou sja, vamos as ruas…

  6. Margaret disse:

    Parabéns Claudio!!
    Muito bem colocado essa “farra da aposentadoria”.
    Você escreve muito bem!!
    E na minha humilde opinião… vc fala muito bem das Flores (de aço… é claro, rsrsrs)

  7. Claudete Firens disse:

    “Infelizmente o povo que elege não é quem lê jornais e sim que os faz uso deles por falta de papel higiênico ou coloca para os cachorros fazerem xixi”.

  8. John Webster disse:

    Tudo isso tem nome, chama-se estelionato.
    Se você paga por um produto e não o recebe, faz o que? Bota a boca no mundo, reclama pelos jornais, vai aos procons da vida e em última instância até a policia.
    Deveríamos fazer a mesma coisa com nossos impostos.
    Pagamos, pagamos, ai de quem não pague,e o que recebemos em troca?
    Você se sentiria seguro em operar seu coração no SUS?
    Você mandaria seu filho para uma escola pública?
    Você se sente seguro ao transitar por qualquer grande cidade brasileira?
    Pois é, não tem saúde, não tem educação, não tem segurança.
    E nem adianta ir ao Procon, ele só ataca os desmandos empresariais, jamais os governamentais.

  9. Helio disse:

    Informação preciosa. Genoino que então presidente do PT nada sabia das contas Valério vai para a Defesa. A lição é que para se defender devemos nos esconder, como ele fez já antes do mensalão na deserção no Araguaia. Assustador é o silêncio do estado diante dos malfeitores incorrigíveis como Sarneys, os quais ganham prêmios e condecorações (vide Erenice e o Cruzeiro do Sul). Que país é esse?

  10. Nina disse:

    É mesmo incrível que escolas não tenham laboratórios, bibliotecas e professores capazes. A crítica sempre cai no salário dos professores. Vemos que o buraco é muito mais embaixo.

  11. João Cirino Gomes disse:

    Ao invés de ficar enviando vírus e fazendo palhaçadas, os hackers deveriam se unir e abraçar uma causa! Se denominarem partidários de Hobin Hood, e usarem seus conhecimentos para reparar as injustiças sociais, causadas pela corrupção!

    Já que nenhum político ladrão é punido, ou devolve um centavo do que desvia e rouba aos cofres públicos!
    O ideal seria invadir suas contas, e distribuir o dinheiro roubado aos mais necessitados! Quando o pobrezinho fosse receber seu minguado salário, teria uma alegria danada!

    Desta maneira dificilmente seriam pegos, e estaria fazendo e bem a sociedade carente que é roubada constantemente e descaradamente!

    Pelo engrandecimento da pátria, pelo bem da NAÇÃO e pela justiça social, vale tudo!
    Notem que a sigla: Ordem e progresso: Esta mais para: Ordem aos humildes, e progresso aos demagogos, hipócritas, corruptos e poderosos!

    As vitimas deste sistema injusto e escravocrata, deveria se unir, e não guerrear entre si!

    Nós sabemos ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão e nestes casas deve ter mil!

    Mas, nestes casos, Hakear se tornara crime ediondo!
    Já vimos tantas distorções e discrepâncias nas leis, que até já as prevemos!

    Desta maneira, fica mais facil nos acostumarmos com elas!

  12. John Webster disse:

    Cara Nina, o salário é um componente fundamental.
    Sem salário de qualidade, não se contrata profissionais de qualidade em nenhuma área.
    O que nossos gestores públicos não entenderam,ou fingem que não entendem, é que estão jogando no ralo toda uma geração e em conseqüência, o futuro da nação.
    Enquanto um ascensorista do senado ganhar R$ 10 mil, enquanto umas auxiliar de serviços gerais, eufemismo para faxineira,ganhar R$ 6 mil e um professor R$ 1 mil, não temos futuro.

  13. Helio disse:

    John,
    O salário naturalmente que é fundamental. Porisso batemos sempre nessa tecla. Achei somente interessante discutir também outros aspectos. As vezes me preocupo com as greves na Educação e na Saúde, que prejudicam somente os clientes, e sempre por salário, nunca por outras questões. O Enem, então, passou de avaliador do sistema para um vestibulão, muito bem analisado pelo leitor P. Puggina no seu artigo.

  14. Markut disse:

    Parabens, Schamis. Mesmo mantendo o seu estilo, houve uma sensivel depuração nas suas abordagens.
    Com a absoluta certeza de me tornar recorrente:Somos o que somos, graças ao desastre educacional em que estamos chafurdando, numa trágica ilação entre a ignorância coletiva e as suas consequências.
    Pior ainda: as forças retrógadas da nação contam com o despreparo cívico da massa , para se manterem impunes, imunes e intocadas, nos seus inúmeros malfeitos.
    Só a bandeira revolucionária da escolaridade básica competente é que poderá mudar este estado de coisas.
    Mais do que salvem as baleias, salvem os brasileiros.

  15. Deise disse:

    Boa noite belas flores!!
    Quero saber como manter estas flores sempre tão belas.
    Devo cortar as ates quando tiver acabando as flores ou quando já estiverem acabado todas?
    Por favor me mande uma respos desde já obrigada!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *