Início » Brasil » Política » Para Suipa, ‘abandono é irresponsabilidade’
Bichos de estimação

Para Suipa, ‘abandono é irresponsabilidade’

Não existe estatística oficial, mas somente a Suipa, entidade do Rio de Janeiro, recebe 50 animais por dia. Por Layse Ventura

Para Suipa, ‘abandono é irresponsabilidade’
Os períodos em que os abandonos mais ocorrem são no final do ano e nas férias (Reprodução/Anda)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Sugira um tema

É só botar seu pé na rua e aquele vira-lata abandonado vem pedir um pouco de carinho. Até dá um pouco de pena, mas você fica com medo de ele ter alguma doença ou morder. E aí você simplesmente segue seu caminho, como se ele não existisse.

O descaso humano é o pior que pode acontecer a esses animais, que muitas vezes sofrem com a falta de alimento e cuidados. Muitos deles vivem nas ruas justamente por causa da desatenção de pessoas que os compram num impulso, mas os abandonam na primeira dificuldade. Estatisticamente, os períodos em que os abandonos de cães e gatos mais ocorrem são perto do final do ano ou nas férias, quando os donos viajam, não têm com quem os deixar,  e simplesmente abandonam os pobres animais à própria sorte.

Por conta disso,  a Sociedade União Internacional Protetora dos Animais (Suipa) , mesmo com suas parcas condições físicas e financeiras, recolhe todos os dias nas rua 150 animais, e  outros 50 são recebidos diretamente no abrigo.

“Por mais que se explique a situação precária de nosso abrigo, hoje com cerca de 3 mil animais, as pessoas são irredutíveis, e se não acolhemos esses animais as pessoas simplesmente os abandonam em frente à Entidade”, explica a presidente da Suipa,  Izabel Cristina Nascimento.

Nas grandes cidades, os Centros de Controle de Zoonoses (CCZ) são responsáveis por recolher os animais abandonados nas ruas, prevenir a proliferação de zoonoses, e controlar sua população através de um programa de castração.

No Rio de Janeiro, o serviço de esterilização pode ser agendado nos bairros de Bonsucesso, Centro, Coelho Neto, Guaratiba, Jacarepaguá, Largo do Machado, Realengo e Vicente de Carvalho.

Na cidade do Rio de Janeiro pode-se requerer  ao CCZ o recolhimento de um animal abandonado através dos telefones 3395-2142 e 3365-1240. A pessoa deve ficar atenta se o animal em questão não é considerado comunitário, ou seja, se não é cuidado e alimentado  pelos moradores da região.

Já com relação às denúncias de maus-tratos, a Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais (SEPDA) recebe ligações por meio de sua ouvidoria (3402-5417). O órgão realiza visitas técnicas para apurar as denúncias e, caso confirmadas, o animal é removido do local e seu proprietário recebe uma multa de R$ 2 mil.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

8 Opiniões

  1. VAN disse:

    A grandeza de uma nação pode ser julgada pelo modo que seus animais são tratados. ” ( Mahatma Gandhi)

    Esta aí uma frase bem colocada para representar a nossa nação.A julgar pelo modo que os animais são tratados,podemos concluir quanta grandeza ainda falta nessa nação.
    Um país que trata a Educação com tanto descaso,como poderia tratar os animais de forma diferente,onde a corrupção ludibria a justiça com tanta facilidade,politicos que se afastam quando o circo pega fogo mas,ficam na espreita assim que o fogo se apaga,lá estão eles de volta como se nada tivesse acontecido,e o que é pior, cada vez mais milionários.
    Como preparar nossas crianças para o futuro,como educá-las no aprendizado com relação aos animais,ensiná-las sobre a responsabilidade de se ter um animal se a Educação que hoje temos não tem competencia nem para educar as próprias crianças.
    Um país onde ao que parece o objetivo é confundir,ignorar,enriquecer as custas do suor do trabalhador e tornar a sociedade cada vez mais distante de ter a dignidade de ser um cidadão com conhecimentos e esclarecimentos sobre amor,moral e respeito a vida.
    É preciso civilizar o homem em relação a natureza e aos animais,mas para que tenhamos a conscientização de respeito a toda criação,é preciso de mudanças em toda nossa estrutura politica,é preciso seriedade e investimento tendo como Prioridade…EDUCAÇÃO.Pobres animais!porque os seus sofrimentos só serão amenizados com campanhas educativas,sobre castração,esterelização,vacinação,e posse responsável.

  2. carlos alberto martins disse:

    tenho atualmente 10 cães e 54 gatos.todos recolhidos da rua,sendo muito bem tratados e com muito carinho.entre eles reina a msior amizade,não havendo nenhum problema.sei os nomes de cada um,e procuro dar a todos o meu carinho e atenção,sendo que estou escrevendo com dois em meu colo.moro em uma pequena chacara,pretendendo comprar um maior para dar mais conforto a todos.não pertenço a nenhuma organização,mais estou fazendo a minha parte.

  3. vitoria disse:

    venho atras desse email comunicar que tem um cachorro em minha residencia que meu esposo pegou na rua pra cuidar que ele tava com bicho na orelha,e agora nao sei oque faço com ele nao quero ficar com ele ja tenho um cachorro nao quero mas ,ele ja atacou ate meu pood quero que voces venham buscar! se nao o caminho dele sera a rua de novo me ajudem por favor!obrigada

  4. claudia disse:

    OI MEU NOME É CLAUDIA GOSTARIA DE SABER COMO FAÇO PARA ADOTAR UM CACHORRINHO MACHO FILHOTE BRANCO DE PORTE PEQUENO PARA MEU FILHO. SE Ñ FOR DE PORTE PEQUENO PADE SER QUALQUER UM DESDE QUE O CACHORRO GOSTE DE CRIANÇA.AGUARDO UMA RESPOSTA MORO EM CURICICA JACAREPAGUA TEM ALGUM ABRIGO PROXIMO.

  5. Afonso Guedes disse:

    Abandono pressupõe que algo era pertencente e foi abandonado. Em se tratando de uma vida animal, não é simples irresponsabilidade, É CRIME!!!
    Esse evento, o do abandono, deixa mais uma vez claro que o Homo sapiens (?) não deu certo como espécie.

  6. Valéria Cristina vital dos santos disse:

    Por favor tenho seis gatos com essa doença contagiosa estou desempregada sem condições de cuidar jamais jogaria narua qualquer animal por favor aceitem eles acho que também contrai a doença peço amoe de deus me ajudem muintos jogarão na minha porta

  7. Joyce Sooares disse:

    Estou doando 7 filhotes de labrador com apenas 1 mês e 5 dias , pois a cachorra do meu irmao deu cria e eu nao tenho coragem de largalhos na pois sabendo que er crime e eu jamais faeia isso , obs .. Minha casa vai entra em obra e nao tenho como fica com eles porq meu quintal nao e mt grande e precisso de ajuda .. Aqueles q se interessarem entrem 986126274 _ 24466259 em contato comigo , serei grata aqueles que me ajudarem !! Sou de jacarepagua -taquara

  8. Vera Lúcia Campelo de Souzav disse:

    Oi uma boa noite a todos! Venho pedir pelo amor de Deus, para me ajuda com uns cachorros, ao lado da minha casa. A dona da casa, ao lado trabalhar, para uma mulher que parece trabalhar na suipa. Mas os cachorros, não ficam todos lá. Mas os cachorros não são bem tratados. Vive Souto no quintal cheio de lixo e ratos…E quando sai, deixa o animal sem comida, latindo muito!!!! Eu sofro de pressão alta etc…Eu já estou pedindo a ela para ver o que esses animais têm. Senhores estou cansada de pedir. Ela não faz nada, está sempre acumulando sacos de lixo no quintal… Resumindo, só alimenta os animais, a noite. Com tanta ração na casa da patroa. Agora eu fico pensando o que é feito dessa ração??? Porque manter os bichos com fome e frio. Gente que mundo é esse!!! Pelo amor de Deus aqui em Piratininga. Já retirei dessa estrada vários animais, torturados, machucados, abusados etc..Gente que povo ruim, os cachorros são muito melhor que muitas pessoas. Eu tenho três cachorros, pois os que peguei nas ruas, cuidei e doei, sendo que fiquei com uma . E os outros são meus mesmo… Meus cães não latem o dia inteiro!!!! Agora mesmo eles estão latindo muito!!! Agradeço a atenção! E na certeza que os senhores vão socorrer os animais, e a mim…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *