Início » Brasil » Política » Renault e Volks planejam expansões no país
Investimentos

Renault e Volks planejam expansões no país

Soma dos investimentos dos dois grupos será de, no mínimo, R$ 2 bilhões

Renault e Volks planejam expansões no país
Volkswagen produz 3,6 mil carros por dia (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Renault e a Volkswagen vão anunciar em breve investimentos para ampliar a capacidade de produção no país. O presidente mundial do grupo Renault / Nissan, Carlos Ghosn, estará no país em outubro para detalhar o plano de expansão da Renault no Paraná. É possível que o executivo aproveite para revelar também onde será a nova fábrica da Nissan.

Já a Volkswagen avalia duas alternativas de expansão: injetar recursos em uma das três fábricas já existentes ou construir uma nova. Seja qual for a opção, a soma dos investimentos nos projetos dos dois grupos será de, no mínimo, R$ 2 bilhões.

As duas montadoras querem aproveitar as projeções que indicam uma contínua expansão do mercado brasileiro nos próximos anos. Mas, enquanto o plano do grupo Renault é elevar a ainda tímida participação de mercado das duas marcas (Renault e Nissan), na direção contrária, a Volkswagen tenta impedir que o avanço da concorrência a derrube de uma histórica e privilegiada posição no mercado brasileiro.

No caso da fábrica da Renault, Ghosn se esforça para manter em suspense os detalhes do valor e mesmo o município escolhido para receber os investimentos. Quanto à Nissan, ele também não dá pistas sobre o rumo de antigas discussões com o empresário Eike Batista para uma eventual parceria.

O presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall, disse que é preciso elevar a produção diária da média atual de 3,6 mil carros em mais de 700 unidades na primeira fase. Mais adiante, a produção adicional diária subiria para algo entre 1,2 mil a 1,4 mil.

No caso da Volks, o plano de ampliação industrial se baseia, principalmente, na necessidade de aumentar a presença no segmento de comerciais leves, segundo Schmall. As projeções se sustentam na expectativa de a demanda por carros novos se manter estável no longo prazo, já que os resultados dos últimos dias não têm sido tão otimistas.

Fontes:
Valor - Renault e Volks planejam expansões

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *