Início » Notícia » Rossine doou além da conta
Coluna Esplanada

Rossine doou além da conta

Ele doou R$ 4.307.100 às campanhas dos governadores tucanos Marconi Perillo, em Goiás, e Siqueira Campos, no Tocantins

Rossine doou além da conta
Empreiteiro Rossine Aires Guimarães (Fonte: Reprodução/Cenário Tocantins)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Siga o colunista no Twitter @leandromazzini

Leandro Mazzini é jornalista e escritor

O empreiteiro Rossine Aires Guimarães, sócio de Carlinhos Cachoeira no Tocantins, terá de se explicar à Justiça. Ele doou R$ 4.307.100 às campanhas dos governadores tucanos Marconi Perillo, em Goiás, e Siqueira Campos, no Tocantins. Pela lei, as doações de pessoas físicas não podem ultrapassar 10% dos rendimentos brutos registrados no ano anterior. Seu pro-labore teria que alcançar estupendos R$ 4 milhões mensais. Nem Messi, o melhor jogador de futebol do mundo, ganha isso de salário.

Exagero$

O salário de CEO de multinacional, por exemplo, bate uns R$ 100 mil. Os membros da CPI do Cachoeira vão atrás dos rendimentos contabilizados por Rossine na Receita.

Cerco

Pela lei, Rossine poderá pagar multa de até cinco vezes o valor excedido na doação em relação ao que foi declarado à Receita. Mas a CPI quer saber: de onde veio o dinheiro.

Bom samaritano

Uma doação de Rossine de R$ 3 milhões para o candidato Siqueira Campos chamou a atenção. Rossine tem contratos de R$ 234 milhões com o governo de Tocantins.

Guerra no PMDB

Anda tensa a relação da bancada do PMDB na Câmara dos Deputados. Visivelmente rachada. Um grupo, ainda minoria mas crescente, apoia a candidatura de Rose de Freitas (ES) à presidência da Casa ano que vem, em detrimento de Henrique Alves (RN), por ora seguro pelo menos com aliados.

Efeito colateral

O PT quer ruir o acordo com o PMDB para alçar Alves ao cargo. O PT desconfia de que o partido ‘aliado’ não abrirá mão da presidência do Senado. Embora o trato não alcance a Casa Alta, as movimentações fazem efeito colateral.

No alambrado

Sem ter o que fazer na Câmara, comitiva de 10 deputados da Frente Ambientalista visitará as obras do estádio de Brasília. É o primeiro passeio de uma série prevista para as obras da Copa de 2014.

Ruralistas

Uma prova de que o novato PSD é composto de ruralistas. Oito do partido votaram contra a PEC do Trabalho Escravo, que propõe confisco de terras.

Fator eleitoral

Márcio França, presidente do PSB paulista e secretário de Turismo do governo tucano Alckmin, entregou o cargo. Foi obrigado a apoiar Fernando Haddad (PT) à prefeitura.

Bola cantada

Como a coluna cantou a bola dia 27 de março, num acordo entre PT e PSB nacionais, Humberto Costa (PT) será o candidato no Recife. Se eleger-se, o PSB ganha vaga de senador com o suplente do petista, Joaquim Francisco.

Sondagem

O senador Jorge Viana (PT) do Acre já foi sondado para substituir Humberto Costa (PT) na relatoria do processo contra Demóstenes Torres (DEM) no Conselho de Ética do Senado.

Memória

Foi o senador Romero Jucá (PMDB) o padrinho da estreia da Delta em obras no governo de Roraima. Ela conseguiu contrato de recuperação da BR-174 no consórcio com Via Engenharia, Engesa, Seabra-Caleffi e CMT Engenharia.

Voz do povo

A recente defesa das ações violentas da Rota feita pelo governador Geraldo Alckmin (SP) tem explicação. Pesquisa da USP mostra que 68,6% dos paulistas aceitam que policiais atirem contra suspeitos.

Voz do povo 2

Quem tem lido pesquisas qualitativas quinzenais é a presidente Dilma Rousseff. Confirmam aprovação geral de suas decisões em relação a parlamentares.

Perigo

‘Isso é um perigo’, diz um deputado aliado do PR, sobre a eventualidade de a presidente se nortear pelas pesquisas e esquecer as relações com o Congresso.

Ponto Final

O ano já chegou à metade e o governo não fez obras emergenciais para recuperar estragos das chuvas de verão no Sudeste.

Com Gilmar Correa e Marcos Seabra

contato@colunaesplanada.com.br
www.colunaesplanada.com.br

* É proibida a reprodução total ou parcial da coluna sem a prévia autorização do editor da Esplanada.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *