Início » Brasil » Política » São Paulo: confira os principais candidatos à prefeitura
Eleições municipais

São Paulo: confira os principais candidatos à prefeitura

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Acompanhe com o Opinião e Notícia as principais notícias sobre as eleições municipais 2008. Os cobiçados cargos políticos incluem vagas para prefeitos e vereadores. Os representantes do povo devem tomar importantes decisões acerca de temas como saúde, educação básica, conservação das ruas.

A disputa para deputados estaduais e federais, senadores, governadores e presidente da República só irá ocorrer no ano 2010.

Os quatro principais candidatos à prefeitura de São Paulo — Marta Suplicy (PT), Geraldo Alckmin (PSDB), o prefeito Gilberto Kassab (DEM) e Paulo Maluf (PP) — iniciaram extra-oficialmente na última segunda-feira, dia 30 de junho, suas campanhas.

* O Opinião e Notícia selecionou os candidatos que tinham reais chances de ir para o segundo turno nas eleições municipais de São Paulo, com base em pesquisas de intenção de votos antes do primeiro turno.

 

Marta Suplicy (PT)

É psicóloga e atuante na política brasileira. Ocupou o cargo de ministra do Turismo no período entre março de 2007 e junho de 2008. A candidata petista pretende aliviar os problemas do trânsito de São Paulo, rever o modelo do bilhete único (onde é possível fazer várias integrações de ônibus pagando somente uma passagem dentro do período de duas horas) — que já utilizava na época de sua gestão no transporte público — e reduzir os impostos municipais.

Marta sugeriu ao governo federal que seja realizado um projeto de extensão do metrô de São Paulo até 2014. Com isso, o transporte da capital passaria a contar com uma linha metroviária de 65km e 279km de corredores de ônibus. A candidata afirmou que só não investiu no transporte subterrâneo durante a sua gestão (2001 a 2005) como prefeita de São Paulo porque houve um período de recessão nos últimos dois anos do governo de Fernando Henrique Cardoso.

Escândalos:

Se envolveu em um grande escândalo na época do caos aéreo, onde sugeriu que não havia solução para o problema. Para os passageiros, que enfrentaram horas e horas de atrasos e aeroportos lotados, ela recomendou: "relaxa e goza".

De acordo com seus principais adversários políticos, Marta estaria explorando a imagem do presidente Lula em sua campanha ao tentar constituir um vínculo com ele e com as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Estratégias nas eleições municipais 2008:

– Reduzir as taxas tributárias. O objetivo é, de certa forma, tentar acobertar o fato de que foi a responsável pela criação de uma série de novas taxas em sua gestão, como as taxas do lixo e de iluminação.

Geraldo Alckmin (PSDB)

Alckmin é médico e ex-governador de São Paulo. O tucano tem como principal preocupação o tema da saúde, segundo ele, o maior problema enfrentado pela população. Alckmin também defendeu as AMAs (unidades de Atendimento Médico Ambulatorial)."AMA é só para emergência. Ela ajuda a desafogar o pronto-socorro. O que tem que funcionar é o Programa de Saúde da Família, as Unidades Básicas de Saúde", afirmou o ex-governador à Folha Online.

Durante um seminário para debater suas propostas para a área da saúde, o tucano disse que não está preocupado com a concorrência. "Não vamos fazer críticas a ninguém, mas nós vamos abordar todos os problemas que afligem a população de São Paulo".

Lembrado como o concorrente que terá poucos recursos econômicos para a sua candidatura, o tucano tenta formular um discurso para combater a imagem de Kassab como parceiro de José Serra e atacar Marta Suplicy.

O deputado Edson Aparecido, coordenador da campanha de Geraldo Alckmin, afirmou: "Quando governador, Alckmin fez investimentos estratégicos para a cidade, como o Rodoanel, a calha do Tietê. Também foi o primeiro a investir R$ 185 milhões em obras na Avenida Jacu-Pêssego".

Escândalos:

Alckmin se envolveu no escândalo da Nossa Caixa, um suposto esquema de favorecimento do banco estatal na distribuição de verbas públicas favorecendo deputados vinculados à base aliada. O esquema de distribuição ilegal de verbas ainda não foi completamente solucionado.

Estratégias nas eleições municipais 2008:

– Trazer medidas para o problema do trânsito de São Paulo
– Apostar na imagem da boa administração de sua gestão como governador
– Ter o apoio oficial do governador José Serra
– Se empenhar no discurso de que a cidade necessita de obras estruturais. Ele sugere que haja investimentos do Estado na capital. Sua idéia é que o metrô e os hospitais serão os principais beneficiados por estes investimentos.

Gilberto Kassab (DEM)

O atual prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, aposta na boa imagem da sua presente gestão. Para Kassab, o que já está funcionando na cidade, como é o caso do Cidade Limpa, deve continuar. A nova lei tem como objetivo eliminar a poluição visual em São Paulo, proibindo anúncios publicitários em táxis, ônibus e bicicletas.

A falta de popularidade de Marta Suplicy e o fraco discurso de Alckmin são características que animam Kassab para as eleições. Ele também pretende gastar R$ 5 milhões a mais que seus principais rivais e fixou em R$ 30 milhões a estimativa de gastos de campanha para a reeleição.

Estratégias nas eleições municipais 2008:

– Apostar na boa administração de seu exercício
– Destacar os êxitos da lei Cidade Limpa, que deverá continuar

 

Paulo Maluf (PP)

Um dos candidatos que vem com força é o político e empresário Paulo Maluf, dono da Eucatex. Ele pretende concorrer mais uma vez à prefeitura de São Paulo — cargo que já ocupou por duas vezes — e acredita que poderá seguir para o segundo turno devido ao seu forte eleitorado fiel (nas eleições de 2006, para deputado, obteve a maior votação do País).

Maluf, atualmente, é presidente do diretório paulista do Partido Progressista (PP) e exerce o cargo de deputado federal de São Paulo.

Escândalos:

Maluf esteve envolvido em um episódio no qual foi acusado de intimidar uma testemunha em 2005, ano em que foi preso durante 40 dias. O escândalo ocorreu após denúncias de lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, corrupção e evasão fiscal (crime contra o sistema financeiro). Também responde a uma série de processos.

Maluf foi condenado, em 2006, pelo Superior Tribunal de Justiça por ter feito uma contratação irregular da TV Globo para cobrir a famosa Maratona de São Paulo.

Estratégias nas eleições municipais 2008:

– Conta com um eleitorado fiel
– O tom da sua campanha é a questão do trânsito, principal problema enfrentado pelos paulistanos
– Já fez algumas obras na cidade e pretende valorizar seus benefícios

Confira as próximas datas importantes das eleições municipais de 2008:

•6 de julho -> data em que vai ser permitida a propaganda eleitoral.

•19 de agosto -> início da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão.

•5 de outubro -> dia das eleições

•26 de outubro -> dia das eleições, das 8 hs às 17 hs, para as cidades onde haverá 2º turno.

 

Confira aqui os candidatos a vereador de São Paulo.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. marcia dias disse:

    A Marta Suplicy vai dar o dinheiro da Prefeitura a Fundo perdido para projetos sociais como fez 2001 a 2004.

  2. marcia dias disse:

    A Marta Suplicy vai dar o dinheiro da Prefeitura a Fundo perdido para projetos sociais como fez 2001 a 2004.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *