Início » Brasil » Política » Sentenças a acusados por distúrbios geram polêmica
Grã-Bretanha

Sentenças a acusados por distúrbios geram polêmica

Um universitário foi condenado a seis anos de prisão por roubar água em um supermercado

Sentenças a acusados por distúrbios geram polêmica
Ativistas dizem que penas de alguns acusados são duras demais (Fonte: Reprodução/Diário de Notícias)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Ativistas britânicos vêm criticando algumas das sentenças dadas a acusados pelos distúrbios da semana passada na Grã-Bretanha. Já o primeiro-ministro David Cameron defendeu nesta quarta-feira, 17, as medidas aplicadas, ressaltando que os tribunais britânicos estão enviando uma “mensagem dura”.

Leia também: Cameron em guerra com as gangues britânicas
Leia também: Saem primeiras sentenças por distúrbios na Inglaterra
Leia também: Desigualdade social estimula revoltas em Londres

Alguns parlamentares e defensores dos direitos humanos afirmam, no entanto, que as penas de algumas das 1.277 pessoas acusadas são duras demais.

Na última terça-feira, 16, dois homens foram condenados a quatro anos de prisão por incitarem atos de violência durante os distúrbios através do Facebook, embora ninguém tenha respondido aos pedidos deles. Um dos homens, um jovem de 21 anos, deve recorrer. Seu advogado disse que ele está “chocado com a sentença”.

Desordem pública não será tolerada

Em um outro caso que vem gerando críticas, um universitário foi condenado a seis anos de prisão por roubar de um supermercado uma caixa d’água que custa o equivalente a R$ 9,20.

Para a polícia, juízes e ministros, essas sentenças devem passar a mensagem de que a desordem pública não será tolerada. O Ministério da Justiça britânico informou que as decisões dos juízes “são baseadas em circunstâncias individuais, de cada caso e do acusado”, e que eles são independentes do governo.

Fontes:
BBC Brasil - Ativistas britânicos criticam sentenças para responsáveis por distúrbios
G1 - Penas a responsáveis por distúrbios geram polêmica na Grã-Bretanha
Veja - Cameron defende penas duras a acusados por distúrbios

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Regina Caldas disse:

    A Inglaterra tem como exemplo da ação de vândalos o que acontece na França. E agora começa a acontecer na Alemanha. Se não tomam medidas drásticas, a instabilidade economica e desemprego aos quais passa hoje a CE talvez criem problemas muito mais graves e difíceis de serem controlados. Melhor cortar o mal pela raiz.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *