Início » Brasil » Política » STF autoriza e Battisti deixa penitenciária
Preso desde 2007

STF autoriza e Battisti deixa penitenciária

Supremo determinou a soltura do italiano Cesare Battisti

STF autoriza e Battisti deixa penitenciária
Battisti foi libertado na madrugada desta quinta (Fonte: AFP)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Por seis votos a três, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) negaram nesta quarta-feira, 8, a extradição do italiano Cesare Battisti, preso desde 2007, para seu país de origem e decidiram a favor da sua soltura.

A decisão segue assim a determinação do ex-presidente Lula, que no dia 31 de dezembro do ano passado negou a extradição de Battisti, que poderia ter sido solto, mas o governo italiano recorreu e o caso foi reaberto pelo STF.

Battisti deixa prisão após quatro anos

Os ministros decidiram que a Itália não “tem competência legal” para questionar uma decisão de um chefe do Executivo na mais alta instância do Poder Judiciário do Brasil.

Cesare Battisti, que foi condenado à prisão perpétua na Itália pelos assassinatos de quatro pessoas na década de 1970 quando era militante do grupo Proletários Armados pelo Comunismo, deixou o Complexo Penitenciária da Papuda, em Brasília, pouco depois da meia-noite desta quinta-feira, 9. Ele não falou com a imprensa.

Itália lamenta decisão do STF

Agora seus advogados terão que resolver pendências formais para a permanência de Battisti no Brasil, uma vez que ele está sem passaporte e sem visto.

O governo italiano lamentou a decisão do STF, ressaltando que levará o caso ao Tribunal Internacional de Justiça, em Haia, na Holanda. O ministro francês das Relações Exteriores, Franco Frattini, disse que “essa decisão ofende o direito de justiça para as vítimas dos crimes de Battisti e é contrária às obrigações aprovadas nos acordos internacionais que unem os dois países”.

NOSSA OPINIÃO

O Opinião e Notícia lamenta a decisão da Suprema Corte do Brasil de libertar o ex-terrorista italiano Cesare Battisti, condenado na Itália à prisão perpétua pela participação no assassinato de quatro pessoas no final da década de ’70. A sentença do STF descumpre a Convenção de Viena que rege as leis internacionais, desrespeita o tratado de extradição firmado entre Brasil e Itália em 1989 e ofende o direito de justiça dos familiares das vítimas do terrorista. Ao libertar um assassino condenado na Itália, um país democrático, o Brasil corre o risco de perder credibilidade internacional e de prejudicar sua relação de amizade com o governo italiano, que já prometeu recorrer a todos os tribunais internacionais contra a decisão da corte brasileira.

Ao decidir acatar a decisão de Lula de não extraditar Battisti, o Supremo não fez valer um ato de soberania do estado brasileiro, como afirmou a maioria dos ministros do STF. Ao contrario, ao libertar Battisti, o Brasil concedeu refúgio a um criminoso comum. Como afirmou a ministra Ellen Gracie em seu voto vencido, “soberania o Brasil exerce quando cumpre tratados, não quando os descumpre”.

Fontes:
Terra - Itália anuncia que levará caso Battisti à Justiça de Haia
Uol - STF decide pela liberdade de Cesare Battisti no Brasil

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

29 Opiniões

  1. Pedro Britta disse:

    Pois é, paizinho esse o nosso. Deveria começar com “M” o nome dele. Libertar um psicopata como esse, e já é o segundo caso, e logo no Supremo. Bem, esse deve ser o supremo de frangos, de tão submissos. Estamos mesmo entregues as baratas.
    Que o molusco ex-presidente morra de paixão pelo Battisti não é de se estranhar, morre também de amores pelo Fidel, Che, Stalin, etc! Imagina, outros psicopatas iguais ao Battisti, só mais um assassino.
    A esquerda é assim mesmo, desde Lênin. É só ler a história deles. Eles lutaram pelo fim da ditadura militar de 64, mas para impor a deles. E hoje sorrateiramente estão viabilizando isso, e nós assistindo. E não fazendo nada!
    Pois é, ficamos assim, se eu enriqueço em curtíssimo espaço de tempo, eu um brasileirinho pequeno burguês, a receita federal me encontra. Mas se eu for da cambada da esquerda eles não encontram nada de anormal. Tem até o novo arquivista oficial do governo, antes era o Sepúlveda, que não achou nada de excepcional nesse enriquecimento. É lógico que o fulano só esta esquentando a grana dos lideres do partido. Testa de ferro. Cara de pau desses caras! Também pudera este país só serve para isso mesmo. Até em filmes de hollywood os bandidos escapam para este país de “M”.

  2. Renan Reis disse:

    Ele não é um prisioneiro comum, nem matou pessoas inocentes. O contexto era de conflito com o governo fascista! Porque a mídia não fala deste detalhe?

  3. André Luiz de Jesus Silva disse:

    O pior de tudo é que antes da intervenção de Lula o mesmo Supremo havia decidido pela extradição de Battisti. Agora em um ato contraditório marca internacionalmente o Brasil como um país da impunidade e segurança para criminosos com ligações clientelistas. Só encontro essa resposta lógica para entender uma atitude tão insensata, que fere os princípios de uma nação verdadeiramente democrática, amiga e soberana como a Itália. Tal situação me lembra a obra “O poder do atraso”, de José de Souza Martins, em que infelizmente a decisão do STF é normal, pois externa os reais contornos culturais e políticos de um Brasil anacrônico e desorganizado.

    Timon/MA.

  4. Carlos U. Pozzobon disse:

    Chega o fim a novela Battisti, com o bandido sendo inocentado e solto. Dentro em breve estará circulando pelos bares e restaurantes, conseguindo a cidadania brasileira, candidatando-se a deputado federal e fazendo carreira de homem público. Diversos partidos vão disputar sua inscrição e seremos obrigados a escutá-lo no horário eleitoral gratuito. Completada sua missão junto a seus pares, veremos seu nome nas ruas das cidades brasileiras, nas praças e possivelmente algumas estátuas erigidas em sua homenagem. Terá enfim o destino de um bárbaro tornado romano da época da decadência. Somos o figurino da dissolução por nós mesmos, uma vez que não somos ameaçados por exércitos invasores. Sabendo tirar proveito da canalha, Battisti poderá se tornar um herói nacional. Para isso, não se duvida que daqui a quinze dias já estará se apresentando como “consultor”. Não lhe faltarão clientes.

  5. daniel disse:

    concordo em tudo que vc falou Pedro Britta, tbem podera um pais que e governado por comunistas como Lula e Dilma, poder ter certeza que estamos perdidos. Me envergonho de ser Brasileiro por essas coisas.

  6. Benedito de Souza disse:

    Acho acertada a decisão brasileira, pois Battisti não cometeu crime algum no Brasil, ao passo que na Inglaterra, mataram um trabalhador brasileiro, sem motivo algum, covardemente e nada pudemos fazer para incriminar os culpados. Não deram nenhuma explicação aos familiares brasileiros e nenhuma satisfação ao governo brasileiro. O Brasil é pobre e contra os pobres tudo pode, não é assim?

  7. Antonio disse:

    Oh… Supremo Tribunal Federal do meu País, 33% dos minístros autonomos e com as atitudes voltadas para as decisões sérias, os demais não sei afinal foram duas decisões questionáveis nas últimas semanas.

    E o que dizer da Procuradoria Geral da União que arquivou o caso Palocci!!!

    É tudo farinha do mesmo saco.

  8. João Cirino Gomes disse:

    As cadeias continuam superlotadas dos trs P; pretos pobres e p..tas! E tem cara de pau superfaturando desde merenda escolar, construção de presidio e até estadia de preso! Dizendo que cada preso, daqueles que estão embolados em pequenos cubículos, custam aos cofres públicos, quero dizer ao pagador de imposto, mais de quatro mil quinhentos reais! Mas não tem verbas para a educação? Sera que as cadeias são mais instrutivas que as escolas? Nem uma faculdade em período integral custa tanto!
    Depois pagam a mídia para fazer estardalhaço nas manchetes sensacionalista e vendida, que para conveniência de alguns, acoberta seus roubos, desfalques, desvios superfatutramentos! E distorcendo os fatos apresentam ao mundo meninos descalços, sem camisa, aparentemente mal nutridos como sendo os responsáveis pelo aumento da criminalidade e violência!
    Dizendo que é para preservar a ordem, jogam o próprio povo desinformado contra o povo! E poucos entre a sociedade, ou até mesmo entre os policiais percebem, que somos na maioria, vitimas deste sistema injusto, enganoso e ganancioso do estado dominante do verdadeiro crime organizado!
    Que podemos esperar de um país, onde o ministro Palocci é acusado de chefiar um esquema de corrupção; O Delegado Protógenes, que prende o bandido, é punido; e o banqueiro bandido, por ser sócio do filho genial do presidente, é inocentado!
    Onde assassino de outra nacionalidade recebe cidadania em forma de cobertura presidencial; e os bombeiros, pais de famílias, trabalhadores são presos por fazerem greve por melhores salários?

    Meus Amigos / Minhas Amigas;

    Acabei de assinar o abaixo-assinado online e estou buscando adeptos a causa!
    A lei de imunidade deveria ser para evitar injustiças e não para acobertar bandidos, como vem ocorrendo no Brasil!

    «Fim da imunidade e impunidade! Ou voto Nulo, em quem promete, só visando vantagens!»

    Eu concordo com este abaixo-assinado e acho que você também pode concordar.

    Leia o abaixo-assinado e divulgue para seus contatos. Vamos juntos fazer valer a democracia!

    Obrigado,
    João Cirino Gomes

    Abaixo- assinado Fim da imunidade e impunidade! Ou voto Nulo, em quem promete, só visando vantagens!

    Abrir hiperlink e assinar: http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron

    A Pátria agradece!

    Para: Senado Federal

    Fim da imunidade e impunidade! Ou voto Nulo, em quem promete visando vantagens!

    ESTE É O PRIMEIRO PASSO PARA TERMOS UM PAÍS DEMOCRÁTICO, COM DIREITOS IGUAIS E JUSTIÇA SOCIAL!

    E quem quiser ser candidato que seja, pode até mentir, mas se roubar, será preso e terá que devolver aos cofres públicos os produtos de suas falcatruas!
    Pois é a oportunidade e a impunidade, que esta fazendo o ladrão neste país; indiferente de partido, raça, cor, ou credo!

    E que adianta criticar generalizando; se os políticos desonestos continuam aprovando leis e emendas visando seus benefícios?

    Se analisarmos corretamente; somos nós mesmos; “esta população inocente”, que lhes da à chave do cofre e o poder de semi deuses, deixando que desfrutem da lei de imunidade parlamentar!
    “ESTE PROCEDIMENTO” é o mesmo que dar um cheque assinado em branco a um estranho! E quem acaba sem ação, sendo malhados e pagando contas indevidas, são os políticos bem intencionados, se é que ainda existem, os cofres públicos e o povo em geral.
    Mas com boa vontade, poderemos esclarecer a maior parte da população!
    Vamos deixar claro:> Enquanto houver IMUNIDADE PARLAMENTAR, não haverá justiça social, nem democracia; pois em uma democracia, os direitos são iguais, e sempre predomina, ou seja, deve prevalecer a vontade da maioria.
    E com o fim da imunidade, os políticos corruptos pensarão, antes de cometer suas falcatruas!
    A questão é que encontrei este espaço, e buscarei outros, dentro da dita liberdade de expressão, e da tal democracia vigente, para que esta sugestão, e o abaixo assinado chegue a todos os parlamentares.

    E pretendo divulgar suas opiniões e seus manifestos, “sobre o assunto em pauta”, que é de interesse da população! Pois com o fim da imunidade, os que forem pegos com a mão na botija, devem ser julgados por um júri popular. “Já que são homens públicos, e eleitos pelo povo”; devem ser julgados por quem os elegeu; e se condenados, deverão ser responsabilizados por seus atos, como qualquer cidadão, e terão que devolver aos cofres públicos o produto das suas falcatruas!
    Não adianta o eleitor reclamar de políticos corruptos; é perda de tempo!
    E como estamos em um país que se diz “DEMOCRÁTICO”, vamos fazer valer nossos direitos, E PEDIR O FIM DA IMUNIDADE PARLAMENTAR!
    VAMOS NOS ORGANIZAR; Pois enquanto houver a oportunidade, todos oportunistas agirão da mesma forma; não tem este nem aquele, sem distinção de partido, raça ou credo!

    Estes são os fatos verídicos, que realidade vem nos mostrando!…
    Vamos nos prevenir contra a corrupção, e os enriquecimentos ilícitos!

    É simples:
    Todo cidadão têm o direito de se candidatar, porem deve ser responsabilizado por seus atos!

    Além do mais, precisamos acabar com as CPI que terminam em festanças, e só aumentam o salário principesco de políticos, que acabam rindo da nossa cara!

    Vamos acabar com as roubalheiras:
    E para isto basta derrubar a MALDITA LEI DE IMUNIDADE!
    Se os políticos não aprovarem, demonstraremos nosso repudio, através do VOTO NULO!

    ESTOU CANSADO DE SER ENGANADO!
    E as escrituras sagradas nos ensinam; que maldito é o homem que confia no homem!

    É claro, políticos honestos e bem intencionados, aprovarão esta medida, ela é justa, e ninguém é obrigado a confiar em eternamente em quem o engana constantemente!

    Só assim conseguiremos passar o país a limpo!

    Aproveito para sugerir: Vejam uma pequena lista dos corruptos, os verdadeiros integrantes do crime organizado, responsáveis pelo aumento da violência, criminalidade e miséria no país!

    http://www.florianonet.com.br/politicoscorruptos/main.html

    O mal só aumenta, se as pessoas de bem cruzarem os braços!

  9. olbe disse:

    Não consigo entender pq Lula tem tanto interesse de proteger Batistti? Ele será devolvido à Italia, não à Líbia.Pq não protegeu os atletas Cubanos? Eles não eram assassinos mas com certeza foram perseguido em Cuba e devem estar presos, alguém tem noticias deles? Com o menino Sean tb o governo brasileiro achou que não devia devolver o menino para seu verdadeiro pai. Levou anos pq o padrasto é um famoso advogado, perdesse a causa. Precisou que Hilary Clinton intercedesse. A Italia devia pedir de volta os passaportes italianos que a família de Lula recebeu do governo italiano. Eles ´podem ser considerados, PESSOAS NON GRATAS na Italia.
    Outra pergunta: O QUE ACONTECERIA COMIGO SE ENTRASSE NO BRASIL COM PASSAPORTE FALSO???????????????
    Quem faz isto é um marginal!!!!

  10. olbe disse:

    Espero com fé que a Itália recorra à Corte de Haia
    Ele será extraditado, com certeza.

  11. olbe disse:

    Parabéns à OPINIÃO E NOTICIA que se posicionou indignada, como a maioria esclarecida deste País

  12. olbe disse:

    João Cirino Gomes,adotei sua causa: vou assinar e divulgar.Acredito que quanto mais alto o cargo que uma pessoa ocupe mais severa deve ser sua pena e não por causa disto ser perdoado.Um pobre analfabeto pode não conhecer a lei mas um Juiz,um Presidente, um deputado, um senador, sabe muito bem o que está fazendo qd é corrupto.

  13. João Cirino Gomes disse:

  14. João Cirino Gomes disse:

    O assassino ganhou cidadania, vai ganhar uma grana de indenização por ter ficado preso talvez ganhe uma aposentadoria e se candidate pelo PT, se isso acontecer não duvido nada e quer saber não sei de qual maneira, mas o canalha bandido vai se eleger!
    É só ele dizer que defende a justiça social e justa distribuição de renda que se elege!

    Depois não tem verbas para a Educação, não tem para a segurança, não tem para a saúde, nem para dar o aumento justo, garantido por lei aos aposentados!
    E o Brasil, cheio de salvadores da pátria um melhor que o outro!
    Todos se tornando bilionários da noite para o dia!
    É COMO DIZIA Boris Casoy; É uma vergonha!

  15. renato disse:

    Só quero saber como fica a consciência destas pessoas do poder(principalmente os juízes e o ex-presidente)ao darem liberdade a um assassino e condenarem a prisão milhares de brasileiros que cometeram furto às vezes de pequena monta.
    A questão não é só jurídica é principalmsente ética e isto faltou aos que liberaram o assassino

  16. João Eduardo de Souza disse:

    Sinto-me envergonhado, agora só falta uma polpuda aposentadoria.

  17. carolina disse:

    É um absurdo realmente essa é uma prova de que o lugar de bandido é no Brasil o país da impunidade.

  18. Emmanuel Barbosa Gomes disse:

    Esta história já foi contada antes. Uma alemã foi extraditada e entregue a Hitler. Nesta epoca a “opinião” do Opinião deveria ser a mesma. Entreguem essa “terrorista”. Morreu Olga como mais de milhões de Judeus,Ciganos e Coministas nas mãos do Nazista. Entregar Batistti ao Pedofilo é a mesma coisa. Olga foi acusada de terrorista, Batistti também. Todos em condições inferiores ao Poder são terrorista: Jeferson nos EUA ao detonar navio Britanicos na guerra da Independencia e tantos outros. Viva a soberania brasileira.

  19. George da Silveira disse:

    Pedro Brita vc se esqueceu do Presidente do Irã.
    Este tipo de coisa é revoltante. Não me admira que um dia o Osama B. Laden apareça por aí, pelas praias de Copacabana curtindo um sol e tomando uma cervejinha ou uma genebra…
    Aqui dá de tudo!
    Isso é que é JUSTIÇA SOCIAL!!!!!???????

  20. Alfredo Loureiro disse:

    Pois é, terrorista e assassino, julgado e condenado. No Brasil, é solto, enquanto isso , nosso defensores, nossos heróis, que trabalham por um salário no mínimo aviltante, são presos e permanecem presos.
    E viva o Brasil.
    Não joguem lixo no chão, ao menos isso!

  21. gecos@bol.com.br disse:

    Oba! mais um bandido, baderneiro, terrorista, guerrilheiro a ser sustentado pelo nosso país! Os ministros fizeram o trabalho direitinho conforme mandou o batráquio barbudo. Agora este novo cidadão liberto fará dupla com os palocci da vida e mais a turma experta que governa este país!Que maravilha viver no Brasil! Bravos!

  22. Henrique de Almeida Lara disse:

    A meu ver, como cidadão brasileiro que ama o seu País e, por isso, deseja vê-lo honrado, respeitado e admirarado pelas suas mais alta virtudes, a decisão do STF, Suprema Corte do País, é vergonhosa e desastrada. A impressão que tenho é que o STF está eivado da ideologia marxista-comunista, pois, com 78 anos, há mais de 50 anos que acompanho todas as maselas dessa ideologia, tendo adquirido visão ampla e profunda dela e está mais que provada que ela é adapta da subversão, do crime, da desordem, do autoritarismo e do desrespeito aos direitos humanos.
    Estarreceu-me a afirmação que diz que os Suas Excelências Senhores Ministros “decidiram que a Itália não tem competência legal para questionar uma decisão de um chefe do Executivo na mais alta instância do Poder Judiciário do Brasil”. Primeiro, digo que ninguém é infalível. Até o Papa e seus concílios perderam a sua infalibilidade a partir da Reforma Protestante. É por isso que todo e qualquer caso exige muito estudo das leis do País e seus relacionamentos com os direitos e tratados internacionais. O que tem que valer é a lei e não a ideologia. Portanto, cabe revisão de decisões tomadas.
    Segundo, se um país não pode questionar as decisões tomadas por uma Corte de outro país dentro dessa mesma Corte,sem dúvida paderá fazê-lo em cortes internacionais.
    Portanto, a Itália está coberta de razão ao decidir levar o caso Battisti ao Tribunal Internacional de Justiça em Haia. Até porque a decisão do STF do Brasil feriu o direito de justiça das vítimas dos crimes cometidos por Battisti, faltou com as obrigações aprovadas nos acordos internacionais que unem os dois países, descumpriu a convenção de Viena, desrespeitou o tratado de extradição firmado entre o Brasil e a Itália. Os familiares das vítimas de Battisti também têm direito de justiça.
    Pois bem, o Brasil está importando terrista e criminosos. Já não sabemos quanto deles há protegidos no País. Já temos criminosos demais, não há necessidade de imprtá-los.
    Se Battisti fosse um criminoso de direita ou de centro direita já teria sido extraditados há muiro tempo, mas por ser de esquerda, ele fica.
    O lamentável é que com toda essa trapalhada o nosso amado Brasil está perdendo credibilidade. O País está falido em todas as esferas de governo e, sobretudo, moralmente. Que STF tome conhecimento de minhas palavras.

  23. LOURIVAL MUNIZ REIS disse:

    Estamos diante de dois paralelos um deles diz respeito a autonomia do Estado brasileiro e a outra a esta no fato de que a nossa Suprema Corte etá em harmonia com o Poder Executivo.
    Embora seja uma decisão politíca, não podemos deixar de pensar que nosso país tem que simpesmente acatar pedidos internacionais por mera conformidade do país requerente. No caso sob exame, acredito que o país está correto em não mandar italiano para seu país de origem para ser submetido ao judiciário penal.

  24. Honório Tonial disse:

    Sempre ouvia dizer que o Supremo Tribunal de Justiça efetuava o julgamento e asentensa devia ser cumprida.
    Pelo que entendi, no caso Batisti a decisão final foi do Presidente Lula.
    – Será porque foi ele quem garantiu a nomeaçao da maioria dos membros do Tribunal?

  25. geovane disse:

    Não sei muito a respeito desse terrorista, mas entendo que se ele deve á justiça italiana, o problema deveria ser resolvido em seu país de Origem.Nós já temos problemas demais. interessante…
    Os políticos abrem um caso desses para o brasileiro focar sua atenção na mídia e esquecer os nossos problemas. Ex: Caso palocci e outros casos que são importantes mas que não damos muita credibilidade. Vamos abrir os nossos olhos.

  26. Rogerio Faria disse:

    As relações internacionais sempre foram um grande prostíbulo. Países ricos pisando nos Paíse pobres. Decisões da ONU sem nenhum fundamento jurídico ou moral. Países como Israel, EUA, Inglaterra, Rússia defecam na diplomacia. Por quê o Brasil não tem este direito? Batisti foi condenado à revelia em um período conturbado na Itália governada pela Máfia e pelos setores mais reacionários e corruptos do Vaticano. Essa o Berlusconni vai ter que engolir…

  27. de souza disse:

    aplausos para os ministros so STF tá tudo como eles querem,politicos corruptos no poder e terrorista a solta.

  28. Jayme Mello disse:

    “PAPAGAIOS DE PIRATAS OU PERIQUITOS DO CORSÁRIO”

    O interessante é que alguns jornalistas franceses – hoje, esqueceram de que, anteriormente, o país deles, a França, foi o primeiro a dar asilo político e esse “famigerado italiano”.
    Há tempos idos, dois pilotos estrangeiros, causaram um acidente sem precedentes a história da aviação brasileira. Foram para a sua terra natal e, de lá, on line, responderam ao processo. O resto? Uma condenação pífia e ficou tudo por isso mesmo. Quantas pessoas morreram mesmo, hein? E esses jornalistas dessa mesma imprensa… Calados!!!
    Em outra ocasião, um banqueiro italiano, depois de dar um “monumental” desfalque no sistema financeiro do Brasil, evadiu-se daqui refugiou-se em seu país de origem.
    E, esse mesmo país, a Itália, de maneira conclusiva, não aceitou do Brasil, pedido para mandá-lo de volta, para que aqui, pelo menos, ele “banqueiro/fraudador”, pudesse no mínimo, ressarcir os incautos que acreditaram no Banco dele.
    Pois bem, só conseguimos repatriá-lo de volta quando ele estava lá naquele país dos sonhos, cuja atividade econômica principal é a jogatina, bem ali no mediterrâneo (se não estou equivocado), gastando tudo que nos usurpou.
    E, a sua chegada aqui, já como prisioneiro repatriado, foi tratado por essa mesma mídia, com honras e pompas, como uma grande personalidade de mundo financeiro mundial e, não, como um fraudador estrangeiro, condenado pelas Leis brasileiras.
    Lamentavelmente, grande parte dos jornalistas da nossa mídia, vive fazendo média com os interesses das grandes famílias, assim como, algumas outras estações repetidoras, na ocasião, não fizeram tanto barulho em favor dos interesses brasileiros, como estão fazendo agora em favor do país de Berlusconi, aquele…
    O interessante, é que o “banqueiro italiano” surrupiou o que eles mais gostam e, mesmo assim, ficou tudo certo. Ou então, o tal desfalque atingiu somente o erário público. Porque foi uma notícia aqui outra ali, coisa bem burocrática e, fim de papo e, seguiram em frente.
    Eu, não dou a mínima para esse italiano, mas a decisão do STF é soberana. Nós só temos conhecimento daquilo que a mídia e as estações repetidoras se interessam em divulgar e nada mais. Para bem da verdade, devemos que salientar, que os maiores detalhes desse imbróglio político partidário/criminal/italiano, raríssima pessoas tiveram acesso.
    E, não podemos esquecer, além disso, que numa época bem triste para a nossa diplomacia e para a história mundial, o Sr. Fellinto Muller repatriou a Sra. Olga Benário. O resto…
    A justiça para que ser chamada de justiça, com toda essa ênfase, ora tão proclamada e não sei a que propósito, ela, a justiça, deve ser empregada na medida exata, nem mais nem menos, senão vira injustiça.
    E, assim, nos meandros desse “processo – no sentido estrito da palavra”, há bastantes informações, coisas e coisas, do “arco da velha” que jamais teremos acesso. E, o que estamos fazendo, de maneira geral, não está nos autos. E, se não está nos autos, não está no mundo jurídico, onde parte as decisões.
    Concluindo, devemos até por nacionalismo, coisa rara em nossa terra, respeitar o nosso STF, ele é que único que temos e, afinal, a sentença dele é para ser respeitada, principalmente, por nós brasileiros.
    Portanto, devemos de uma vez por todas, parar de fazer o papel de “papagaios de piratas”, ou melhor, dizendo, dado o interesse em voga: “Periquitos do Corsário”. Afinal, estamos falando da liberdade de uma pessoa. Se essa pessoa é realmente culpada não saberemos jamais, a não ser que (mediante aqueles métodos rudimentares de coerção, que nunca saíram da moda), essa pessoa venha se declarar culpada.

  29. Peter Pablo Delfim disse:

    A credibilidade internacional, afetada por aqueles que a referendam está em franco declínio. Esse risco o Brasil não corre. A opinião do Senhor Jayme Mello retrata de maneira clara e cristalina os princípios que regem a questão Cesare Battisti. Uma vergonha, no meu entendimento, para nossas instituições quanto para os procedimentos internacionais.
    Tanto a caso Battisti quanto o Cacciola nos remetem ao que há de pior nas manipulações escandalosas dos julgadores.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *