Início » Brasil » Política » Um em cada dez candidatos já está fora da eleição
eleições 2010

Um em cada dez candidatos já está fora da eleição

Entre os candidatos que desistiram da disputa estão o deputado federal Alceni Guerra e o ex-deputado distrital Junior Brunelli

Um em cada dez candidatos já está fora da eleição
O ex-deputado distrital Junior Brunelli é um dos que estão fora

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Dez por cento dos que registraram candidatura na Justiça Eleitoral a nível estadual já desistiram da disputa. Seja por inelegibilidade, falta de documentação, falta de filiação, morte ou desistência, 2.725 das 22.570 candidaturas foram completamente descartadas. Diariamente, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), alimentado também de informações de tribunais regionais eleitorais (TREs), faz um levantamento da situação.

Ao todo, 1.749 candidatos foram excluídos da disputa por não obedecer às exigências da legislação eleitoral. Outros 841 desistiram da corrida eleitoral antes da reta final. Já para 120 candidaturas houve o cancelamento a pedido dos próprios partidos políticos. A lista dos inaptos inclui 12 candidatos em que a Justiça eleitoral sequer reconheceu a candidatura. Dois morreram durante a campanha e um que teve seu registro cassado.

Segundo a assessoria do tribunal, 20% dos casos estão relacionados à ficha limpa. Entre os candidatos que desistiram da disputa estão o deputado federal Alceni Guerra (DEM-PR) e o ex-deputado distrital Junior Brunelli (sem partido, ex-PSC). Brunelli foi flagrado em vídeo recebendo dinheiro de propina das mãos de Durval Barbosa, delator do esquema conhecido como mensalão do Arruda, referência ao ex-governador do DF José Roberto Arruda. Para escapar de um processo por quebra de decoro parlamentar na Câmara Legislativa local, Brunelli renunciou.

Mas outro episódio deixou o candidato Junior Brunelli mais conhecido. Ele estava em outra gravação, a “oração da propina”. Depois de o partido negar dar a legenda na candidatura de Brunelli à Câmara dos Deputados, ele se inscreveu à revelia, mas foi impugnado pelo Ministério Público e expulso do PSC. Por fim, acabou renunciando.

Outros 1.873 candidatos dependem ainda da Justiça Eleitoral. Eles conseguiram registrar a candidatura, mas viraram alvo de recurso, ou foram barrados, mas se mantêm na disputa até uma posição final dos magistrados. Paulo Maluf (PP-SP), Joaquim Roriz (PSC-DF) e Jader Barbalho (PMDB-PA) estão nesta situação. Para outros 12 casos ainda não há nada definido.

Leia mais:

Envolvidos em escândalos pedem o voto do povo

Pois é, mais uma eleição…

Fontes:
Congresso em foco - Um em cada dez candidatos já desistiu da eleição

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *