Início » Brasil » Por que estamos ficando mais altos?
Estatura Média

Por que estamos ficando mais altos?

Segundo o pesquisador John Komls, dois fatores influenciam no aumento da estatura: a melhora na alimentação e na saúde

Por que estamos ficando mais altos?
A Holanda é o país com a maior estatura média (Reprodução/Internet)

Nos últimos 150 anos, a estatura média humana aumentou até dez centímetros nos países industrializados. John Komlos, professor de história econômica da Universidade de Munique, na Alemanha, estuda como as condições econômicas e sociais influenciam na variação da estatura média de uma população. De acordo com Komlos, dois fatores são importantes: a alimentação e a saúde, principalmente durante a infância.

A Holanda é o país que teve o maior crescimento. Em comparação com os holandeses do século XIX, os jovens do país têm, em média, 19 centímetros a mais. Os homens atingem a média de 1,84 metro e as mulheres 1,70 metro.  William Leonard, professor de antropologia da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, aponta que “os principais motores do aumento da estatura são a melhoria da nutrição, da saúde e da qualidade de vida”.

Essa relação entre altura e saúde está presente em vários momentos da História. Depois da Peste Negra, que dizimou pelo menos 60% da população, os sobreviventes passaram a ter mais acesso a alimentos e melhores condições de moradia, o que influenciou no crescimento da estatura das gerações seguintes. Mas, no século XVII, a Europa enfrentava rigorosos invernos e várias guerras, o que fez com que a média de estatura da população diminuísse. O francês médio atingia apenas 1,62 metro de altura. “A Europa se rompeu completamente naquela época”, lembra Komlos.

No século XVIII, o processo de diminuição da estatura continuou com a migração de trabalhadores para favelas superlotadas e infestadas de doenças nas grandes cidades durante a Revolução Industrial. Foi apenas na segunda metade do século XIX que os europeus voltaram a disparar nas curvas de crescimento com a melhora da produção agrícola, no saneamento básico e no fornecimento de água.

As Coreias do Sul e do Norte são exemplos atuais dessa relação. Enquanto a primeira ocupa a 15ª posição do Índice de Desenvolvimento Humano da ONU (IDH), a segunda ocupa o 188º lugar. O homem adulto sul-coreano é de três a oito centímetros mais alto do que o norte-coreano. No Brasil, segundo dados de IBGE de 2008 e 2009, o homem adulto tem altura média de 1,72 e a mulher adulta média, 1,60 metro. O país ocupa a 79ª posição do IDH.

Apesar da relação, apresentada por Komlos, entre estatura média e desenvolvimento econômico e social de um país, em alguns países industrializados a média parou de aumentar. Nos Estados Unidos, a média se estabilizou em 1,76 metro para os homens e 1,63 para as mulheres. Para Komlos, essa estagnação se deve ao acesso desigual à boa alimentação e aos serviços de saúde norte-americanos.

O pesquisador acredita que a Humanidade provavelmente já atingiu sua altura média máxima. “Os holandeses são, para mim, o exemplo máximo que a população humana pode chegar”, afirma.

Fontes:
BBC-Vamos continuar a ficar cada vez mais altos?
IBGE-Tabelas de Resultados

2 Opiniões

  1. Niza Nogueira disse:

    Tem que procurar outra teoria. Alguns africanos e indianos vivem em péssimas condições de higiene, se alimentam mal e são relativamente altos. Japoneses vivem e se alimentam bem e são pequenos em sua maioria.

  2. helo disse:

    E os hormônios de crescimento presentes no consumo da carne bovina, de frango e de porco?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *