Início » Brasil » Por que os cartões de visita são tão importantes?
Cartões de Visita

Por que os cartões de visita são tão importantes?

O fato de os cartões de visita ainda serem tão usados na era digital é um sinal de que o mundo dos negócios é atemporal

Por que os cartões de visita são tão importantes?
Os cartões de visita continuam tão úteis como antes (Reprodução/Brett Ryder)

Os cartões de visita existem há muito tempo sob as mais variadas formas e finalidades. Os chineses inventaram os cartões de visita no século XV, com o objetivo de avisar a uma pessoa que pretendiam visitá-la. Os comerciantes europeus, por sua vez, criaram os cartões de visita no século XVII como uma propaganda em miniatura para divulgar seus negócios.

Muitas empresas tentam transformar seus cartões de visita em imagens de seus produtos. Os funcionários da Lego distribuem figuras em miniatura de plástico com os detalhes do contato inscritos nelas. Os cartões de visitas do McDonald’s têm o formato de uma porção de batatas fritas. O cartão de visitas da Bon Vivant, uma loja brasileira especializada em queijos, é uma miniatura de um ralador de queijo feito de inox, com o logo, telefone e endereço da Bon Vivant.

Os cartões de visita continuam tão úteis como antes e em meio à correria de reuniões e correspondências, é cada vez mais importante que um cartão se destaque entre tantos outros. As tentativas de reinventar os cartões de visita adaptando-os à era digital foram um fracasso. Mesmo nas reuniões das empresas de tecnologia mais modernas do Vale do Silício, as pessoas ainda se cumprimentam com a entrega dos pequenos retângulos feitos de árvores abatidas, em vez de digitarem seus telefones.

O fato de os cartões de visita ainda serem tão usados na era digital é um sinal de que o mundo dos negócios é atemporal. Imagine, por exemplo, a pergunta eterna e inevitável se é possível confiar em alguém. O número de coisas que as máquinas são capazes de fazer de uma maneira muito mais competente do que os seres humanos aumenta a cada dia. Mas as máquinas não conseguem olhar as pessoas nos olhos e decidir que tipo de pessoas elas são.

Fontes:
Economist-On the cards

1 Opinião

  1. Vitafer disse:

    Máquinas não têm coração.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *